quarta-feira, dezembro 05, 2007

Jornalismo confuso e o falso sumiço de uma estátua de 20 toneladas

Luiza Caires no *** conta a estranha história do sumiço que não houve, mas foi anunciado e gerou até ofertas de premio para quem a encontrasse, de uma estátua de 12,5 m. e 20 toneladas, representando o bandeirante Borba Gato, localizada há décadas em um bairro de São Paulo.
A história é confusa e foi explorada por um jornal local paulista.

marcos palacios

Marcadores: ,

3 Comments:

Anonymous EAD said...

eh infelizmente num pode ter nada d bom!!q eles logo querem roubar assim como está estátua q foi roubado eh uma pena!!

1:48 PM  
Anonymous Ana Brambilla said...

Mas esse lance não foi referente a uma jogada de ARG?

Ouvi algo como terem encoberto a estátua por placas de espelho... Se não me engano, foi no VC Repórter, do Terra.

1:37 PM  
Anonymous Nilson Soares said...

Sim, essa história toda da estátua do Borba Gato é um ARG (Alternate Reality Game) criado para uma mostra de cultura do SESC. E o A Voz de Santo Amaro não é um "jornal local explorando o tema", mas na verdade o "Rabbit Hole" do ARG, ou seja o ponto de onde os criadores do ARG difundem informações no interesse de confundir o público e a mídia. Ao invés de um tablóide explorando um assunto polêmico, o site é *parte* do jogo. :)

O coisa parece ter esfriado no jogo de outubro pra cá, mas a história da estátua conseguiu alguma repercussão antes disso, gerando certo caos em alguns órgãos de imprensa - principalmente rádios.

Um dos organizadores do ARG esteve no SBGames 2007 (em São Leopoldo) explicando a história toda pros participantes do congresso.

6:53 AM  

Postar um comentário

Links to this post:

Criar um link

<< Home