terça-feira, setembro 16, 2008

Paulo Freire: arcano sem contribuição? Viúva responde à revista Veja

Ana Maria Araújo Freire, viúva do educador Paulo Freire, internacionalmente conhecido por suas contribuições à Pedagogia, responde em carta à revista Veja (edição de 20 de agosto), que em uma matéria sobre o ensino fundamental no Brasil, classificou Freire entre "personagens arcanos sem contribuição efetiva à civilização ocidental, como o educador Paulo Freire, autor de um método de doutrinação esquerdista disfarçado de alfabetização".
Um trecho da carta de Ana Maria Araújo Freire:
"Para satisfazer parte da elite inescrupulosa e de uma classe média brasileira medíocre que tem a Veja como seu “Norte” e “Bíblia”, esta matéria revela quase tão somente temerem as idéias de um homem humilde, que conheceu a fome dos nordestinos, e que na sua altivez e dignidade restaurou a esperança no Brasil. Apavorada com o que Paulo plantou, com sacrifício e inteligência, a Veja quer torná-lo insignificante e os e as que a fazem vendendo a sua força de trabalho, pensam que podem a qualquer custo, eliminar do espaço escolar o que há de mais importante na educação das crianças, jovens e adultos: o pensar e a formação da cidadania de todas as pessoas de nosso país, independentemente de sua classe social, etnia, gênero, idade ou religião."

marcos palacios

Marcadores:

2 Comments:

Blogger Jan said...

sinceramente, eu não sei como o povo dá tanto valor ao que a veja escreve. faz tempo que limei esta revista da minha lista de publicações sérias...

1:01 PM  
Anonymous Anônimo said...

COMENTÁRIO: O ARTIGO "CEAUCESCU NO IBIRAPUERA"FOI ESCRITO POR MIM PELO SEGUINTE MOTIVO: SENDO PAULO FREIRE SECRETÁRIO DE EDUCAÇÃO DO MUNICÍPIO DE SÃO PAULO, FOI CONVOCADO UM CONCURSO PARA PROVIMENTO DE CARGOS NAS ESCOLAS DA CIDADE. NA LISTA DE LIVROS A SEREM LIDOS, ESTAVAM POSTOS OS DE PAULO FREIRE. QUALQUER PESSOA QUE PENSE E ANALISE A CAUSA PÚBLICA CONHECE BEM OS PROBLEMAS DE CONFLITOS DE INTERESSE. SE FOI CULPA DO PRÓPRIO FREIRE OU DOS SEUS BAJULADORES NA SECRETARIA, O FATO É GRAVE DO PONTO DE VISTA ÉTICO. SE NÃO ESTÁ NOMEADO O PEDAGOGO, NO ARTIGO DA FOLHA, É PORQUE OFICIALMENTE ELE ERA SECRETÁRIO DE EDUCAÇÃO NAQUELES DIAS. A MISSIVISTA VIÚVA INSINUA, COM EVIDENTE INTENTO ERÍSTICO, QUE NÃO NOMEEI O REFERIDO PEDAGOGO POR ALGUM MOTIVO IGNOTO. É A TÉCNICA DE ACUSAR PARA VER SE COLA. ESCREVER O NOME DO SECRETÁRIO DE EDUCAÇÃO DO MUNICIPIO NO DIA EM QUE MEU ARTIGO FOI PUBLICADO ERA TÃO DESNECESSÁRIO QUANTO NO DIA DE HOJE ESCREVER UM ARTIGO CONTRA O PRESIDENTE DA REPÚBLICA, E NÃO REDIGIR O NOME DE LUIS INÁCIO DA SILVA. O FATO GERADOR DO ARTIGO ERA PÚBLICO, E O RESPONSÁVEL POR ELE ERA O SECRETÁRIO. IMPORTA SUBLINHAR QUE ASSINEI EM BAIXO, COMO SEMPRE FAÇO COM MEUS ARTIGOS, ASSUMINDO PLENAMENTE AS CONSEQUÊNCIAS. NO CASO, ELAS FORAM TREMENDAS. QUANTO A DEFENDER A ÉTICA DE MERCADO, E NÃO A ÉTICA UNIVERSAL, A CALÚNIA É EVIDENTE, POIS NÃO É APRESENTADA NENHUMA PROVA DA ASSERÇÃO. ELA PEGA COM OS ADEPTOS DA SEITA. NADA MAIS.


QUANTO À REVISTA VEJA, ELA ME CONSULTOU SOBRE TODOS OS AUTORES E ASSUNTOS TRATADOS NA REPORTAGEM, NÃO SE LIMITANDO AO AUTOR EM PAUTA. TODA A MATÉRIA FOI REDIGIDA E ASSINADA PELAS JORNALISTAS AGORA ATACADAS. DE MINHA LAVRA, FOI EDITADA APENAS UMA FRASE, AFIRMANDO QUE A SALADA IDEOLÓGICA VEM DO ECLETISMO. O PEDAGOGO NÃO É MENCIONADO POR MIM. SE NÃO ESCREVI O TEXTO, EM BOA LÓGICA NÃO SOU POR ELE RESPONSÁVEL. SE MINHA FALA TOCASSE NO PEDAGOGO, HAVERIA ALGUM MOTIVO PARA A DIATRIBE TORTUOSA CONTRA MIM. A VIÚVA E SEUS PARES NADA PODEM DIZER SOBRE A FORMA E O CONTEÚDO DE MINHA CONSULTORIA ÀS JORNALISTAS. A ILAÇÃO FEITA, POIS, NÃO SE SUSTENTA EM PROVAS. MAS A CENSURA E A PERSEGUIÇÃO (PELA QUAL JÁ PAGUEI CARO) QUE SOFRI DOS QUE SE DEFINEM COMO LIBERTÁRIOS, É FORTE. MAIS FORTE AINDA MINHA DETERMINAÇÃO PARA NÃO ME DEIXAR CALAR PELOS EXÉRCITOS HEGEMÔNICOS. QUANDO A VIÚVA DIZ QUE HOJE "NÓS"ESTAMOS VENCENDO AS MISÉRIAS DO BRASIL, É EVIDENTE O TOM PALACIANO. "NÓS"É PARA ME INTIMIDAR COM O PLANALTO. CALMA, MINHA SENHORA! NEM A DITADURA, NEM OS VELHOS PARTIDOS DA DIREITA (FUI PROCESSADO POR UM LIDER DO PMDB, O DO "É DANDO QUE SE RECEBE", LEMBRA-SE? ) E NEM A MASSA COLLORIDA E NEM MESMO OS DONOS ATUAIS DA REPÚBLICA ME INTIMIDAM. SEU ÓDIO É COMPREENSÍVEL, CARA SENHORA, MAS NÃO SE SUSTENTA EM FATOS. SERIA BOM QUE A SENHORA, ANTES DE OUVIR OS QUE SE APROVEITAM DO NOME DE SEU ESPOSO, PROCURASSE SE INFORMAR MELHOR EM TERMOS FACTUAIS. LEMBRE-SE : EM BOA JUSTIÇA, OS FATOS CONTAM TANTO QUANTO O DIREITO. E TENHO CERTEZA DE QUE OS DOIS PONTOS ME DÃO RAZÃO.
UMA OUTRA PEQUENA NOTA: USAR ASPAS PARA TENTAR MOVER O RIDÍCULO CONTRA OS CRÍTICOS, NO CASO DO "FILÓSOFO"REDIGIDO CONTRA MIM, É PRÓPRIO DOS AUTORITÁRIOS. RECOMENDO À SRA. FREIRE (OU A QUEM REDIGIU O TEXTO QUE ELA ASSINA) A LEITURA DE VITOR KLEMPERER, SOBRE A LINGUAGEM DO TERCEIRO IMPÉRIO. QUANTO À MINHA QUALIFICAÇÃO DE FILÓSOFO OU NÃO, NÃO CABE À SENHORA FREIRE DECIDIR, MAS SIM O CURRICULUM VITAE QUE POSSUO, NO QUAL CONSTA, ALÉM DOS CONCURSOS PÚBLICOS ACADÊMICOS, A MINHA EXPERIÊNCIA DE VIDA, INCLUSIVE NAS CADEIAS DA DITADURA, COISA QUE TANTO ELA QUANTO SEU MARIDO DESCONHECERAM, BEM COMO A MAIORIA DE SEUS ADEPTOS, POR VIVEREM CONFORTAVELMENTE NO EXTERIOR, AMPARADOS POR GOVERNOS E UNIVERSIDADES.

ROBERTO ROMANO

9:10 PM  

Postar um comentário

Links to this post:

Criar um link

<< Home