quinta-feira, fevereiro 21, 2008

Pressionada, Microsoft libera informações sobre seus softwares

Depois de 30 anos(?) escondendo o código dos seus programas, a "Microsoft se rendeu". Anunciou nesta quinta-feira (21) que revelará mais detalhes a respeito de seus produtos e suas tecnologias em seu site. Segundo as editorias de tecnológia de diversos jornais, a intenção da empresa é facilitar o acesso a informações que possam ajudar a desenvolvedores a criarem softwares compatíveis com seus produtos. Você acredita?

Para mim alguns fatores foram cruciais: software livres, possibilidades de novos negócios. Resumindo: pressão do mercado. O senhor Bill Gates não tem nada de besta. Com o anúncio, a empresa buscará estimular o surgimento de mais programas que sejam compatíveis com o seu novo sistema operacional, o Windows Vista, além das aplicações para o pacote Office e outros produtos chaves da companhia.

Ainda não indentifiquei como a empresa pretente estimular os programadores ou comunidades de desenvolvedores, já que a instituição não pretende fornecer licenças ou pagar qualquer forma de taxa pelos programas desenvolvidos a partir das informações em seu site. O certo é que a imagem da Microsoft não é nada querida no meio. As reações começarão a surgir logo.

O anúncio de hoje é mais uma etapa da mudança de postura anunciada pela empresa em outubro do ano passado. Na ocasião, a empresa havia concordado em permitir que fabricantes independentes de softwares tenham acesso à documentação técnica necessária para desenvolver produtos compatíveis com o sistema operacional Windows, uma antiga reivindicação do setor.

Via Folha.

Alberto Marques

Marcadores:

0 Comments:

Postar um comentário

Links to this post:

Criar um link

<< Home