domingo, maio 04, 2008

Bush quer Internet como jardinzinho cercado?

Desde o início do mês passado, sabe-se que está em andamento um projeto super-secreto do governo norte-americano, cognominado "Manhattan Project", que tem por finalidade buscar formas de controle e prevenção contra possíveis ataques de hackers terroristas a sistemas online estratégicos, que segundo o Secretário da Homeland Security dos Estados Unidos (Michael Chertoff), poderiam ter a forma de "uma guerra devastadora".
A questão é que ao anunciar o projeto, do qual informou praticamente nenhum detalhe, o Secretário assinalou que a responsabilidade do governo no controle da segurança de redes e computadores deve "se estender para além das redes federais", pois um ataque poderia paralisar, por exemplo, o sistema financeiro ou de controle de trâfego aéreo, com efeitos dominó sobre todo o país.
Mas afinal o que se quer dizer com controle e prevenção que se "se estende para além das redes federais"? Um jardinzinho bem cercado e sob o monitoramento cerrado e contínuo de um jardineiro-chefe? Soa sinistro, não é? Pois o Comitê do Senado da Homeland Security (Senate Homeland Security Committee ) também acho que soa e pediu informações sobre o que está acontecendo, através de um questionário de 17 peguntas, que incluem - entre outras coisas - saber o que está por trás da solicitação de triplicação dos fundos (atualmente de 200 milhões de dólares) direcionados para o National Cyber Security Center, sem que se explicite exatamente o que faz o Center. E o National Cyber Security Center é a apenas ponta do iceberg de algo muito maior, que atende pelo nome de Comprehensive National Cybersecurity Initiative, e que - segundo rumores - deverá receber 30 bilhões de dólares este ano.
Os receios senatoriais receberam atenção da Wired e bombaram no Digg.
marcos palacios

Marcadores: , , ,

0 Comments:

Postar um comentário

Links to this post:

Criar um link

<< Home