sábado, dezembro 30, 2006

Novos Caminhos em 2007

A imagem acima é uma tradução por computador da frase Novos Caminhos em 2007.
Foi gerada por um programa de arte randômica, criado por Andrej Bauer.

As interpretações ficam a cargo de cada qual.

Até o próximo ano!
Obrigado pelo apoio.

marcos palacios & Equipe GJOL
0 comments links to this post

VI Bienal Iberoamericana de Comunicación: Córdoba 2007

Já está disponível o site com informações detalhadas sobre a VI Bienal Iberoamericana de Comunicación, a ser realizada em Córdoba (Argentina), entre 26 e 29 de setembro de 2007.

O evento terá como tema geral "Comunicação e Poder: movimentos sociais e meios na consolidação das democracias".

Cada Mesa de Trabalho estará encabeçada por dois coordenadores. Serão aceitos de oito a 15 trabalhos por Mesa. Os resumos (abstracts) de propostas de papers para as Mesas deverão ser encaminhados entre 01 de fevereiro e 15 de abril.

São as seguintes as Mesas de Trabalho da VI Bienal:
1.Políticas de comunicación y construcción del poder.
2.Comunicación y democracias: procesos, perspectivas y tensiones.
3.Comunicación y cultura.
4.Comunicación y cibercultura.
5.Comunicación, identidades y subjetividades.
6.Comunicación y Derechos humanos.
7.Discursividad social: lo hegemónico y lo alternativo.
8.Comunicación, política y observatorio de medios.
9.Comunicación y Educación.
10.La investigación en comunicación hoy: temas y metodologías. 11.Comunicación, intervención y extensión.
12.Comunicación popular y comunicación alternativa.
13.Comunicación en las instituciones de la democracia: el estado, la empresa, organizaciones de la sociedad civil.
14.Prensa y democracia en Iberoamérica.
15.Movimientos sociales y democracias.
16.Publicaciones en línea: aspectos, tendencias y perspectivas.
17.Historia del periodismo: escrituras, imágenes y géneros.
18.TIC’s y educación.
19.Comunicación y construcción de ciudadanías.
20.Narrativas audiovisuales.
21.Sociedad de la Información y desarrollo local.
22.Publicaciones en línea: calidad y responsabilidad en la información.

Informações completas podem ser obtidas no site da VI Bienal.

marcos palacios
0 comments links to this post

Jornal mais antigo do mundo agora terá apenas versão online

O jornal mais antigo do mundo deixará de ser impresso e será apenas publicado na internet, informou ontem a publicação em seu site.
O The Post Och Inrikes Tidningar, jornal oficial da Suécia para anúncios de concordata, empresas e governo, tem sido publicado diariamente desde 1645. De acordo com a Associação Mundial de Jornais, trata-se do mais antigo.
Três cópias de papel do jornal serão feitas e arquivadas em livrarias universitárias para manter a tradição.
Via Estadão

marcos palacios
0 comments links to this post

Google no topo em 2007: uma previsão para quem não quer errar?

Depois de superar o Yahoo, em novembro, e passar à condição de segundo site mais acessado na Internet, o Google está sendo apontado, em muitas previsões tecnológicas para 2007, como candidato certo para chegar a primeiro do ranking mundial durante o próximo ano.
A liderança é atualmente ocupada pelo site da Microsoft, o que se explica, pelo menos em parte, em função dos acessos para atualizações de softwares da empresa.
Para quem não gosta de errar em suas previsões, "Google na cabeça" parece ser a aposta mais segura....

marcos palacios
0 comments links to this post

sexta-feira, dezembro 29, 2006

NASA interativa: usuários escolhem a melhor foto de Saturno em 2006

Ao aproximar-se o segundo aniversário da nave Cassini ao redor de Saturno, a NASA está pedindo que os usuários de seu site votem para escolher a melhor de uma série de 15 fotos do planeta e seus satélites tiradas em órbita em 2006. O resultado da escolha será conhecido em fevereiro.
Ao longo da missão mais de 300 mil fotos serão enviadas à Terra.
Vote.

marcos palacios
0 comments links to this post

FotoRepórter: imagem de fim de ano

122 mil balões são lançados no centro de São Paulo para marcar o aniversário da Associação Comercial. É o 15º ano que a comemoração acontece desta forma, tendo começado por iniciativa dos contínuos da instituição.
Foto de Arthur Ramos Neto, publicada na seção FotoRepórter do Estadão, que acolhe fotos produzidas por repórteres cidadãos.

marcos palacios
0 comments links to this post

Igreja discute confissão on-line com perdão por e-mail

Se vale blasfêmia por vídeo, por que não confissão digital?
"Em Pavia, pequena cidade localizada na região da Lombardia, dois padres, Gianfranco Poma e Francesco Tassone, decidiram que o relato dos pecados por e-mail é tão bom quanto aquele feito pelos que se ajoelham no confessionário --com a vantagem de que a mensagem pode ser digitada em qualquer computador na hora em que der na veneta do arrependido. Uma conexão direta com o perdão, 24 horas por dia.
A polêmica acabou instalada. O primeiro ponto de desacordo foi o tamanho do texto: as pessoas, aparentemente, ficam incomodadas ao ver o registro de seus dribles às leis divinas e estão acostumadas a medir a gravidade das faltas pelo tempo de conversa com o pároco, não pelo número de toques no teclado. O resultado é que boa parte das confissões chega curta e grossa à caixa postal dos párocos, o que levou especialistas italianos a discutir de maneira inflamada a conveniência de eles pedirem, por e-mail, mais detalhes dos pecados antes de cravar a absolvição.
Outra dúvida que embolou a iniciativa dos padres de Pavia foi se as confissões pela internet poderiam ser feitas a partir de pseudônimos ou se era imprescindível que o pecador se identificasse."
A matéria é de Janaína Leite, correspondente em Roma da Folha de São Paulo, fala também de eutanásia e do perigo das figurinhas Yu-Gi-Oh para a fé cristã.
Aguardem para breve peregrinação virtual a Meca.
A ilustração é de Anita Toutikian, uma artista Libanesa-Armênia

marcos palacios
0 comments links to this post

30 blogs para saborear em 2007


Para festejar a chegada do ano em que os blogs completam 10 anos, e-Cuaderno, Blogpocket e La Brújula Verde combinaram-se para criar não uma listagem, como fazem questão de frisar, mas uma cesta de 30 Blogs, a serem acompanhados de perto nos próximos 12 meses. Cinema, música, artes plásticas, extravagâncias, novas tecnologias, design, história, cultura...
Os critérios para a escolha: originalidade, novos talentos e leveza.

marcos palacios
0 comments links to this post

quinta-feira, dezembro 28, 2006

Second Life terá versão brasileira em 2007: mudança para um gueto?

Para evitar que aconteça com Second Life a mesma invasão que já ocorreu no Orkut, onde 62% dos usuários são do Brasil, o mundo virtual vai lançar uma versão brasileira, no início de 2007.
Atualmente, entre os dois milhões de residentes registrados em Second Life, há 80 mil brasileiros.
A questão é: será que esses 80 mil brasileiros, que já contam com Corcovado, Avenida Paulista, Central do Brasil, diretórios de partidos políticos, empresas dos mais variados tipos, e até pedintes no Second Life original estarão dispostos a mudar para um gueto brasileiro?
A interação multi-cultural não seria justamente um dos atrativos de se viver uma segunda vida? É verdade que dentro do mundo virtual, as nacionalidades tendem a se agregar, para suas festas, baladas, comemorações. Mas isso ocorre espontaneamente e não por força de lei.
Espero que o processo não inclua evacuações em massa, no estilo gueto de Varsóvia ou Palestina 1948.

marcos palacios
0 comments links to this post

Sua alma por um DVD?

Quer trocar sua alma por um DVD? Este é o desafio lançado pelo Rational Response Squad, um grupo militante atéu, que está distribuindo 1001 DVDs do documentário The God who wasn´t there, de Brian Flemming. O filme busca provar que Jesus Cristo nunca existiu.
Para ganhar uma cópia, o interessado deve fazer o upload para o YouTube de um vídeo onde negue a existência do Espírito Santo e blasfeme contra ele. O preço pode ser alto: segundo o Evangelho de Marcos, "Aquele que blasfemar contra o Espírito Santo, não terá remissão para sempre. Pelo contrário, é culpado de um pecado eterno" (Marcos 3:29).
Ainda assim tentado?
As instruções detalhadas para quem quer ganhar o DVD e não teme as chamas do Inferno estão em The Blaphesmy Challenge.
Mais de 350 blasfemadores já venderam suas almas.

marcos palacios
0 comments links to this post

quarta-feira, dezembro 27, 2006

Pentágono mente sobre situação de fotógrafo detido no Iraque

"Não tenho qualquer problema em afirmar que o Pentágono mentiu para nós, mais de uma vez". A acusação é de Tom Curley, presidente da Associated Press (AP), falando sobre a situação de Bilal Hussein, fotógrafo da AP, ganhador de um Prêmio Pulitzer, que já vai completar oito meses de detenção ilegal no Iraque, em mãos de militares norte-americanos.
Curley afirma que "sempre que os militares norte-americanos deram detalhes sobre as razões da detenção de Hussein, a AP tomou-as seriamente e investigou, sempre chegando à conclusão que as acusações eram falsas ou altamente exageradas".
Estima-se que os Estados Unidos estejam mantendo detidas 13 mil pessoas em prisões militares no Iraque, grande parte delas sem qualquer acusação formal. Dentre os detidos está Bilal Hussein. Quando informações detalhadas sobre sua situação são solicitadas, os militares respondem que se trata de "material confidencial".
Curley e outros executivos da AP afirmam que o crime real de Hussein foi ter tirado fotos que desagradaram os militares.
Um longo artigo sobre a situação do jornalista e os abusos norte-americanos está publicado no AJR versão dezembro 2006/janeiro 2007.

marcos palacios
1 comments links to this post

Save the Internet: um vídeo explica as ameaças à neutralidade da Web

Um link postado por JD Lasica em Darknet aponta para um vídeo sobre Net Neutrality (Neutralidade da Web) e para os perigos que rondam o ciberespaço. O vídeo é didático, vai diretamente ao ponto e pede engajamento contra as manobras de controle e manipulação da opinião pública sobre o assunto. A campanha pela neutralidade está no site Save the Internet.

marcos palacios
0 comments links to this post

Publicidade em videogames: teste revela resultados pobres

Bunnyfoot, uma empresa britânica de consultoria comportamental, mediu a eficácia de uma prática que vem se tornando cada vez mais frequente: o uso de publicidade nos vídeogames (in-game advertising).
Foram testados 120 voluntários, todos com mais de 18 anos. Os usuários foram divididos em categorias, de acordo com os jogos de suas preferências, e seus níveis de atenção durante o jogo foram monitorados.
Os melhores resultados, em termos de atenção direcionada à publicidade, foram obtidos nos jogos NBA Live e Smackdown Vs Raw. Ainda assim, os resultados de reconhecimento e recall das publicidades foi surpreendentemente baixo.
A conclusão, pelo menos por agora, é que esse tipo de publicidade simplesmente não está conseguindo atrair a atenção dos usuários de videogames.
Por outro lado, a pergunta que se coloca é: a exposição continuada não acabaria tendo um efeito subliminar, a despeito de baixa capacidade de captura de atenção durante o jogo?
Via CyberNet

marcos palacios
1 comments links to this post

terça-feira, dezembro 26, 2006

Site localiza conexões Wi-Fi

No site Windows Live Hotspot Locator é possível localizar em 100 países hotspots de conexões Wi-Fi (wireless fidelity). De funcionalidade simples e eficaz, o serviço é muito útil para quem possui conexão wireless.

Outros locais:

Busca de Hotspots no Brasil por cidade
Lista de Hotspots nas principais cidades brasileiras
Lista de Hotspots no Brasil pelo servidor

Alberto Marques
2 comments links to this post

Blog disponibiliza variedade textual

No blog Caosmosis é possível encontrar uma variedade muito grande de textos: Foucault, Benjamin, Deleuze, Guattarí, Virno, Baudrillard, Derrida, Negri e muitos outros. Vale a pena conferir!

Via Dialogica

Alberto Marques
0 comments links to this post

Campanha eleitoral mobilizou 1 milhão de pessoas no "Orkut"

"Milhares de brasileiros encontraram na internet uma nova forma de participar das eleições. Durante a campanha eleitoral pela Presidência da República, mais de 1 milhão de pessoas ingressaram em comunidades no Orkut relacionadas aos presidenciáveis Luiz Inácio Lula da Silva (PT) e Geraldo Alckmin (PSDB). No YouTube, vídeos sobre os candidatos tiveram centenas de milhares de acessos.

Os dados (PDF), revelados pela pesquisa Internet e Esfera Pública, do Centro de Altos Estudos de Propaganda e Marketing da ESPM (Escola Superior de Propaganda e Marketing), mostram que, no Brasil, a influência da rede ainda é incipiente quando se trata de campanhas eleitorais - mas revelam que está mudando o modo como as pessoas participam de uma eleição e definem seus votos.

A pesquisa analisou blogs, sites de comunidades de Lula e Alckmin no Orkut e vídeos relacionados às eleições mais visualizados no YouTube. O estudo é dos pesquisadores Clóvis de Barros Filho, Marcelo Coutinho e Vladimir Safatle".

Via G1

Alberto Marques
1 comments links to this post

segunda-feira, dezembro 25, 2006

Argentina terá 13 milhões de usuários de internet

Segundo a empresa de consultoria Prince & Cooke, ao terminar o ano de 2006 a Argentina possuirá 13 milhões de usuários de internet, três milhões a mais que o ano passado. Isso significa que 35% da população do país tem acesso à rede. A pesquisa “perfil del usuario de Internet en Argentina 2006” também informa que 88% dos usuários acessam a rede em busca de informação e que 81% desses casos o fazem através do google.

Otra de las estrellas indiscutidas que seduce a millones de argentinos es el Messenger: cerca del 70% lo tiene instalado. Los nuevos servicios para hablar por teléfono con la PC, como el Skype, también tienen su importancia y empiezan a ganar adeptos alcanzando al 22% de las personas.
Mais dados sobre a pesquisa no “Diario Perfil”.

Alberto Marques
0 comments links to this post

ONU aprova resolução para proteger jornalistas nas guerras

O Conselho de Segurança da ONU adotou uma resolução que considera os jornalistas como civis e exige sua proteção quando estiverem fazendo cobertura informativa em conflitos armados. O documento, que foi aprovado por unanimidade pelos 15 membros do Conselho, condena todos os “ataques intencionais” contra os jornalistas, profissionais da comunicação e pessoas associadas em situação de guerra, desde que estejam em áreas de conflito e que tenham por fim a prática informativa. Também estabelece que as instalações e equipamentos dos jornalistas são “objetos civis”, por isso não podem ser alvos de ataques e represálias.

Especifica que los ataques intencionados contra los periodistas son una "violación del derecho internacional y la ley humanitaria" e insta a llevar ante la justicia a sus responsables.

El embajador de Grecia, Adamantios Vasilakis, cuyo país ha promovido la resolución, afirmó que su adopción es "un primer paso en la dirección correcta", ya que su intención es concienciar del peligro que corren los periodistas y asociados cuando cubren conflictos armados.

"Los periodistas y profesionales de la comunicación deben ser protegidos de acuerdo al derecho internacional y humanitario", declaró.
Via El Mundo.

Alberto Marques
0 comments links to this post

Natal

...e que os anjos digam amém.

marcos palacios
&
Equipe GJOL
1 comments links to this post

domingo, dezembro 24, 2006

Fundador da Wikipedia lançará buscador para competir com o Google

O fundador da Wikipedia, Jimmy Wales, em parceria com o Amazon, está desenvolvendo um projeto para lançar no próximo ano: Wikiasari será um buscador para competir com o Google, Yahoo e MSN. Segundo Wales, a ferramenta trabalhará com a mesma tecnologia utilizada pela enciclopédia.


He told the Times that computer algorithms do not make as good selections as humans and if people get to use his alternative they may prefer it.

Mais informações no blog Tech Crunch: Wikia To Launch Search Engine: Exclusive Screenshot

Via Search Engine Watch.

Alberto Marques
0 comments links to this post

sábado, dezembro 23, 2006

BBC distribuirá vídeos via P2P

Muitos pesquisadores têm sinalizado sobre a importância das empresas de comunicação estarem atentas às mudanças e aos impactos provocados pela chamada web 2.0. Essa observância está condicionada a adequação dos seus serviços como fator primordial a sua prosperidade. Na midiaesfera algumas empresas se destacam na experimentação das pontencialidades oferecidas pela web social.

Uma delas é a emissora pública de rádio e televisão BBC que continua sua exploração de novos metódos de produção e distribuição da informação. Agora eles estão apostando no "P2P" (peer-to-peer) pago. A empresa britânica fez um acordo para distribuir séries e outros conteúdos a partir do programa Zudeo, um cliente de BitTorrent que permite baixar vídeos de alta resolução. Para evitar cópias e distribuição, os vídeos estarão protegidos por DRM (digital rights management).

Via Periodistas 21 / JW

Alberto Marques
0 comments links to this post

Mídia & Política: novo número destaca imagem do Brasil no exterior

Já está disponível na Web mais uma edição de Mídia & Política, publicação periódica mantida pelo Núcleo de Estudos sobre Mídia e Política (Nemp) da Universidade de Brasília (UnB). Destina-se à divulgação de noticias, análises e críticas sobre a cobertura política na mídia brasileira.

marcos palacios

0 comments links to this post

Um mapa dinâmico da blogosfera política na França

O Observatoire Présidentielle 2007 produziu um aplicativo que permite navegar em um sofisticado mapa da blogosfera política francesa. Os blogs estão identificados a partir das tendências políticas e partidárias. Visualmente notável, inclusive traçando as ligações entre os diversos blogs. Uma ferramenta útil, tanto para quem se interessa por política na França, quanto para quem está estudando o funcionamento da Blogosfera.
Vale a pena explorar.

marcos palacios
2 comments links to this post

sexta-feira, dezembro 22, 2006

Biblioteca do Congresso americano publica feeds

Faz alguns dias que a biblioteca do Congresso dos Estados Unidos, uma das maiores bibliotecas do planeta, anunciou feeds em seu site. Estão oferecendo em diversos canais: um boletim de novidades; eventos; novidades incorporadas em sua página; webcasts; podcasts de leitura; novidades científicas; serviços e produtos. Também informou que está se preparando para o lançamento de novos canais de sindicação nos próximos meses.

Os feeds estão aqui.

Via La Brújula Verde.

Alberto Marques
0 comments links to this post

Blogs chineses têm forte impacto na cobertura jornalística


Rebecca MacKinnon produziu um estudo sobre o uso de blogs por correspondentes estrangeiros cobrindo a China. Ela preparou e disponibilizou um questionário que foi respondido por mais de 70 jornalistas do setor.

Alguns resultados do estudo: 90% dos jornalistas que responderam ao questionário seguem os blogs chineses como fonte de informação e possível ponto de início de novas histórias. A maior parte dos correspondentes considera que os blogs chineses são mais úteis para proporcionar novas idéias e informações sobre a China de que CCTV, CNN, BBC (radio e TV), forums, BBS e salas de chats, ou as rádios chinesas.

A maioria dos correspondentes considera que é impossível determinar se blogs são mais ou menos confiáveis do que outras fontes, pois não há como generalizar. De modo geral, eles consideram a questão da "credibilidade" como pouco relevante, pois os blogs, em geral, funcionam como ponto de partida e não como ponto de chegada para as histórias.
Via Center for Citizen Media

marcos palacios
0 comments links to this post

Jumpcut permite fazer edição de vídeo on-line

O Yahoo acaba de lançar um serviço on-line de edição de vídeo: o Jumpcut. Este serviço permite ao usuário recortar trechos de um filme de até 100 Mbytes, adicionar trilha sonora em MP3, colocar legendas e até aplicar efeitos visuais básicos.

Mais informações na Folha.

Alberto Marques
0 comments links to this post

The Guardian: ranking de 100 sites interessantes

O professor André Lemos, no blog Carnet Notes, indica um ranking feito pelo The Guardian de 100 sites interessantes para diversas áreas.

A lista completa está aqui.

Alberto Marques
0 comments links to this post

quinta-feira, dezembro 21, 2006

TV Globo lança portal de vídeos

O canal de Tecnologia do G1 informa que foi lançado nesta semana o portal Globovídeos. “A intenção é facilitar a navegação dos usuários que procuram na internet o conteúdo divulgado pela TV Globo -- novelas, reportagens e minisséries estão entre as opções”, diz a matéria.

“O portal conta com cerca de 90% da programação produzida pela TV Globo e muitos desses vídeos são gratuitos. Entre as principais novidades do site estão janelas maiores de visualização, divisão mais organizada do acervo, ferramenta de busca refinada e melhor qualidade das imagens.”

Via JW.

Alberto Marques

0 comments links to this post

Resgate da memória audiovisual francesa: 500 mil horas de TV


O banco de dados audiovisual do INA - Institut National de L'Audiovisuel - lançado em abril deste ano, alcançou a marca de 500 mil horas de televisão, 600 mil horas de rádio e mais de um milhão de fotografias. O site oferece material para particulares, profissionais do audiovisual, pesquisadores e estudantes e para utilização em educação e cultura.
São programas de televisão e rádio de entretenimento, educacionais e jornalísticos franceses, desde os anos 50, que foram recuperados, restaurados e digitalizados para comercialização no site. Os usuários podem ver prévias de 3 a 4 minutos das obras e em seguida comprar o que desejam. Alguns programas jornalísticos estão disponíveis em até 30 minutos ou mais.
O arquivamento do material permite buscas por personalidades, por programas, por temas, por épocas, por palavra-chave, por data. O material pode ser adquirido para diversos fins, como a utilização em documentários, matérias jornalísticas, trabalhos escolares, sites...
Na seção "Journal de votre naissance" o usuário pode escolher qualquer data entre 1963 e 2004 e assistir os noticiários de alguns canais da televisão francesa. Muito interessante perceber a evolução do telejornalismo ao longo dos anos, cenários, posicionamento dos apresentadores, edição das matérias...
O usuário tem acesso a um fórum de discussões e a uma seleção de preferidos de personalidades, do público e da redação. Uma barra no topo vai arquivando o que o usuário vai vendo no site. O ina.fr oferece outros tantos recuros. Vale a pena navegar e descobrir.

http://www.ina.fr

"La France est le premier pays à garantir la pérennité des images télévisées et des sons radio" - Le Monde

Beatriz Ribas
0 comments links to this post

Colocando a mania de Second Life em perspectiva crítica

Clay Shirk postou um comentário em Valleywag tentando colocar em perspectiva o número real de usuários no mundo virtual de Second Life. Apesar do hype midiático que vem sendo gerado em torno da nova mania e apesar de declarações de que a população do mundo virtual esteja chegando aos 2 milhões, Shirk adota uma visão cética e pergunta coisas como: "quantos dos que experimentam - e portanto se registram e são contabilizados como usuários - realmente aderem e dão continuidade à sua participação"?
Ele tenta explicar as razões que estão alavancando a mania, situando números e perspectivas futuras em uma ótica mais crítica.
Shirk afirma que:
"I suspect Second Life is largely a "Try Me" virus, where reports of a strange and wonderful new thing draw the masses to log in and try it, but whose ability to retain anything but a fraction of those users is limited. The pattern of a Try Me virus is a rapid spread of first time users, most of whom drop out quickly, with most of the dropouts becoming immune to later use."
Via Current Cites

marcos palacios
0 comments links to this post

Texto Digital lança terceiro número

O Núcleo de Pesquisa em Informática, Literatura e Lingüística (NUPILL) da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) anuncia o lançamento do terceiro número da Revista Texto Digital. Publicada apenas em formato eletrônico, a revista é um espaço destinado à veiculação de textos (artigos científicos, palestras, etc) cuja temática envolva a Literatura e o Texto no Meio Digital, assim como as implicações de escrita, leitura, ensino e aprendizagem, que esse suporte proporciona.

marcos palacios
0 comments links to this post

Número de jornais impressos não pára de crescer

Ao contrário da opinião mais difundida, o número de jornais não tem parado de crescer nos últimos cinco anos. Acompanhando esse crescimento, uma série de mudanças profundas estão obrigando os editores a repensar a maneira de levá-los ao mercado.

Essa é uma das principais conclusões do informe ‘Novos Produtos Impressos’, o primeiro dos seis que serão publicados pelo projeto 'Modelar o futuro dos periódicos’, promovido pela Associação Mundial de Jornais (WAN – sigla em inglês) para 2006 -2007.

"Obsesionados por la revolución de los medios digitales", los responsables de mercado y los expertos en medios informativos, "han ignorado ampliamente" la "inexorable realidad" del crecimiento de títulos de periódicos y de las ventas en el mundo.

En 2005, el número total de títulos de diarios pago en todo el mundo alcanzó la cifra de 10.000 por primera vez en la historia, impulsado por un crecimiento constante del 13% desde 2001, cuando existían 8.930 diarios de pago.

Mais informações no El Mundo.

Alberto Marques
0 comments links to this post

quarta-feira, dezembro 20, 2006

Jornalismo cidadão: BBC experimenta uso de telefones móveis com GPS

A BBC começou a experimentar essa semana uma "nova forma" de jornalismo cidadão: entregou a 18 estudantes da Universidade de Brighton telefones móveis (Nokia Nseries) equipados com um dispositivo GPS. A intenção da empresa é desenvolver formas de uso dos telefones móveis para capturar e compartilhar histórias multimídia.

Um exemplo do uso do GPS: “num evento esportivo, as capturas de diferentes telefones poderão ser unidas em espaço e tempo automaticamente, oferecendo uma visão do mesmo episódio em diferentes perspectivas.”

Via MocoNews / E-contenidos

Alberto Marques
0 comments links to this post

Livro aborda futuro das comunicações e dos media

O livro Communications - The next decade foi publicado recentemente pela OFCOM, entidade de regulação dos media do Reino Unido e está disponível on-line (PDF). Trata-se de um conjunto de ensaios de autoria de especialistas em regulação, políticas, tecnologias e sociologia dos media e das comunicações.

O índice é o seguinte:

Foreword, Biographies, Introduction and Overview
SECTION 1 - TRENDS AND CHALLENGES
SECTION 2 - THE CHANGING NATURE OF REGULATION IN THE PUBLIC INTEREST
SECTION 3 - ECONOMIC REGULATION BEYOND 2010
SECTION 4 - UTILISING THE AIRWAVES
SECTION 5 - GLOBAL AREAS OF FOCUS

Via Jornalismo e Comunicação.

Alberto Marques
1 comments links to this post

Revista La Crujía: número 4 disponível em pdf

Está disponível em pdf na web o número 4 de La Crujía, revista produzida pela editora argentina de mesmo nome, que se especiliza em publicações na área de Comunicação Social. São artigos curtos, resenhas, entrevistas, comentários, sobre Jornalismo, Cinema, Literatura.
Destaque para o artigo "Los nuevos dueños de las telecomunicaciones" de Glenn Postlski.

marcos palacios
0 comments links to this post

Policial canadense usa YouTube para investigar assassinato


O sargento-detetive Jorge Lasso, de Hamilton, em Otário (Canadá), inovou ao colocar no YouTube um vídeo produzido por câmeras de segurança de um clube hip-hop, no qual aparecem dois homens suspeitos de envolvimento em um assassinato ocorrido nas imediações da danceteria. O policial afirmou que teve a idéia de usar o YouTube ao constatar que seus filhos, na faixa dos 20 anos, obtém toda sua informação na Internet.
Até agora a disponibilização do vídeo não levou à prisão dos suspeitos, mas o policial considera que a experiência é apenas o início do uso desse tipo de difusão para ajudar a combater o crime.
Via The New York Times

marcos palacios
0 comments links to this post

Digg investe em multimídia

Mario Cavalcanti, do Jornalistas da Web, informa que o “Digg.com, portal social de notícias, fez mudanças em sua interface a fim de integrar mais mídias. Agora o conteúdo do portal está dividido em três áreas principais: notícias, podcasts e vídeos.

Outras novidades incluem uma lista dos posts mais ativos (que geram mais comentários), outra dos vídeos mais populares e uma página que mostra em tempo real as atividades do site.”

Via Editors Weblog.

Alberto Marques
0 comments links to this post

terça-feira, dezembro 19, 2006

A era de ouro

0 comments links to this post

The New York Times agrega serviços sociais em suas notícias

Alguns textos publicados no diário The New York Times agora estão com links para agregar seu conteúdo em alguns sites sociais. Para quem conhece os serviços sociais de notícias, sabe que sempre foi possível (manualmente) agregar qualquer notícia neles. A grande novidade é que, ao oferecer o serviço, o The New York Times acaba aderindo ao movimento e reforça uma tendência que será seguida por outros jornais.

Via TechCrunch / Publicidad 2.0

Alberto Marques
0 comments links to this post

Web 2.0: Narciso acha feio o que não é espelho?

Apesar de que estejamos vivendo um momento de propalado esgotamento do debate em torno da idéia de Web 2.0, com base em uma discussão levantada ontem na reunião do GJOL, proponho uma reflexão sobre um aspecto que ainda não vi considerado no contexto dos embates em torno do conceito de Web 2.0 e seus desdobramentos.

Quatro premissas:
1. a discussão sobre Web 2.0 está fortemente centrada na idéia de inteligência coletiva e de produção social e livre compartilhamento do conhecimento;
2. nos primórdios da Web 1.0, esse processo de construção de um "pool" de informações e conhecimentos, ocorria unicamente pela soma de contribuições individuais dispersas em sites, listas e grupos de discussão, cabendo ao usuário a tarefa de buscar e agregar a partir desse manancial disponível;
3. uma primeira forma de agregação ocorreu através de diretórios (como o Yahoo) e portais;
4. na Web 2.0 passamos a dispor de plataformas e ferramentas (MySpace, Del.icio.us, Digg, etc) que produzem uma agregação automática das contribuições individuais, incrementando o potencial de uso (harnessing) dessa inteligência coletiva.


O resultado dessa agregação automatizada tende a produzir porém o que pode ser um efeito perverso: a construção de "pools de conhecimento" por identificação, por semelhança, por proximidade, similitude. Ao entrarmos no site da Amazon, somos saudados por nosso nome e logo nos oferecem uma lista de livros e outros produtos que possivelmente nos interessam. E, na maioria das vezes, eles realmente nos interessam.
Como isso ocorre? Por similitude: os livros que compramos ou vistoriamos são cruzados com outros, que foram comprados ou vistoriados por outros clientes, que também se interessaram pelos que estão em nossa lista de comprados e vistoriados e as recomendações são geradas automaticamente: "se você gostou daquilo, possivelmente gostará disto também". De forma semelhante, outros agregadores tendem a privilegiar as similitudes, acrescentando ainda o fator plebiscitário: "saved by 567 other people", como um valor acrescido, como no caso do Del.icio.us.

O perigo me parece ser o estabelecimento de um processo de reforço de um perfil de interesses pré-existente, com pouca ou nenhuma abertura para o contraditório, para o diferente, para o novo, enfim.

Teríamos como caminhar em direção a algoritmos de "cruzamentos de interesses" que além de similaridades pudessem nos oferecer também o contraditório?

Seria muito estimulante se, ao lado das recomendações por similitude, pudéssemos encontrar também indicações do tipo: "pessoas que discordam de tudo que você pensa recomendam estes sites alternativos"?
Ou : "recomendamos este livros que vão se chocar de frente com tudo que você usualmente lê e pensa e deixá-lo horrorizado"?

marcos palacios
4 comments links to this post

DailySource: um agregador de notícias com operadores humanos

Trata-se de um agregador de notícias que utiliza mais de 1000 fontes jornalísticas, porém com uma diferença essencial com relação ao Google News e outros agregadores robotizados: o DailySource utiliza seres humanos para fazer a seleção da informação que agrega.
A organização se apresenta como sem fins lucrativos. O diretor executivo é Peter Dunn, ex-repórter do The Chronicle Publishing Company e do Washington Bureau do The Dallas Times Herald.
Uma declaração de princípios informa como são selecionadas as notícias que entram no DailySource.

marcos palacios
0 comments links to this post

Austrália: manter links caracteriza crime de quebra de copyright

A Justiça Federal da Austrália surpreendentemente confirmou uma sentença contra Stephen Cooper, um operador de um site chamado mp3s4free.net. Cooper foi considerado culpado de "quebra de copyright" (copyright infringement) por manter em seu site um sistema de buscas para músicas na Internet. O site não estoca músicas, mas apenas indica links para locais onde se pode fazer o download.
O caso tem sérios rebatimentos, uma fez que a quebra de copyright está sendo definida como "linkagem para material protegido por copyright". Tomada ao pé da letra, a decisão significa que bloggers, MySpacers e qualquer pessoa ou instituição que mantenha links para material protegido por copyright pode ser processada por desrespeito à propriedade intelectual. Isso implicaria, na prática, inviabilizar o funcionamento da Internet.
Google e todos os demais gigantes que o digam!
A sentença pode ser lida na íntegra.
Via Boing-Boing

marcos palacios
0 comments links to this post

segunda-feira, dezembro 18, 2006

Lance publica especial sobre conquista do Inter


A quem interessar possa, Lance publica hoje especial sobre a conquista inédita do Inter sobre o Barcelona.

Elias Machado
0 comments links to this post

Serviços Google

Uma lista de serviços que o Google oferece, para agregar valor ao trabalho dos jornalistas e contribuir para nossas discussões de dezembro sobre Web 2.0, 3.0...

Google - http://www.google.com.br - Pesquisas na Internet
Google Earth - http://earth.google.com/ - oferece imagens de satélite do planeta Terra através do aplicativo Google Earth
Google Maps - http://maps.google.com/ - oferece mapas, direções e imagens de satélite, em especial dos EUA
Google News - http://news.google.com/ - concentrador de notícias de diversos sites especializados
Google Groups - http://groups.google.com/ - grupos e listas de discussão
Google Vídeo - http://video.google.com/ - vídeos on-line, semelhante ao YouTube (era concorrente antes da aquisição)
Google Scholar - http://scholar.google.com/ - pesquisa de artigos e trabalhos em escolas dos EUA
Google Acadêmico - http://scholar.google.com.br/ - versão do Scholar para o Brasil
Google Toolbar - http://toolbar.google.com/ - barra de ferramentas do Google para adicionar funcionalidades no seu navegador
Google Images - http://images.google.com/ - pesquisa de imagens
Google Books - http://books.google.com/ - pesquisa em livros, alguns com conteúdo completo
Google Labs - http://labs.google.com/ - o que vem por aí no Google
Google Code Search - http://www.google.com/codesearch - pesquisa código aberto de programas e softwares
Google Reader - http://reader.google.com/ - permite a leitura de RSS.
Google Transit - http://www.google.com/transit - trânsito de algumas cidades selecionadas
Google Music Trend - http://www.google.com/trends/music - compartilhamento de música pela Internet
Google Extensions for Firefox - http://toolbar.google.com/firefox/extensions/index.html - como o nome diz, acessórios para o Mozilla
Google Picasa - http://picasa.google.com/ - software de imagens
Google Picasa (Brasil) - http://picasa.google.com.br/ - software de imagens
Google Picasa (Linux) - http://picasa.google.com/linux/ - software de imagens para o Linux
Google Mars - http://mars.google.com/ - fotos do planeta vermelho by NASA
Google Moon - http://moon.google.com/ - fotos da Lua by NASA
Google Page Creator - http://pages.google.com/ - editor de páginas HTML on line
Google Web Accelerator - http://webaccelerator.google.com/ - aplicativo para melhorar a navegação na Internet
Google Blog Search - http://blogsearch.google.com/ - pesquisa em blogs na Internet
Google Adwords - http://adwords.google.com/ - programa para webmasters monitorarem os seus sites
Google Ride Finder - http://labs.google.com/ridefinder - localizador GPS da posição de veículos como taxis, limousines, etc.
Google Docs - http://docs.google.com/ - criar e armazenar documentos na web
Google SMS - http://sms.google.com/ - para os EUA, torpedos no celular
Google SMS - http://sms.google.co.uk/ - para o Reino Unido, torpedos no celular
Google Glossary - http://www.google.com/search?q=define+clew - dicionários de sinônimos
Google Answers - http://answers.google.com/ - semelhante ao Yahoo Respostas, perguntas e respostas
Google Finance - http://finance.google.com/ - gerenciamento e pesquisas sobre finanças pessoais e empresariais
Google Base - http://base.google.com/ - base de dados com informações sobre produtos e serviços
Google ORG - http://www.google.org/ - braço filantrópico do Google
Google Accounts - https://google.com/accounts/ - gerenciamento centralizado das contas de usuários dos serviços do Google
Google Checkout - https://checkout.google.com/ - comparação de preços de shoppings, lojas, etc
Google Froogle - http://froogle.google.com/ - Lista de compras, shoppings, etc.
Google Pack - http://pack.google.com/intl/pt-br/pack_installer.html?nopers - pacote de softwares para o seu computador
Google Calendar - http://www.google.com/calendar - Agenda on-line do Google
Google Notebook - http://www.google.com/notebook - armazenar links e arquivos na internet para acessar em qualquer computador
Google Talk - http://talk.google.com/ - mensagens instantâneas (como o MSN) e VoIP
Google Mail - http://www.gmail.com - e-mail gratuito baseado na web, desenvolvido em AJAX
Google AdSense - http://google.com/adsense - propaganda em links relacionados
Google Alert - http://google.com/alerts/ - avisos on line armazenados nos servidores do Google
Google Analytics - http://google.com/analytics/ - análise de tráfego e visitantes em um site
Google Bookmarks - http://google.com/bookmarks - armazena os links prediletos
Google Blogger - http://www.blogger.com/ - blogs armazenados no Google
Google Code - http://code.google.com/ - pesquisa de códigos de programas na Internet
Google Directory - http://google.com/dirhp - usuários do Google
Google Hello - http://www.hello.com/ - compartilhamento de imagens do seu computador
Google Mobile - http://www.google.com/mobile/ - para palms, sistema de pesquisa
Google University - http://www.google.com/options/universities.html - pesquisa em universidades dos EUA
Google Web Toolkit - http://code.google.com/webtoolkit/overview.html -ferramentas web para programadores
Google Writely - http://writely.com/ - Editor de textos via web
Google SketchUp - http://www.sketchup.com/ - software para imagens 3D
Google Orkut - http://www.orkut.com - site de relacionamentos

Via
http://tinabahia.blogspot.com/

Por Beatriz Ribas
1 comments links to this post

Os melhores do mundo no futebol

Abaixo transcrevo o editorial do Zero Hora comentando a vitória do Inter sobre o Barcelona no Japão.

Elias Machado.


Orgulho do Brasil

O Rio Grande ficou maior com o título conquistado ontem pelo Internacional. Ao trazer para Porto Alegre pela segunda vez a principal distinção do esporte mais popular do planeta, o Inter dá visibilidade ao Estado, eleva a auto-estima dos gaúchos e contribui para a promoção dos nossos valores. Como representante brasileiro e sul-americano, o clube gaúcho deu uma lição de bravura esportiva que serve de exemplo para outras áreas e segmentos da sociedade.

Toda vez que Davi vence Golias, o mundo se espanta e se encanta com a supremacia da argúcia sobre a força, da persistência sobre os obstáculos e da fé sobre a aparente impossibilidade. Ontem, o futebol renovou estas lições, com o significativo triunfo do Internacional sobre o poderoso Barcelona na final do Campeonato Mundial de Clubes. Impulsionado pela energizante paixão de sua torcida, o clube gaúcho derrubou, com uma única e certeira pedrada, o gigante europeu que mantém a peso de euros um elenco de astros internacionais de primeira grandeza.

E não foi um golpe de sorte. Muito longe disso: a vitória do Internacional foi conseqüência da inquebrantável vontade de seus profissionais de derrubar o favoritismo do rival e também de uma corrente de energia positiva emitida por seus torcedores espalhados por todo o país. Evidentemente, tais sentimentos só se concretizaram em ações positivas porque todos os envolvidos trabalharam muito para alcançar o grande objetivo. Até chegar ao gol de Adriano Gabiru, momento máximo da epopéia colorada em Yokohama, o Inter passou pelas fases do planejamento, do investimento, do treinamento árduo, dos altos e baixos de uma campanha difícil na Libertadores, fases essas sempre acompanhadas da crença de que era possível melhorar e seguir adiante.

O maior exemplo de persistência ocorreu exatamente com o jogador que acabou marcando o gol do título. Adriano Gabiru, com quem o técnico contava para substituir Tinga, nunca conseguiu se firmar como titular e ainda teve que enfrentar a desconfiança de parte da torcida. Nos momentos mais agudos desta crise, porém, contou com o apoio do técnico Abel Braga, que soube administrar exemplarmente a situação. Chegou mesmo a colocar o jogador no time em partidas fora do Beira-Rio, poupando-o de eventuais manifestações de descontentamento nos jogos em casa.

Deu certo: quanto precisou, pôde contar com um atleta motivado e com a auto-estima preservada.

Mas não foi a vitória de apenas um atleta. O Internacional foi antes de tudo um conjunto de vontades e ações. Mesmo no jogo histórico de ontem, ninguém se sobressaiu a ponto de ofuscar os demais. Pelo contrário, o que se evidenciou foi o esforço coletivo de uma equipe determinada a conter um adversário reconhecidamente superior em técnica e prestígio. No final, os campeões da América se impuseram com justiça e merecimento sobre os senhores da Europa.

São muitos os construtores desta obra monumental, a começar pelo presidente Fernando Carvalho e sua diretoria, passando por todo o corpo técnico comandado por Abel Braga e Paulo Paixão, pelo grupo de atletas liderado por Fernandão, Clemer e Iarley, e completando-se com o contingente incomensurável de torcedores. Todas essas pessoas colaboraram de alguma forma para que o Clube do Povo do Rio Grande do Sul justificasse ontem a letra premonitória de seu hino, transformando-se efetivamente num "orgulho do Brasil".

A histórica conquista colorada também reequilibra a rivalidade local e dá ao Rio Grande do Sul uma posição invejável no cenário futebolístico nacional e internacional. Assim como o Grêmio de 1983, o Internacional de 2006 vai para a galeria dos campeões mundiais e leva para o Beira-Rio a mesma orgulhosa legenda ostentada durante mais de duas décadas no Olímpico: "Nada pode ser maior".

Nada pode ser maior do que o trabalho e a fé. Nada pode ser maior do que a vontade e a ação. Nada pode ser maior do que o talento individual e o esforço coletivo. Nada pode ser maior do que a paixão e o sonho. Nada pode ser maior do que a esperança e a busca incessante do objetivo. Nada pode ser maior do que milhares de corações pulsando no mesmo ritmo. Nada pode ser maior do que a comemoração de uma conquista justa e merecida.

Davi só derrota Golias quando conjuga todas essas virtudes.



Privilégio
Apenas seis cidades em todo o mundo têm mais de um campeão mundial de clubes: São Paulo, Buenos Aires, Montevidéu, Milão, Madri e, agora, Porto Alegre.
1 comments links to this post

Porquinho da Agência Brasil bate record de envios por e-mail

O infográfico em forma de porquinho, detalhando quanto custa um deputado no Brasil, produzido pela Agência Brasil, bateu todos os records de envio por e-mail na semana que findou.

marcos palacios
1 comments links to this post

IraqSlogger: site noticioso sobre guerra no Iraque gera controvérsias

IraqSlogger é um novo site na Web que pretende se tornar a principal referência sobre a guerra no Iraque, recolhendo toda a informação que se publica sobre o país e divulgando reportagens produzidas por iraqueanos e norte-americanos de várias tendências políticas.

Coordenado por Eason Jordan (ex-diretor da CNN), IraqSlogger se apresenta como um serviço noticioso gratuito, em atualização contínua 24 horas por dia, sete dias por semana, com a promessa de informar sobre "tópicos tradicionais e também extraordinários: os preços no mercado negro de Bagdá, o burburinho e os boatos nas ruas das cidades, o mais recente graffiti nas paredes".
O nome IraqSlogger é um jogo de palavras com Logger (Diarista) e Slogger (Aquele que dá um golpe violento).

O novo site tem estado em evidência em postagens na Blogosfera e a decisão de Jordan de convidar dois conhecidos blogueiros da direita norte-americana, Michelle Malkin e Curt (que não assina sobrenome e posta no Flopping Aces) para contribuir no site abre mais controvérsias em torno da iniciativa. Michelle Malkin aceitou viajar para o Iraque como correspondente do IraqSlogger.

marcos palacios
0 comments links to this post

domingo, dezembro 17, 2006

A pessoa do ano da Time Magazine é "Você" - Usuário

Em vez de eleger uma personalidade do mundo dos negócios, da arte ou qualquer celebridade, a Time Magazine anunciou: "A pessoa do ano em 2006 é o usuário", reconhecendo, desta maneira, o crescimento explosivo e a grande influência que o conteúdo gerado pelo usuário na internet tem alcançado ao longo deste ano. Dos blogs, ao compartilhamento de arquivos de vídeo em sites como YouTube e em redes como a MySpace. O espelho que ilustra a imagem da última edição da revista foi criada para expressar exatamente a idéia de que são os usuários que estão transformando a "era da informação", segundo declarou o editor Richard Stengel, em matéria publicada no MSNBC.
O assunto foi notícia em diversos sites noticiosos, a exemplo do Elpaís.com.
Nas publicações jornalísticas na web, a participação dos usuários na produção de conteúdos também vem se ampliando cada vez mais, confirmando as previsões, tendências e muitos estudos que identificaram que o controle entre proprietários e usuários seria muito mais compartilhado.

Suzana Barbosa

Complemento:
Há quem critique, vendo na escolha apenas uma forma fácil de chamar atenção e se eximir de escolher alguém.

marcos palacios
0 comments links to this post

Melhor foto do ano: Time passa escolha para usuários

Final de ano não é tempo apenas de predições e prognósticos. Abundam também as lista de "10 mais" e escolhas de "melhores do ano".
Tratando de ser coerente com sua escolha da "personalidade do ano", quando foi indicado You (o usuário) como a pessoa mais importante de 2006, a Time Magazine pré-selecionou 24 fotos e pede a seus usuários que votem, escolhendo "a melhor de 2006". Previsivelmente, a maioria das imagens tem como tema a guerra, ou melhor, as guerras e suas consequências. A votação ainda está aberta, mas por enquanto permanece na frente a foto reproduzida acima, intitulada Paisagem de Desespero, com uma solitária figura em meio aos escombros de um subúrbio de Beirute, devastado pelos ataques de Israel.

marcos palacios
0 comments links to this post

Como encontrar pessoas na Internet: um roteiro para jornalistas

Colin Meek, um jornalista inglês especializado em medicina e saúde, fez uma postagem no journalism.co.uk discutindo como encontrar contatos e informações sobre pessoas na Internet. Se você é daqueles que começam e terminam suas buscas no Google ou Yahoo, não sabe o que está perdendo. Uma das estratégias propostas é direcionar esforços na busca através de blogs, mas Meek lista também uma série de sites e ferramentas que podem ajudar muito, quando a questão é encontrar alguém ou obter informações rápidas sobre esse alguém. A postagem fala de situações na Inglaterra e USA, mas na maioria dos casos as idéias podem ser adaptadas a bases de dados de outros países.

marcos palacios
2 comments links to this post

Code 2.0: livro de Lawrence Lessig em versão atualizada disponível em pdf

O já "clássico" livro de Lawrence Lessig, Code and Other Laws of Cyberspace, escrito em um Wiki, com Lessig editando e refinando texto digital, tem agora uma nova versão.
Code: version 2.0 pode ser baixado gratuitamente em formato pdf.

marcos palacios
0 comments links to this post

Resistência a mundos virtuais: modismo e lugares suspeitos

57% dos respondentes numa enquete da FolhaOnline afirmam que não pretendem participar de mundos virtuais como o Second Life. "Não passam de modismos, são pagos, pesados e fontes para crimes virtuais (como roubo de senhas e de dados pessoais)". Para 43%, "mundos virtuais são uma forma de extensão da realidade, onde podemos criar e até obter algum benefício (financeiro ou com novas amizades)".

marcos palacios
0 comments links to this post

sábado, dezembro 16, 2006

Predições tecnológicas custam caro mas há sempre a opção do Tarot

Vai chegando o fim do ano e com ele começam as ofertas de predições de todos os tipos: astrológicas, numerológicas, védicas, mediúnicas. Há também um florescente ramo de predições tecnológicas. Nada de muito novo, é claro, a não ser os preços cobrados. Enquanto aqui em Salvador, por R$30 (menos de U$ 15) é possível saber tudo que 2007 nos reserva, através de uma consulta aos búzios ou a uma cartomante, e uma sofisticada sessão de Tarot online pode sair de graça , alguns prognósticos tecnológicos podem custar a bagatela de U$195 por um texto de 5 a 7 páginas. É esse o preço cobrado pela empresa de consultoria Gartner para suas previsões para 2007.

Atenção: esse é o valor por prognóstico e o relatório contém mais de 50. Uma oferta especial de Natal oferece os Top 10 por U$995. Amostra grátis eles não dão. Sem pagar, só é possível ler o título e as primeiras três linhas de cada prognóstico. Deve ser para gerar suspense e curiosidade.

E que tipo de previsões eles fazem? Em geral falam de tendências de que ninguém suspeitaria, do tipo: " Produtividade será maior em firmas que ajudam seus empregados a melhorar aspectos não-rotineiros de seus trabalhos", ou "Outsourcing vai crescer no ramo de Informação", ou ainda "Tecnologias de Informação continuarão impactando a Educação".
Tentados?
Eu não...

A Gartner é uma empresa de consultoria tecnológica fundada em 1979, com sede em Stamford (USA) e empregando 1200 analistas e consultores em 75 países.

marcos palacios

Executivo da Reuters fala sobre Confiabilidade e Jornalismo Cidadão

Dan Gillmor chama atenção para um discurso de Tom Glocer , Diretor Executivo da Reuters, intitulado Trust in the Age of Citizen Journalism (Confiabilidade da era do Jornalismo Cidadão) apresentado na Globes Media Conference, em Tel Aviv, esta semana. Gillmor afirma que há muito a se discutir na fala de Glocer, sendo que "algumas coisas do que ele diz são indisputáveis; outras definitivamente não aceitáveis, como afirmar que "Não existe o local" na era da Internet".

Glocer defende que "na mistura de vozes diferentes, sempre necessitaremos de um lugar para organizações noticiosas cuja palavra de ordem seja confiabilidade. Confiabilidade será o diferencial na dinâmica da nova mídia".

Um dos pontos interessantes do texto de Glocer é a discussão sobre como verificar a autenticidade das fotografias produzidas por jornalistas cidadãos. É sempre bom lembrar que a Reuters passou, recentemente, por delicada situação, quando da distribuição a seus assinantes de duas fotos adulteradas produzidas por Adnan Hajj, um fotógrafo free-lance da Agência, trabalhando na guerra do Líbano. Glocer relembrou o caso, as providências tomadas naquela ocasião e informou que a Reuters está trabalhando com a Adobe e a Canon para produzir um programa que automaticamente identifique toda a trilha de mudanças executadas numa imagem digital.

Na parte final de seu discurso, Glocer estabelece um contraponto entre jornalistas profissionais e jornalistas cidadãos "amadores", lembrando que os "amadores" contribuem com a imediaticidade, como no caso das tsunamis e atentados terroristas, mas "na excitação e entusiasmo dessa nova colaboração não devemos esquecer que nossas ações e idéias devem continuar guiadas pela informação acurada e imparcial".

marcos palacios
0 comments links to this post