quarta-feira, julho 02, 2008

2 de julho, um feriado baiano

Hoje é feriado na Bahia. Comemora-se o 2 de Julho, data oficial da Independência, que na Bahia não aconteceu no 7 de setembro, mas no 2 de julho do ano seguinte, após sangrentas batalhas, pois aqui as tropas portuguesas montaram sua maior resistência.
Poucos são os que conhecem a história com algum detalhe, fora daqui. Quando de minha educação básica, em São Paulo, essa data era mencionada en passant em meus livros de História do Brasil, estando os eventos registrados apenas pela figura da sóror Joana Angélica, que conheci como "mártir da Independência", ao lado de Tiradentes, e Maria Quitéria, uma mulher-soldado.
A ilustração é de uma peça musical composta (entre 1894 e 1896) para homenagear a data por um português, José Barreto Aviz, e faz parte da história musical do período, recuperado no pioneiro trabalho do professor e maestro Manuel Veiga, da Escola de Música da Universidade Federal da Bahia.
E estou de saída para assistir o desfile...

marcos palacios

Marcadores: , , ,

0 Comments:

Postar um comentário

Links to this post:

Criar um link

<< Home