domingo, dezembro 09, 2007

OpenID: o fim de múltiplos nomes de usuário e uma infinidade de senhas ?


Como é mesmo minha senha neste site?
Blurgh? Não...
Será Bluhrgh?
Ou será que neste usei o nome de minha gata? Ou de minha primeira professora na escola primária? Diabos, esqueci mesmo...
Está em curso um movimento que poderá acabar com problemas desse tipo e eliminar a necessidade de mantermos vários nomes e senhas para acessarmos sites e serviços da Internet.
O vídeo acima mostra graficamente o funcionamento do OpenID. A idéia básica é que um site (de sua confiança) sirva de depositário de um Nome de Usuário e de uma Senha, que possam ser usados em todos os sites que você usualmente visita.
O OpenID vem sendo desenvolvido como software livre e já começa a ser adotado, tanto por alguns provedores (entre os quais o Technorati), quanto por um número (ainda ignorado, pelo menos por mim) de usuários.
Para informações completas há um site, um wiki, um blog e várias listas de discussão sobre o assunto. O sistema chegou esta semana à sua versão 2.0, e já é considerada por seus desenvolvedores como suficientemente estável para se tornar padrão de identificação em toda a web.
Desenvolvido na comunidade de softwares de fonte aberta, o OpenID "não é propriedade de ninguém nem deveria ser. Hoje qualquer um pode optar por usar OpenID ou ser um provedor de OpenID gratuitamente, sem ter que se registrar ou ser aprovado por qualquer organização".
O Blogger/Blogspot já aceita OpenID para identificar pessoas que desejem deixar comentários em postagens. O mesmo se aplica a WordPress e Live Journal, o que significa que usuários desses serviços podem comentar em postagens do Blogger, usando suas identidades daqueles sites, e vice-versa.
Para mim a questão que ainda não está sobre a iniciativa é, evidentemente, a segurança. Se tenho um só Nome e uma só Senha em um provedor e há uma falha de segurança, pilham-me todas...
Por outro lado, é justamente isso que o OpenID quer resolver: problemas de segurança causados pela necessidade de uso de múltiplas senhas e nomes de usuários. Suponho que o sistema envolve criptografias avançadas e outras coisas misteriosas e à prova de xeretas para proteger as senhas estocadas. Mas ainda necessito de mais convencimento.
É evidente que vale a pena investigar e saber mais, pois é algo que não dá para ignorar.
Por agora, ao que parece, até os nerds têm dúvidas...
Originalmente via El blog de Núria Masdéu

marcos palacios

Marcadores: , ,

0 Comments:

Postar um comentário

Links to this post:

Criar um link

<< Home