quinta-feira, janeiro 03, 2008

Acervo de Grande Othelo disponível na Web é invisível para o Google

Está disponível para acesso pela Web grande parte do acervo Grande Othelo (ou Otelo, como ele preferia ser chamado), recebido oficialmente pela Fundação Nacional de Artes (FUNARTE) no mês passado. Mas atenção: se a pesquisa for feita pelo Google, o site não será encontrado, pois ainda não possui um número suficiente de links de referência (incoming links) para ser detectado como importante pelo buscador.
O acervo de Grande Otelo, um dos maiores atores cômicos brasileiros, encontrava-se há vários anos em um apartamento da Tijuca (Rio de Janeiro), guardado em caixas de papelão.
Durante a pesquisa foram descobertos manuscritos, livros de autoria do ator, e outros com dedicatórias de amigos e personalidades reconhecidas da cultura brasileira; letras de música compostas por ele e parcerias, discos em vinil, fitas cassete com os mais variados conteúdos (entrevistas, músicas e programas apresentados pelo artista); prêmios e homenagens (troféus, placas, diplomas e certificados) recebidos durante a sua carreira, roteiros de cinema, TV, teatro, rádio, shows, partituras, correspondências, livros, monografias, poemas, fotos, obras de arte, recortes de jornais e revistas.
O trabalho de restauração e catalogação do material se iniciou em 2004. O material catalogado foi fundamental para o conteúdo do Projeto 90 anos de Grande Otelo, fornecendo informações inéditas sobre o ator para uma biografia produzida pelo escritor e jornalista Sérgio Cabral, um site, um documentário e um espetáculo teatral.
O acervo restaurado, higienizado e digitalizado foi entregue à FUNARTE oficialmente no dia 17 de dezembro. O público terá acesso físico ao material a partir de fevereiro de 2008, mas no site, além da listagem completa do acervo, muitos ítens como fotos e recortes de jornais e revistas podem ser visualizados.
marcos palacios

Marcadores: , , , , ,

0 Comments:

Postar um comentário

Links to this post:

Criar um link

<< Home