segunda-feira, dezembro 10, 2007

Concurso ganhe um cão do Jornal da Tarde: osso duro de roer

A Revista JT, do Grupo Estado, está com uma promoção de Natal: o leitor escreve um texto e concorre a um cão da raça cocker americano com pedigree. Para participar, o leitor deve enviar um texto, com no máximo 30 linhas, respondendo a pergunta: "Por que um cachorro é importante na minha vida?".
Até aí tudo normal, apesar de um cão só para os muitos leitores do JT não ser uma oferta muito generosa. Mas vem, então, a 'segunda parte' do concurso. Para levar o bicho para casa, não basta produzir um bom texto:
"A equipe da Revista JT escolherá os três melhores textos e os autores passarão por uma entrevista para avaliar qual deles têm condições de cuidar do animal. Será levado em conta o espaço físico disponível para receber o filhote em casa, tempo e condição financeira para manter o cão".
Será que além da sabatina sócio-econômica vão pedir também que o premiado fale a língua do cão?
Entrevistador: E de que área útil a Sra. dispõe em sua residência para alojar o cachorro?
Concorrente: Meu apartamento tem 180 metros quadrados. O cãozinho disporá de 50 metros de espaço exclusivo, com varanda própria e vaga na garagem...
Entrevistador: E a Sra. tem tempo para levá-lo a fazer cocô?
Concorrente: De sobra! Posso passear com ele três ou quatro vezes por dia...
Entrevistador: A ração para essa raça é cara!
Concorrente: Tenho uma poupança na Caixa e não mexo nela há 12 anos... Posso fazer um contrato de transferência automática mensal e vitalícia para a conta do cãozinho...
Entrevistador: E em que bairro a Sra. mora?
Concorrente: Na Mooca...
Entrevistador: Mooca? Mooca? Mas isso não fica na Zona Leste?
Concorrente: Sim, mas...
Entrevistador: Sinto muito, a entrevista está encerrada. A Sra. foi desclassificada por nosso critério geo-social...
marcos palacios

Marcadores: ,

0 Comments:

Postar um comentário

Links to this post:

Criar um link

<< Home