quinta-feira, setembro 28, 2006

Chip RFID é a nova arma para combater pirataria de DVDs

Eis a mais nova cartada para impedir o contrabando e a pirataria de filmes em DVD: em breve, serão utilizados chips RFID (identificador por rádio-freqüência) para levantar dados sobre a legitimidade de um disco e controlar melhor seu uso. Os grandes estúdios de cinema poderão implantar em cada um de seus DVDs originais, um pequeno chip passivo controlado por radio-freqüência.

As vantagens são muitas para a indústria: o chip implantado deverá permitir o rastreamento de seu percurso a partir de sua saída da fábrica. Mas é com o usuário final que o chip desenvolve suas maiores funções: o rótulo inteligente será lido por futuros equipados de mesa equipados com um leitor RFID para assegurar, por exemplo, o respeito às zonas de comercialização. A partir de então, todas as outras formas de restrição de uso são possíveis como não permitir cópias “back-up”.

A U-Tech Media, filial da gigante no setor, a Ritek, empenha-se no desenvolvimento dessa tecnologia em colaboração com a empresa IPICO, especializada em RFID. Haverá testes de grande natureza na Austrália enquanto já são fabricados discos para as Warner, Disney e Fox. Os primeiros DVDs “chipados” serão produzidos em Taiwan na fábrica da U-Tech.

A tecnologia marca, contudo, um passo decisivo em matéria de vigilância na utilização: os leitores RFID implantados nos aparelhos de DVD ajudarão as restrições de uso (DRM) pré-existentes. Mas não é tudo, pois o chip da Ritek poderá ser levado aos Blu-ray e HD-DVD, assim como às mídias de música, jogos e “software”. Sendo meramente “hardware”, não necessita de drivers nem aplicativos e portanto, essa proteção será mais difícil burlar do que as baseadas em “software”. Confiante, a Ritek apresenta seu “chip-on-disc” como a ferramenta definitiva para acabar com a pirataria no setor.

______________________________
Fontes: PC INpact e Presence PC.

via: Fórum PCs
Paulo Munhoz
1 comments links to this post

quarta-feira, setembro 27, 2006

Usuários do Slashdot fazem "entrevista coletiva" com Jay Rosen

O futuro do jornalismo cidadão é a temática a ser abordada na entrevista coletiva de Jay Rosen, que está sendo montada pelo Slashdot. Durante toda a semana, os usuários poderão propor questões, que serão - como tudo que se coloca no Slashdot - avaliadas por outros usuários, gerando uma classificação por ordem de interesse. Jay Rosen é professor da New York University, especialista em jornalismo participativo na Web, e atualmente está coordenado um novo projeto de fonte aberta, o NewAssignment.Net, que vem recebendo apoio financeiro de várias fundações. Quem ainda não conhece o funcionamento do Slashdot, ou nunca se interessou por conhecer por achá-lo "nerd demais", tem agora uma oportunidade para tomar contato com esse sistema de filtragem de informação através da edição coletiva.

marcos palacios
0 comments links to this post

A Novilíngua Jornalística

"No programa «Bom dia Portugal» noticia-se a substituição pela ópera de Berlim do «Idomeneo». Esta substituição é explicada como uma forma de evitar ferir a susceptibilidade dos muçulmanos tanto mais que Hans Neuenfels que dirigia esta esta encenação de «Idomeneo» segundo a RTP é "conhecido pelas suas provocações". Esta é a novilíngua do nosso tempo. Nos jornais, nas televisões, nas palavras de cada um ela pulula.
O censurado e perseguido passa a provocador.
A censura passa a acto de respeito.
O medo é travestido em sinal de tolerância.
A capitulação passa gesto de boa vontade.
A intolerância chama-se susceptibilidade.
Os intolerantes já nem precisam de ameaçar. Primeiro horrorizaram-nos os seus actos. Agora já pensamos como eles. Pomo-nos no lugar deles. Vasculhamos o que escrevemos, dizemos e fazemos em busca do menor sinal, som ou traço que os possa ofender. Rasuramos o que possa suscitar aquilo que antigamente se designava como fúria e ódio e que agora, na novilíngua, se designa como reacção duma susceptibilidade ofendida" .

In: Blasfêmias

marcos palacios
0 comments links to this post

terça-feira, setembro 26, 2006

Neuro-fisiologia, recepção multimídia e Jornalismo

Graças à Internet, sabemos agora muito mais sobre como as notícias são consumidas. Análises de trâfego de dados possibilitam identificar "o que", "onde" e "como" os usuários consomem informações de um site. O "por que", no entanto, ainda é pouco compreendido. Investigações científicas recentes, no campo da neuro-fisiologia, parecem indicar uma conclusão geral: os mundos digitais, como YouTube, MySpace, Second Life, tem atrativos para o corpo como um todo, do lóbulo central às pontas dos pés. Essa característica da multimídia pode ser única na história das comunicações e pode estar modificando o modo pelo qual os humanos recebem e processam informações.
Larry Pryor discute as possíveis implicações para o Jornalismo.

Via Online Journalism Review.
0 comments links to this post

Pew Center faz Futurologia Tautológica sobre Tecnologias de Rede em 2020

Um prato cheio (de exatas 115 páginas) está disponível para quem se diverte com previsões e futurologia. O Pew Internet & American Life Project (em colaboração com a Elon University) acaba de dispobilizar um estudo que pretende prever como se desenvolverão as tecnologias de rede e quais serão seus impactos até 2020. O projeto foi desenvolvido através de um survey com 742 respondentes, selecionados dentre líderes, analistas e ativistas da Internet.
As conclusões, no entanto, não vão muito além da imaginação de qualquer cidadão médio: as tecnologias de comunicação e informação continuarão crescendo e tendo difusão cada vez maior em todo o planeta; a privacidade será fortemente ameaçada, mas isso poderá ser contrabalançado por uma maior transparência social e institucional; o inglês continuará tendo um lugar importante como língua franca na rede, a despeito do crescimento de outros idiomas; os mundos virtuais exercerão atração crescente sobre as pessoas, sendo que algumas poderão optar por passar a maior parte de suas vidas neles; os humanos manterão o controle sobre a tecnologia, apesar do crescimento de agentes inteligentes e de uma grande robotização das atividades cotidianas; "refuseniks" emergirão, como um grupo que se negará a integrar-se na rede, dedicando-se a um ativismo anti-rede, que poderá chegar ao terrorismo.

Soa muito pobre para um conjunto de 742 especialistas e ativistas?

O problema parece estar muito mais na lógica de organização do survey, do que com os respondentes. Trata-se de um típico estudo de avaliação de "cenários futuros", no melhor estilo norte-americano: sete possíveis "cenários" são apresentados aos entrevistados, que devem dizer se "concordam" (agree) ou "discordam" (disagree) e, se assim o desejarem, fazer observações do porquê de sua resposta. Se há óbvias limitações inerentes a esse tipo de técnica, neste caso em especial o resultado fica ainda mais comprometido, pela quase absoluta falta de imaginação de quem construiu os tais cenários, que mais parecem "cenários presentes", apenas levemente exacerbados. Os resultados provavelmente não seriam muito diferentes, se o survey fosse aplicado a estudantes do ensino médio, numa escola norte-americana.

O exercício inscreve-se em um conhecido gênero acadêmico: Futurologia Tautológica.

O Relatório Final está disponível em pdf.

marcos palacios
0 comments links to this post

segunda-feira, setembro 25, 2006

Bloco de Esquerda português produz dossiê online sobre eleições no Brasil

O Bloco de Esquerda de Portugal, produziu e disponibilizou online um dossiê sobre as Eleições no Brasil. Fundado em 1998, depois da fusão de diversos partidos pequenos, assumiu-se como um movimento de ruptura dentro do panorama político português. Abordando questões como os direitos dos homossexuais ou a despenalização das drogas leves, o agrupamento cresceu, sobretudo nos meios urbanos de Portugal. O Bloco de Esquerda conta atualmente com oito deputados na Assembleia da República portuguesa.

marcos palacios
0 comments links to this post

Revista Texto Digital está recebendo artigos para seu próximo número


A Revista Texto Digital está aceitando artigos para o seu número 3 (dezembro 2006), até 10 de novembro. A Revista é publicada pelo Núcleo de Pesquisa em Informática, Literatura e Lingüística (NUPILL), da UFSC, e recebe artigos, preferencialmente inéditos, sobre temas relacionados à Literatura e/ou textos em meio digital, de caráter opinativo, de caráter científico, fundamentados em pesquisas e/ou relatos de experiências. A Revista é indexada e funciona com Conselho Editorial nacional.
0 comments links to this post

Navegação anônima na Internet não requer software especial

A respeito da navegação anônima com o uso do Programa Torpak que publicamos aqui no Blog, recebemos de Ugo Sangiorgi um interessante comentário sobre o assunto:
"Veja, diz ele, toda a informação que vc deseja acessar passa pelo seu provedor de internet, e ela revela seu endereço ip a quem disponibiliza essa informação. Se voce quiser ficar anônimo, é só colocar toda sua informação para passar pelo que chama-se de "proxy publico".Funciona assim: voce faz a requisição da página através dele, e ele te repassa, só que sem revelar ao site quem o está acessando.Pra ficar anônimo não precisa baixar nada, no Firefox, é so ir em Editar / Preferencias / e dentro de Configurar Conexão colocar em Configuração Manual de Proxy um desses endereços ip listados aqui ó (de preferencia um brasileiro, pra nao ficar lento, como de fato deve ficar com esse programinha, já que ele deve ter um proxy publico fixo): http://www.publicproxyservers.com/page1.html
A configuração é análoga no Internet Explorer"

Ugo Sangiorgi é autor de Rox, um open source framework para construção de aplicações baseadas em grafos, construído para aplicações acadêmicas envolvendo algoritmos e provas de teoremas.

marcos palacios
1 comments links to this post

UNESCO pede indicações para o Prêmio Internacional Guillermo Cano de Liberdade de Expressão

A UNESCO está convidando os países membros e organizações profissionais e não-governamentais regionais e internacionais, trabalhando no campo do jornalismo e da liberdade de expressão, para indicar candidatos ao Prêmio de Imprensa Internacional UNESCO/Guillermo Cano de Liberdade de Expressão. Concedido anualmente, homenageia pessoas ou organizações que tenham contribuído de forma destacada para a liberdade de expressão no mundo.
O Prêmio leva o nome do jornalista colombiano assassinado em 1986, por criticar os poderosos narcotraficantes de seu país.
No ano passado a homenageada foi a jornalista libanesa May Chidiac, que perdeu uma das mãos e a perna esquerda, em consequência de uma bomba colocada em seu carro, em 2005. May Chediac tornou-se símbolo da liberdade de imprensa em seu país.
Indicações podem ser feitas utilizando-se o Formulário disponibilizado no site da UNESCO, até 31 de outubro.

marcos palacios
0 comments links to this post

domingo, setembro 24, 2006

Jornal uruguaio lança versão para deficientes visuais

O El País, do Uruguai, é o primeiro jornal online a lançar uma versão especial em formato áudio, para deficientes visuais. O El País Áudio funciona com controles simples que, uma vez memorizados, podem ser utilizados inclusive por pessoas totalmente cegas. O projeto foi desenvolvido em colaboração com a Unión Nacional de Ciegos del Uruguay . O noticiário pode também ser descarregado para ser ouvido offline em um reprodutor MP3.

marcos palacios
0 comments links to this post

Mapeando as idéias de um livro sobre interfaces e interação


Carlos Scolari, professor e pesquisador da Universidad de Vic (Espanha), é autor de Hacer Clic. Hacia una sociosemiótica de las interacciones digitales (Barcelona: Gedisa, 2204), um instigante livro sobre as interfaces, suas metáforas e os contratos de interação gerados por seu intermédio. Usando o CmapTools, um programa de mapeamento de idéias , Juan Carlos Barbosa, professor do Instituto de Educación a Distancia (INSED) da Universidad Industrial de Santander, em Bucaramanga (Colombia), produziu um esquema conceitual do livro.

Scolari considera que: "La sagaz lectura de Barbosa, sumada a la capacidad de CmapTools para convertir un texto en un esquema interactivo, dan por resultado un mapa del libro que sirve para "poner en claro" sus principales contenidos e inclusive habilitar nuevos niveles de lectura. En cierta forma Barbosa reconstruye la historia del libro: este texto nació en forma de esquemas mentales, recorridos imaginados que después fueron caminados por las palabras a medida que las digitábamos sobre el teclado".

Aqueles que conhecem o livro, façam suas próprias avaliações a respeito do valor do exercício de Barbosa e da ferramenta utilizada. Aqueles que não conhecem, apressem-se...

marcos palacios

2 comments links to this post

sábado, setembro 23, 2006

Torpak gera controvérsias sobre a navegação anônima na Internet

A imagem acima registra uma visita feita de maneira totalmente anônima ao site do Jornalismo & Internet, esta manhã. Pelo menos é o que garantem os criadores do Torpak, um navegador (browser) que promete navegação anônima em sites da Web, mascarando o IP do computador que o utiliza. Lançado esta semana, o software é gratuito e muito leve, podendo ser carregado num chaveiro USB (pen-drive) e usado em qualquer computador através do qual o usuário se conecte. Produzido por um grupo de programadores da Hacktivismo, uma ONG em defesa da privacidade na internet, o browser tem interface semelhante à do Firefox. A desvantagem é que a navegação se torna um pouco mais lenta, em função do processo de mascaramento.
O sucesso está sendo tal que, seguidamente, o site do Torpak entra em pane por excesso de acessos de interessados em fazer o download.
A polêmica está gerada, pois enquanto alguns saúdam o Torpak como uma ferramenta para garantir a privacidade na Net, outros assinalam que será um instrumento a mais nas mãos de criminosos online: pedófilos, estelionatários, terroristas e assemelhados...

marcos palacios
2 comments links to this post

Dossiê Vedoin explicado através de quadrinhos na Folha Online

O famigerado Dossiê Vedoin gerou hoje na Folha Online um passo-a-passo da história, ilustrado no formato de quadrinhos em estilo "história de detetives" dos anos 30s.

marcos palacios
0 comments links to this post

Simpósio Nacional de Pesquisadores em Comunicação e Cibercultura: programação definitiva.

A programação definitiva do I Simpósio Nacional de Pesquisadores em Comunicação e Cibercultura, pode ser acessada no site do evento. O Simpósio constitui iniciativa do CENCIB – Centro Interdisciplinar de Pesquisas em Comunicação e Cibercultura, do Programa de Estudos Pós-Graduados em Comunicação e Semiótica da Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, acontecerá no período de 25 a 29 de setembro de 2006.
Estruturado em 13 sessões de trabalho (12 painéis temáticos e uma plenária especial) e aberto à comunidade científica, o evento reunirá, em cinco dias consecutivos, no anfiteatro do Teatro da Universidade Católica (TUCA), cerca de 40 pesquisadores(as) de Programas de Pós-Graduação de áreas das Ciências Humanas e Ciências Sociais Aplicadas de vários Estados brasileiros e cumprirá dupla finalidade: (1) discutir as relações entre tecnologias/redes digitais, cultura contemporânea e reorganização cotidiana do social, da economia e da política no Brasil e no mundo, espelhando, de maneira organizada, panorâmica e profunda, o estado da arte da pesquisa desenvolvida no país nesse campo temático; e (2) fundar, ao final dos trabalhos, uma associação interinstitucional de pesquisa, que, numa nomenclatura de referência provisória, sujeita a revisão, pode-se denominar SOCIB – Sociedade Brasileira para o Estudo da Cibercultura (nomenclatura referencial provisória).

marcos palacios
0 comments links to this post

Decifra-me ou te devorarei: a imagem de Lula no horário eleitoral


Decifra-me ou te devorarei- A Imagem Pública de Lula no horário eleitoral nas campanhas Presidenciais de 1989, 1994, 1998 e 2002 é um livro que resume a tese de doutorado em Ciências Sociais, defendida este ano na Univerrsidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN, 2006) pelo professor de comunicação Marcelo Bolshaw Gomes. Parte da pesquisa, com clipes e vídeos comentados dos melhores momentos dos horários eleitorais das campanhas presidenciais, está disponibilizada no site Quatro Vezes Lula-la.
O livro será lançado no coquetel de Abertura da XIV Semana de Humanidadesdo CCHLA, dia 02 de outubro, segunda-feira, às 18 horas, no Hall do Auditório da Reitoria da UFRN.
0 comments links to this post

sexta-feira, setembro 22, 2006

Times Reader permite leitura rápida do The New York Times em qualquer tamanho de tela


Baixei e estou experimentando o Times Reader, do The New York Times. O programa, que possibilita a leitura em tela do conteúdo do jornal e é automaticamente atualizado a cada 30 minutos, tem uma série de recursos de navegação e personalização: tamanho dos tipos, ajustes para impressão, criação de realces e notas de leitura, salvamento de artigos, dentre outros. O display é muito eficiente e permite uma leitura muita rápida do material, sem muito esforço, pois o ajuste ao tamanho da tela de seu computador é automático, não sendo necessário qualquer rolamento de página. Toda navegação se faz com cliques do mouse e a qualidade gráfica obtida é excelente.
O Reader ainda está em fase Beta e há uma fila de espera para receber autorização para download do programa.
Para fazer um tour rápido do software, clique na imagem acima.
Para maiores informaçoes e para se inscrever como usuário piloto, visite o site do Times Reader.
O software só será oficialmente lançado em 2007 e o The New York Times ainda não decidiu se seu uso será gratuito ou pago.

marcos palacios
0 comments links to this post

Blogs e a fragmentação do espaço publico: mais um lançamento do Labcom da UBI


"As possibilidades permitidas pelos blogs colocam-nos perante um alargamento do espaço público, no âmbito da apresentação de diferentes pontos de vista sobre determinados assuntos. Simultaneamente, a comunicação é feita de forma cada vez mais segmentada e consequentemente fragmentada".
São estas as teses centrais discutidas e ilustradas por uma profusão de exemplos no livro Blogs e a Fragmentação do Espaço Público, de Catarina Rodrigues, pesquisadora da Universidade da Beira Interior (UBI), em Portugal.
Ao longo de cinco capítulos, a autora defende que a fragmentação manifesta-se sobretudo através da publicação individual, possibilitada pelas potencialidades das novas ferramentas comunicacionais. A fragmentação do espaço público, o regresso de uma subjectividade opinativa, a relação entre blogues e jornalismo, a presença destas ferramentas nas mais diversas áreas e a emergência de novas identidades são as principais temáticas abordadas.
Além de recuperar grande parte da bibliografia fundamental sobre o assunto, o livro de Catarina Rodrigues utiliza como referência central a Blogosfera Portuguêsa, mapeando as vozes que se fazem ouvir em cada uma das áreas que estuda, contribuindo para estimular a realização de estudos comparativos, a partir da realidade portuguêsa.
A obra acaba de ser lançada pelo Projeto Livros Labcom da UBI e está disponível para download gratuito em formato pdf. A edição impressa pode ser adquirida por 25 €

marcos palacios
0 comments links to this post

Conquiste a Rede: Blogs, Flogs, Vlogs, Podcast e Jornalismo Cidadão

O Ministério da Cultura adotou oficialmente como tutoriais quatro livros sobre ferramentas e técnicas de produção de conteúdos na Internet. De autoria de Roberto Romano Taddei e Ana Carmen Foschini, Blog, Flog & Vlog, Podcast e Jornalismo Cidadão, os livros integram a coleção Conquiste a Rede e estão disponíveis para download no site do Ministério da Cultura e Overmundo. São concebidos como instrumentos para alfabetização digital, escritos em linguagem simples e ensinam passo-a-passo como produzir e disponibilizar na Web.

Via Ministério da Cultura
0 comments links to this post

quinta-feira, setembro 21, 2006

Dói na vista: G1 da Globo é o mais novo exemplo de anti-design no Webjornalismo

Ainda é cedo para sabermos que destino terá o G1, a segunda tentativa das empresas Globo para agregar todos os seus produtos jornalísticos em um só site. Mas a impressão visual é das piores: um site carregado, com cores berrantes e predomínio do vermelho. Deviam disponibilizar óculos escuros gratuitos para seus usuários.
Design é fundamental....

marcos palacios
1 comments links to this post

Estudos sobre jornalismo digital no Brasil


O Latin American Network Information Center (Lanic) da Universidade do Texas publicou, em primeira mão, o artigo "Estudos sobre jornalismo digital no Brasil" no site Lanic Etext Collection.
O trabalho faz um levantamento preliminar sobre a primeira década de desenvolvimento desta modalidade jornalística no país, apontando os investigadores pioneiros, o número de teses e dissertações defendidas, e um mapeamento da produção bibliográfica na área. Uma das hipóteses lançadas é a de que há quatro clusters de pesquisadores, localizados nas regiões Sudeste, Sul, Nordeste e Centro-Oeste.
Escrito conjuntamente por Claudia Irene Quadros (Universidade Tuiuti, Paraná), Luciana Mielniczuk (Universidade Federal de Santa Maria), e Suzana Barbosa (doutoranda/UFBA), o artigo será apresentado no IV Encontro Nacional dos Pesquisadores em Jornalismo, que acontece de 5 a 7 de novembro, em Porto Alegre.
O paper está na seção "Individual Etexts Hosted on LANIC" e está disponível em formato PDF.

Suzana Barbosa
0 comments links to this post

Parintins, na selva amazônica: conexão wi-fi cobre toda a cidade

" Localizada na ilha fluvial de Tupinambara, a 12 horas de barco de Manaus, Parintins é mais conhecida pelo seu festival folclórico do boi-bumbá, que acontece no meio do ano, com mais de 100 mil pessoas assistindo à disputa do boi azul Caprichoso e do boi vermelho Garantido, no bumbódromo da cidade. Parintins alia a tradição à tecnologia, e acaba de se tornar a cidade digital mais remota do mundo.

A cidade recebeu a visita de Craig Barrett, presidente do conselho da americana Intel, para inaugurar um sistema de banda larga sem fio. A Embratel, uma das parceiras do projeto, conectou a cidade via satélite. O sinal é distribuído a partir do satélite pela tecnologia WiMax, uma das principais apostas tecnológicas da Intel, e, em quatro locais, foram instalados acessos com a tecnologia de rede local Wi-Fi. Todo o sistema é sem fio, de ponta a ponta.

'A idéia é mostrar que, se o sistema funciona no meio da selva, pode ser instalado em qualquer lugar', afirma Elaine Nucci, gerente de Desenvolvimento de Negócios para WiMax da Intel na América Latina."

Comentário invejoso: Pena que Salvador e outras capitais brasileiras não fiquem no meio da selva, para nos benefiarmos de jogadas de marketing como essa!!! Aqui na Bahia temos que conviver com sistemas cartelizados de banda larga, ineficientes e com preços que estão entre os mais altos do mundo. Como o Velox que estou usando, por exemplo: péssima relação custo/benefício. Lentox seria um nome muito mais apropriado...

Via O Estado de São Paulo

marcos palacios
0 comments links to this post

quarta-feira, setembro 20, 2006

Mais do mesmo? Microsoft quer concorrer com YouTube

A Microsoft vai começa a testar um novo serviço de compartilhamento de vídeos chamado Soapbox, para concorrer com o YouTube.
O Soapbox é uma das estratégias da empresa para ter conteúdo na internet. A empresa pretende, assim, conseguir atrair internautas e conseqüentemente os anunciantes que pagam bilhões de dólares ao Google, líder do mercado. O Soapbox será oferecido a um número limitado de usuários convidados, mas a Microsoft divulgou que o site vai estar no ar dentro de seis meses como parte do MSN Video.
Ao que tudo indica, nada de novo, somente mais do mesmo...

Na Folha de São Paulo

marcos palacios
0 comments links to this post

Uma galáxia e dois sóis: uma bela imagem da Blogosfera vista por Matthew Hurst


Matthew Hurst, Diretor de Pesquisa da Intellieseek , continua produzindo magníficas imagens com mapas visuais da Blogosfera. Esta, recém disponibilizada, mostra a Blogosfera estruturada em torno de Blogs de conteúdos sócio-políticos e Blogs de conteúdo Tecnológico. O resultado lembra uma foto astronômica, como as produzidas pelo Telescópio Hubble, onde Boing-Boing e Endgadget aparecem como duas estrelas super-brilhantes numa galáxia.
Detalhes no Data Mining.
Somente um comentário: classificar o Boing-Boing como Blog Tecnológico é, no mínimo, questionável. Considerando-se o que se posta naquele espaço, Blog de Variedades ou Fait-Divers, seria uma caracterização muito mais adequada do produto...

marcos palacios
1 comments links to this post

terça-feira, setembro 19, 2006

Global Voices Online ganhador do prêmio para inovação no jornalismo do J-Lab


O Global Voices Online é o grande ganhador do prêmio de U$ 10.000 do concurso Knight-Batten Awards for Innovations in Journalism, organizado pelo J-Lab do Institute for Interactive Journalism da Universidade de Maryland. Participantes de 109 países concorreram ao Grande Prêmio, numa competição que tem por objetivo incentivar formas criativas de jornalismo que incrementem a participação e o debate público.
O Global Voices Online utiliza uma equipe multi-nacional e multilíngue que descobre, publica e acompanha notícias veiculadas em Blogs de 130 países, num trabalho de agregação de informações e tentativa de sínteses sobre temas recorrentes na Blogosfera de cada um dos países.
Ao premiar o Global Voices, os juízes declararam que se trata de "um site extraordinário que permite tanto o gatekeeping editorial quanto acesso a notícias e informações sobre partes do mundo escassamente cobertas pela mídia".

marcos palacios
0 comments links to this post

Caderno CRH agora disponível online



O CADERNO CRH, revista quadrimestral de ciências sociais, editada pelo Centro de Recursos Humanos da Universidade Federal da Bahia (CRH/UFBA) agora está disponível também online, através do Sistema Eletrônico de Editoração de Revistas - SEER - do IBICT. Além do número atual, o site disponibiliza também o acesso a edições anteriores, desde o número 23 (1995), ou seja, mais de dez anos de publicação do CADERNO CRH, disponibilizando um total de 24 números, muitos já esgotados.
A informação é de Anete Ivo, Editora do CADERNO CRH, que assinala que o processo de resgate e veiculação eletrônica dos números anteriores continuará avançando, prevendo-se, ainda para o presente ano, a inclusão dos números editados no período de 1987 a 1994 (do nº 01 ao 21), disponibilizando, desta forma, matéria relevante de autores reconhecidos das ciências sociais brasileiras e questões sociológicas que permanecem atuais.
O CADERNO CRH é classificado pelo Qualis da CAPES, como periódico Nacional A.

marcos palacios
0 comments links to this post

Decisão da Justiça proíbe Google News de utilizar jornais belgas


O Google News, em sua versão belga, foi proibido por uma decisão da Justiça de utilizar em seu noticiário material produzido pela grande imprensa belga, de língua francesa e alemã. A ação foi iniciada pela CopiePresse, cooperativa que representa os interesses dos empresários da comunicação na Bélgica.
A Copieprese alega que:
« Si notre travail et nos publications ne sont plus rémunérés, nous ne pourrons plus exercer notre métier. Quelle information vous restera-t-il alors. Une information gratuite est certes intéressante pour le porte-monnaie, mais l'est-elle pour une qualité durable de l'information? Pour le développement intellectuel ? Pour la démocratie? »
A proibição belga abre um precedente internacional de consequências imprevisíveis...

marcos palacios
0 comments links to this post

Síndrome de Caracol: programas que tornam mais lento o seu computador

Um estudo realizado pelo PC Spy buscou identificar os programas que tornam os computadores mais lentos. O Norton Internet Security encabeça a lista, como campeão absoluto. Veja as Tabelas com resultados completos.

marcos palacios
0 comments links to this post

"Noticias relacionadas en otros medios"

Esse é o mais novo link do ElMundo (para o exemplo abaixo). Um link que representa o que há de mais próprio da lógica web. Abertura. "Noticias relacionadas en otros medios" não é nada mais do que um banco de dados fornecido pelo ElMundo com as notícias relacionadas, divulgadas em outros meios, concorrentes, portanto.

Uma prova de que o ElMundo sempre sai na frente. Foi com a abertura do seu conteúdo que acabou forçando o ElPaís a optar pelo modelo que tem hoje.
Outra realidade.

Aqui, no Brasil, se temos conteúdos fechados, imaginem a possibilidade de disponibilizar em banco de dados os links para concorrentes.

Vale a pena analisar.

Lia Seixas
1 comments links to this post

segunda-feira, setembro 18, 2006

Livros do Labcom disponibilizados para download gratuito em PDF


A Universidade da Beira Interior, de Portugal, através de seu Laboratório de Comunicação (Labcom), disponibilizou para download gratuito a sua coleção completa de livros.
A informação foi enviada pelo Prof. Antonio Fidalgo, Diretor do Labcom:
Tenho o prazer de vos anunciar os Livros Labcom, um projecto editorial que disponibiliza em PDF todos os livros publicados pelo nosso catálogo podem ser importados em formato original, em pdf. Assim, por exemplo, quem não quis comprar os pesados volumes das Actas dos Congressos CCCC 2004 pode agora descarregá-los para o seu computador. Falta publicar ainda dois volumes.Como somos uma editora, iremos disponibilizar sucessivamente mais obras online. Aceitamos submissões de livros para serem publicados aqui. Pediremos o ISBN e o livro será impresso a pedido para quem quiser ter a versão em papel. Esperando que esta iniciativa vá de encontro aos desejos e às necessidades da nossa comunidade académica, e que sirva de incentivo aum maior intercâmbio científico com os países de língua lusófona, faço um apelo a que os investigadores recorram a Livros LabCom para verdadeiramente publicarem (torná-los o mais público possível) os seus livros.
Melhores cumprimentos,
António Fidalgo
Departamento de Comunicação e ArtesUBI
* www.ubi.pt6200-001 Covilhã - PORTUGAL
Tel. ++351.275319835;Fax: ++351.275319888

marcos palacios
1 comments links to this post

Empresária milionária bloga em órbita no espaço sideral

Anousheh Ansari, uma milionária americana de origem iraniana, será a primeira mulher a blogar no espaço sideral, onde deverá permanecer por 10 dias, na Estação Espacial Internacional (ISS). Em órbita desde esta madrugada, a bordo da Souyuz TMA-9, juntamente com mais dois tripulantes, Ansari pagou 20 milhões de dólares pelo privilégio.
A turista espacial é presidente da Prode Systems Inc. Ela declarou que estava realizando um sonho de infância e que esperava com isso demonstrar aos jovens de todo o mundo que "não há limites para o que eles podem alcançar". Uma demonstração cara, sem dúvida, e de eficácia bastante duvidosa... Mas certamente um índice da popularidade que os Blogs já adquiriram como instrumento de Relações Públicas.
A espaçonauta vai postar no Anousheh Ansari Space Blog.

marcos palacios
0 comments links to this post

domingo, setembro 17, 2006

David, Golias e a imprensa local


Se a grande mídia é o Golias e os bloggers e jornalistas cidadãos são os Davids, onde ficam os jornais locais nesse confronto? É esta a pergunta colocada por Conor Friedersdorf, numa postagem para o Blue Plate, na qual ele analisa alguns exemplos de relação entre Blog e Pequena Média (entendida por ele como veículos de circulação local, com tiragem abaixo dos 100 mil exemplares). Nos Estados Unidos existem cerca de 1300 diários nessa categoria e milhares de semanários que também se enquadram entre os "locais".
O questionamento de Friedersdorf vem a propósito de um livro recente de Glenn Reynolds, professor de Direito e autor de um dos mais populares Blogs dos Estados Unidos, o Instapundit. Reynolds argumenta que a explosão de ciber-expressão está levando a uma situação semelhante à que ocorreu com a Igreja Católica durante a Reforma Protestante: um crescente poder do indivíduo, o direito de qualquer cidadão interpretar a Palavra e, é claro, uma crescente divisão em pequenas seitas. A tese geral do livro é que as novas tecnologias estão empoderando os indivíduos, como nunca antes, com impactos em todas as áreas, mas muito especialmente na área midiática. "Um estudante em seu dormitório numa universidade pode hoje dispor em seu computador de recursos de edição de som e imagem que, há não muito tempo atrás, eram privilégios de estúdios multimilionários", assinala um dos comentadores do livro. Uma batalha entre os gigantes e os nanicos está em curso e os nanicos ganham cada vez mais terreno.
Sem entrar no mérito das teses defendidas no livro de Glenn Reynolds, Fridersdorf parte da idéia do confronto entre grande e minúsculos para olhar a questão por um outro ângulo: a relação possível entre os Davids impressos e os Blogs. Seu levantamento da situação norte-americana, "preliminar e incompleto", como ele mesmo o caracteriza, aponta para um crescente uso dos Blogs pelos veículos de pequeno porte e para a emergência de várias formas de simbiose. O risco de que o blogging poderia levar a uma diminuinição do número de leitores e, eventualmente, à morte dos jornais locais não parece confirmado pela observação de Friedersdorf. Um ponto de partida estimulante para levantamentos similares em outras realidades culturais e para reflexões sobre o tema.

marcos palacios
0 comments links to this post

sexta-feira, setembro 15, 2006

Mídia & Política discute o voto nulo


A nova edição do Mídia&Política traz um especial sobre voto nulo. Confira:

Luiz G. Motta
Política em crise dá espaço para anulação de voto
Há uma novidade significativa nesta eleição: não se debate apenas em qual partido ou candidato votar. Debate-se muito o sentido do voto como representação democrática, o direito de não votar e, principalmente, o direito de anular o voto como prática política consciente. Um tema que não fazia parte do cardápio político dos eleitores brasileiros nas eleições anteriores, pelo menos não tanto como agora.

Zélia Leal Adghirni
Voto é direito, não obrigação
Em uma verdadeira democracia o voto é um direito, não um dever. Obrigar as pessoas a votar é tão restritivo às liberdades individuais do cidadão como obrigá-lo a não votar. No Brasil, há sempre um poder superior que decide por nós. Durante a ditadura, sofríamos por não poder votar. Agora sofremos porque nos fazem votar sem convicção.

Fernando Rodrigues
TSE derruba falsa tese de que votos nulos anulam eleição
Acabou um dos mitos mais recorrentes na internet durante o atual processo eleitoral: o de que 50% ou mais dos votos nulos dados pelos eleitores anulariam o pleito sendo necessária a convocação de nova votação. Pois o presidente do TSE, Marco Aurélio Mello, diz que essa determinação não existe na lei, não está na Constituição e há até uma decisão recente da Corte falando exatamente o oposto.

Laura Seligman e outros
Ação direta
O voto nulo está ligado à realização de uma outra política que não está comprometida com a transformação das grandes estruturas. Anular o voto pode ser a representação de quem busca uma política com outras formas de organização social, mais ligada à ação direta – intervir na realidade fora das instituições formais.

Nadja Vladi
A enorme responsabilidade do voto
Dentro de uma realidade política que impõe a cidadania como uma obrigação e não uma liberdade, e cercado por um cenário político povoado de mensalões e sanguessugas, a pergunta do eleitor é óbvia: o que fazer com o voto obrigatório? O voto começa na urna, mas dura todo o mandato dos governantes eleitos que devem ser cobrados diariamente dos seus compromissos com a população brasileira.

Movimento pelo voto nulo
A corrupção que desilude
A explicitação da corrupção demonstra claramente que a democracia representativa serve apenas para retirar toda a possibilidade de participação da população na política, jogando-a nas mãos de uma elite que se sustenta por meio do roubo dos bens públicos. Você ainda confia na classe dos políticos? Nós não.

Alessandro Eloy Braga
Reflexão política
Votar nulo é fruto de muita reflexão e consciência política e social, jamais de um pessimismo gratuito. É uma decisão madura de alguém que não enxerga entre as opções uma única que seja representativa dos seus anseios e ideologias. Ainda mais porque não há qualquer possibilidade de renovação nas atuais estruturas dos três poderes da forma como estão organizados.

Luiz G. Motta
MTV: música, televisão e anarquia eleitoral
A MTV Brasil adotou “uma irreverência anarquista” durante o processo eleitoral com a campanha Prepare o seu saco, os ovos e os tomates, manifestando um explícito repúdio à campanha eleitoral e aos partidos políticos tradicionais. A iniciativa provocou reações de partidos e autoridades, inclusive uma nota pública do Conselho Nacional da Juventude, ligado à Presidência da República.

Rafael Imolene Fontana
Anular para protestarAnular o voto pode contribuir para o Brasil dar um passo importante na conquista de um cenário político mais justo e limpo, e ao mesmo tempo menos corrupto e nefasto. Virão novos candidatos, sem os vícios e coligações dos antigos. Se necessário, anularemos de novo, até aparecer candidato honesto e comprometido com a melhoria de vida de todos os brasileiros.

marcos palacios
0 comments links to this post

Competências, históricas, lógicas e estéticas: Jesús Martín Barbero traça um perfil do comunicador digital

Um dos principais representantes dos estudos em Comunicação na América Latina, Jesús Martín Barbero, classifica as competências de um comunicador contemporâneo em três grupos: históricas, lógicas e estéticas. Assinala Martín Barbero que "nem sequer a operação de uma câmera pode ocorrer com uma certa capacidade criativa, sem um mínimo de conhecimento da história do aparelho, da história da fotografia, que não é só uma história do instrumento, mas uma história de modos de usar, de como se usou, em que circunstâncias..." Para ele, um dos grandes desafios na formação do comunicador é "como recuperar, para a gente jovem, o conhecimento histórico, os nexos entre tecnologias, formatos, narrativas, gêneros..."

A entrevista completa está no site da Red ICOD, juntamente com depoimentos de outros 18 pensadores da Comunicação contemporânea.

Um dos principais objetivos do projeto "Comunicadores Digitais" da Rede ICOD foi analisar as competências digitais que um comunicador deve ter, para além do seu âmbito de inserção laboral (rádio, televisão, organizações, etc). A identificação destas competências não anula nem substitui os conteúdos tradicionais dos estudos de comunicação, mas amplia-os com a incorporação de novos conhecimentos e capacidades.
Jesús Martín Barbero, é Doutor em Filosofia e Letras pela Universidade Católica de Lovaina, Bélgica. Foi presidente da Associação Latino-Americana de Investigadores da Comunicação (ALAIC) Doutor Honoris Causa pela Universidad Nacional de Rosário, Argentina. Ocupa um lugar de destaque no estabelecimento e consolidação da área de Estudos da Comunicação na América Latina.

marcos palacios
0 comments links to this post

quinta-feira, setembro 14, 2006

La utilidad de los blogs académicos

Así se titula el interesante post que fue publicado hoy en el weblog Tiscar, donde su autora brinda algunas reflexiones del porqué puede resultar útil la publicación de un weblog para los académicos.
"La comunidad científica suele achacar a los medios de comunicación cierta banalización de los temas que les corresponden, mientras que el público suele reclamar de los científicos un lenguaje más cercano que les ayude a generar sentido de la ciencia. Los blogs son medios que pueden acercar a ambos interlocutores sin necesidad de intermediarios", señala la autora.
La misma puede leerse de manera completa en http://www.tiscar.com/2006/09/14/la-utilidad-de-un-blog-academico/

Gonzalo Prudkin
0 comments links to this post

Dan Gillmor: Grande Imprensa perde espaço para Jornalistas Cidadãos


Os cidadãos estão ocupando cada vez mais o espaço dos jornalistas dos meios de comunicações em massa, usando a internet e o celular para “noticiar” informações e fotos exclusivas e formar opinião, afirma o jornalista e escritor americano Dan Gillmor.
Via BBC Brasil

Gerson Martins
0 comments links to this post

Red ICOD: Resultados finais da pesquisa sobre competênciais digitais dos comunicadores


Estão disponibilizados online os resultados finais da pesquisa Comunicação Digital: competências profissionais e desafios acadêmicos, realizada entre 2004 e 2006 pela Red Ibero Americana de Comunicação Digital (ICOD).
A Red ICOD é um grupo de trabalho do qual participam pesquisadores da Argentina, Brasil, Cuba, Portugal, França e Itália, através de um Projeto Alfa, da Comunidade Européia.
A pesquisa visou analisar o estado da "digitalização" das carreiras de comunicação e proporcionar elementos para auxiliar na construção de abordagens pedagógicas que melhor se coadunem com as transformações tecnológicas contemporâneas e com as demandas do mercado de trabalho, sem que se abandone a dimensão essencial de geração de novos conhecimentos, que deve caracterizar as atividades universitárias.
Foram realizados quatro encontros da Red: em La Habana (Cuba), Covilhã (Portugal), Calafate (Argentina) e Vic (Espanha).
Os resultados do trabalho estão disponíveis em livro e site (em espanhol, português, inglês e catalão.) No site podem ser baixados (em formato PDF) todos os documentos produzidos: textos, mapas, gráficos, etc. Além disso, foram realizadas e disponibilizadas em vídeo várias entrevistas com especialistas no assunto, como Aníbal Ford, Howard Rheingold, André Lemos, Jesús Martin Barbero, Guillermo Orozco Gómez, Elias Machado, Daniele Barbieri, José Mamede, dentre muitos outros.

marcos palacios
0 comments links to this post

Chamada de Trabalhos: Encontro Nacional de Professores de Jornalismo

A diretoria do Fórum Nacional de Professores de Jornalismo (FNPJ) divulgou Chamada de Trabalhos para o 10º Encontro Nacional de Professores de Jornalismo, em Goiânia, Goiás, Brasil, no período de 27 a 30 de abril de 2007.
As inscrições devem ser feitas diretamente no site do FNPJ, a até 30 de novembro, para um dos seis Grupos de Trabalho (GTs) do Encontro:

Atividades de Extensão
Coordenadora: Profa. Sandra de Deus

Ensino de Ética e de Teorias do JornalismoCoordenador: Prof. Edson Spenthof

Pesquisa na Graduação
Coordenador: Prof. Luiz Martins da Silva

Produção Laboratorial – Eletrônicos
Coordenador: Prof. Juliano Carvalho

Produção Laboratorial – Impressos
Coordenadora: Profa. Carmem Pereira

Projetos Pedagógicos e Metodologias de Ensino
Coordenadora: Profa. Valci Zucoloto

Maiores informações podem ser obtidas no site do Fórum

marcos palacios
0 comments links to this post

quarta-feira, setembro 13, 2006

Cafuné: filme de Bruno Vianna permite download e edição pelo usuário


Continua sendo muito comentado na Blogosfera o lançamento simultâneo, em circuito comercial e na Internet, do filme Cafuné, de Bruno Vianna. A obra está sendo distribuída para download sob licenca Creative Commons, em duas versões. A versão mais curta (73 minutos) é para quem quer apenas assistir o filme; a versão mais longa (91 minutos) é para quem quer fazer sua própria edição do material filmado.
Para fazer download do Cafuné, você precisa de um programa de compartilhamento peer-to-peer, como o eMule , o bitTorrent ou o Soulseek. Cada um tem suas vantagens e desvantagens: o Torrent é mais rápido, mas só funciona bem quando muitas pessoas estão baixando o mesmo arquivo. O eMule funciona bem mesmo com pouca gente compartilhando o filme. Alguns outros programas, como o Shareaza, permitem que você faça download em todas as redes acima ao mesmo tempo. É também uma opção, ainda que mais complicada.
O download pode também ser feito através do Banco de Cultura do Overmundo, que informa que a média de acessos tem sido de quatro mil por dia.
Uma entrevista com o diretor está no Blog do Overmundo.

marcos palacios
0 comments links to this post

terça-feira, setembro 12, 2006

Democracy: um vídeo player que dá acesso a 600 canais alternativos


Foi lançada está disponível para download gratuito a versão 0.9 do Democracy Player, um software que além de reproduzir vídeos em qualquer formato,(ignorando DRM e patentes) dá acesso a mais de 600 canais de programação alternativa na Internet.
O produto utiliza software livre e é compatível com Bittorrent. O site oferece também instruções de como criar um canal alternativo e inseri-lo no menu do Democracy.
A opção de "tela cheia" para reprodução de vídeos se mostrou muito boa, em nossa primeira prova com o formato AVI.
A equipe do Democracy mantém um Blog com novidades sobre o software e sobre nos novos canais que vão sendo criados. Uma opção para quem está cansado do EWindows Media Player, I-Tunes e similares.

marcos palacios
0 comments links to this post

Seminário Permanente sobre Comunicação, Cidadania e Jornalismo Digital

Recebemos de Joám Evans Pim, Secretário do Observatório Galego dos Meios, informações sobre a criação de um Seminário Permanente sobre Comunicação, Cidadania e Jornalismo Digital:

El Observatorio Galego dos Medios (asociado a Media Watch Global) del Colexio Profesional de Xornalistas de Galicia acaba de constituir un Seminario Permanente sobre Comunicación, Ciudadanía e Periodismo Social con el objetivo de analizar, establecer y fortalecer los vínculos entre el tejido organizativo de la sociedad civil (el Tercer Sector), los profesionales de la comunicación y la comunidad académica.

En este sentido, el Observatorio, en colaboración con el Grupo de Investigación “Cidadania e Comunicación” (Cidacom) de la Universidad de Santiago de Compostela, celebrará durante el próximo año académico (2006/07) cuatro Foros Internacionales centrados en la Comunicación y ámbitos como el Género, Discapacidades, Juventud y Envejecimiento.

Estes Foros tomarán forma a través de un encuentro virtual en Internet, de aproximadamente un mes de duración, y una jornada presencial, a celebrar en diversas ciudades gallegas. La participación podría, en función de las posibilidades de cada uno, englobar una o ambas modalidades.

La página web de los Foros estará disponible en breve. Mientras tanto, pueden descargas los trípticos informativos en las siguientes URL's:

Tríptico inglés: http://www.xornalistas.com/pdf/ga/xorsoc_en.pdf
Tríptico gallego: http://www.xornalistas.com/pdf/ga/xorsoc_gl.pdf

Se recomienda (especialmente a aquellas personas interesadas en enviar una comunicación) entrar en contacto con nosotros vía mail observatorio@xornalistas.com para recibir las normas técnicas de los textos y otros detalles mientras no se disponibilizan estas informaciones en la página Web propia de los foros. Los textos discutidos en línea serán posteriormente publicados en Comunicación e Cidadanía. Revista Internacional de Xornalismo Social - International Journal on Social Journalism (con ISSN).

marcos palacios
0 comments links to this post

Soluções gráficas para relembrar tragédia

O Blog Innovation in Newspapers traz hoje uma seleção das melhores primeiras páginas de jornais de todo o mundo relembrando o 11 de setembro. Vale a pena conferir as soluções gráficas encontradas.

marcos palacios
0 comments links to this post

segunda-feira, setembro 11, 2006

Nove conselhos para os jornais on-line

O post "9 Ways for Newspapers to Improve Their Websites", do blog The Bivings Report, da consultoria Bivings Group, traz uma interessante proposta para os webjornais baseada em análise de versões web dos principais jornais americanos. Algumas delas:
1. Comece a usar tags
2. Ofereça todo o texto em RSS - não somente os títulos
3. Trabalhe com websites "sociais" externos
4. Linke à blogosfera
5. Não obrigue o usuário a se registrar
6. Associe-se a blogs locais
7. Ofereça visões alternativas do conteúdo
8. Modernize a interface gráfica
9. Aprenda sobre a craigslist

Ao final do post, mais um conselho e após os comentários de usuários, outros oito. Ótimo ponto de partida para discussões.

Beatriz Ribas
0 comments links to this post

Uma proposta para dar estabilidade a citações acadêmicas na Internet

Um dos maiores maiores impecilhos relacionados com o uso de material disponibilizado na Internet, é a instabilidade dos endereços URL. O problema coloca-se de forma ainda mais grave no caso de citações em trabalhos científicos e acadêmicos, nos quais o acesso à referência é, geralmente, um elemento fundamental para a validação e credibilidade das idéias apresentadas.
Ocorrência das mais frequentes é estarmos lendo um artigo ou livro, encontrarmos uma refêrencia que nos parece essencial e, ao digitarmos o URL, sermos saudados com o maldito "404 Not Found" (Não confundir com a "4004 Not Found", excelente revista online sobre Cibercultura, editada por André Lemos, que já vai em seu sexto ano e número 56!).
Pois muito bem, uma proposta para superar o problema do desaparecimento de links previamente citados e dar estabilidade aos endereços de publicações na Internet foi lançada pelo consórcio WebCite.
É simples: o WebCite se propõe a criar e manter um arquivo para materiais científicos e acadêmicos disponibilizados na Internet. O autor vai ao site, registra o título e o URL original de seu artigo (resenha, ensaio, relatório científico, etc) e automaticamente é criado um arquivo de refêrencia que fica guardado no WebCite.
Para fazer uma prova, registrei meu artigo "Ruptura, Continuidade e Potencialização no Jornalismo Online: o Lugar da Memória", que está arquivado no site do GJOL sob o URL http://www.facom.ufba.br/jol/pdf/2003_palacios_o lugardamemoria.pdf.
Segundos depois, estava gerado e disponível no WebCite um arquivo de meu artigo sob o URL http://www.webcitation.org/5IoeibQxc.
O serviço é gratuito para autores que desejem arquivar seu material.
Várias perguntas se colocam, é claro. Em primeiro lugar, quem vai pagar por isso? O WebCite, através de suas FAQs, responde que há várias formas de financiar o serviço, mas eles acreditam que a principal fonte de receita será a cobrança de uma taxa das editoras e bibliotecas que resolvam usar o serviço para arquivar seu material. E quanto à confiabilidade do serviço? E se o WebCite desaparecer subitamente e deixar um "404 Not Found" em seu lugar? E se resolverem passar a cobrar taxas para acesso? E se o servidor deles não aguentar o trâfego gerado? São algumas perguntas dentre muitas outras.
Ainda assim, a idéia parece muito promissora, mas por agora talvez o mais prudente seja começar a usá-la, no máximo, como um adicional. Ou seja registar o trabalho no WebCite, gerar o URL de arquivamento e colocá-lo como um URL alternativo. A citação do meu artigo usado para o teste, ficaria assim: PALACIOS, Marcos."Ruptura, Continuidade e Potencialização no Jornalismo Online: o Lugar da Memória", in: http://www.facom.ufba.br/jol/pdf/2003_palacios_ olugardamemoria.pdf, também disponível em: http://www.webcitation.org/5IoeibQxc

Via Lessig Blog

marcos palacios
0 comments links to this post

domingo, setembro 10, 2006

A muitas mãos: resultado da edição coletiva do artigo para a Wired News


No dia 01 de setembro postamos um comentário sobre a iniciativa da Wired News de propor a edição coletiva de uma matéria sobre wikis. O resultado do experimento, como prometido, foi publicado na Wired, depois de receber 348 edições em seu corpo principal e 21 sugestões de título.
O texto que serviu de "semente" foi escrito pelo repórter Ryan Singel, com pouco mais de mil palavras.
Daniela Berocchio, do Intermezzo, produziu um resumo das conclusões do repórter:

- "I've learned over the last four years of writing for Wired News that my readers are smarter than I am."
- "Certainly the final story is more accurate and more representative of how wikis are used."
- Is it a better story than the one that would have emerged after a Wired News editor worked with it? I think not.
- The edits over the week lack some of the narrative flow that a Wired News piece usually contains. The transitions seem a bit choppy, there are too many mentions of companies, and too much dry explication of how wikis work.
- (...) the experiment shows that, in storytelling, there's still a place for a mediator who knows when to subsume a detail for the sake of the story, and is accustomed to balancing the competing claims and interests of companies and people represented in a story.

A reportagem, em sua versão final, foi publicada com o título "Veni, Vidi, Wiki".
O processo de edição, com todas as versões, comentários dos participantes, notas do repórter ao longo do experimento, referencias em blogs etc, ficou arquivado no wiki original. Um material muito rico que vai merecer muitas análises, críticas e comentários na Blogosfera e para além dela.

marcos palacios
1 comments links to this post

Daily Telegraph inova e apresenta redação multimídia









A Press Gazette publicou em primeira mão matéria sobre a nova redação multimídia do jornal inglês Daily Telegraph. A promessa é revolucionar o processo de produção jornalística com o projeto que, se acredita, seja o primeiro a integrar, verdadeiramente, uma redação multimídia em empresas informativas do Reino Unido: “What we are in fact doing is to begin reshaping the face of the industry.” Palavras de Murdoch MacLennan, executivo chefe.
No blog de Peter Greenslade, do The Guardian Unlimited, também há comentários sobre as mudaças do Daily.
Via Ponto Media.

Suzana Barbosa
0 comments links to this post

sexta-feira, setembro 08, 2006

2043: ¿La muerte de los periódicos?


El periodista Philip Meyer sale con los "botines de punta" y se expresa apocalípticamente sobre la desaparación de la prensa gráfica a raíz de las pérdidas económicas de los grandes medios debido a Internet. La expresión "muerte", o el "final"de la prensa en papel no es un tema nuevo. Solo que en esta oportunidad haciendo futurología se pone fecha definitiva: el año 2043. Al discurso de Meyer, se adhieren otros medios tradicionales importantes como The Wall Street Journal y el semanario The Economist. La nota completa puede leerse http://axxon.com.ar/not/166/c-1660037.htm

Gonzalo Prudkin
0 comments links to this post

quinta-feira, setembro 07, 2006

"Salvemos Plutão": uma competição para imagens produzidas em Photoshop

Worth 1000 é um site especializado em montar competições fotográficas, multimidiáticas e de uso de Photoshop. Há sempre muitas em andamento, simultaneamente, e coisas realmente geniais sendo submetidas todo tempo. Uma das atualmente abertas tem como tema "Salvemos Plutão" (Save Pluto!) Vale a pena uma visita a essa e outras das competições.
O site oferece também informações e cursos sobre o uso das ferramentas de tratamento de imagens e assuntos correlatos.

marcos palacios
2 comments links to this post

Google Brasil e Orkut: dúbia homenagem?



Vejam só a logomarca que o Google ostenta em sua página principal brasileira, hoje, data comemorativa nacional.
Homenagem?
Nem todos pensam assim. Há quem interprete como um gesto meio forçado para tentar, indiretamente, acalmar os ânimos do Ministério Público, que continua a bater forte na empresa por conta das encrencas que envolvem o Orkut por aqui.
Falando mais explicitamente, estaria tentando " fazer média" com o MP.
A quantidade esmagadora de usuários deveria obrigar a empresa a dar uma atenção muito, muito especial ao público brasileiro. Praticamente, o Orkut só existe por aqui. Nos outros países, predomina o My Space, entre outros.
Um detalhe:
A simpática "homenagem" acontece apenas no "google.com.br". No "google.com" permanece a logomarca habitual.
Via Vera Martins

marcos palacios
0 comments links to this post

Zap Reader: leia seus textos em alta velocidade


Sem tempo para tanta leitura? Necessita digerir rapidamente muitas maçarocas para escrever um ensaio? Quer dar uma lidinha rápida para ver se o texto merece uma leitura mais atenta?
Zap Reader Beta é um site que oferece um mecanismo para Leitura Dinâmica. Você copia e cola o texto no Reader e, num ritmo selecionado por você (quantas palavras de cada vez? quantas palavras por minuto?), o Zap Reader vai mostrando o material. É uma experiência um pouco perturbadora no início, mas uma vez ajustado o ritmo à sua capacidade de apreensão, a coisa talvez funcione. Pelo menos para alguns...
Lembrei-me dos exercícios de Leitura Dinâmica que eram moda nos anos 60 e 70.
Clique aqui para assistir um breve vídeo sobre o Zap e experimentar.
Se gostar é só fazer um bookmarking.
Não há downloads, registros, nem nada parecido.
Funciona online. Botões para a barra de ferramenta estão prometidos para breve.
É curioso notar-se também que o Zap Reader está sendo classificado como um aplicativo Web 2.0. Realmente não vejo porque. Ou melhor vejo: há muito pouco consenso sobre o que seja Web 2.0!
Via Vita Digitali de Cristian Contini

marcos palacios
0 comments links to this post

Tribos na Blogosfera: visualizando como as comunidades são formadas

Alguns blogs funcionam como fortes catalizadores e pontos iniciais de propagação de informação na Blogosfera. São algumas vezes chamados de Blogs da Lista A. Uma análise gráfica de alguns deles, dá uma idéia de diferentes padrões de formação de tribos de interesse na Blogosfera.
Os padrões se transformam em gráficos que podem ser visualizados no Data Mining

marcos palacios
0 comments links to this post

quarta-feira, setembro 06, 2006

First Look: um blog com as novidades do The New York Times


O The New York Times lançou o First Look, um blog que reúne as últimas inovações e funcionalidades do jornal e do seu site.
É como um showcase com os mais recentes produtos e experimentos abertos ao público dos setores de conteúdo e tecnologia do jornal.
Via Pablo Barbosa

marcos palacios
0 comments links to this post

Professor de fotografia britânico instala câmera na ponta da língua














Via: BBC Brasil.com

Paulo Munhoz
3 comments links to this post

News archive: busca em arquivo de até 200 anos

Acaba de estrear o mais novo serviço incorporado ao Google News, que permite pesquisar em arquivos de até 200 anos atrás de fontes noticiosas como jornais e revistas, além da enciclopédia britânica. O News Archive oferece também a opção de ver o assunto pesquisado através de uma Linha do tempo, na qual o usuário pode selecionar arquivos por décadas ou por ano.
O material exibido como resultado da busca aponta tanto para conteúdos gratuitos como para aqueles em que é cobrado taxa para se ter acesso ao texto completo (nesse caso, os valores vão variar de acordo com a política de uso do arquivo de cada publicação). Os resultados apontados listam material do New Yourk Times (que possui um dos maiores bancos de dados de informação jornalística), Chicago Sun Times, Boston Globe, entre muitos outros.
Por enquanto, a maior parte do conteúdo indexado está em inglês, mas a perspectiva, como prevê matéria do Estadao, é de que o Google expanda o alcance da ferramenta para outros países e idiomas, a exemplo do que já fez com o Google News.

Suzana Barbosa
0 comments links to this post