segunda-feira, outubro 13, 2008

Edição de imagens em jornalismo

Para professores, alunos e profissionais interessados no tema de edição de imagem, segue a dica: será lançado durante o 6º Encontro Nacional de Pesquisadores em Jornalismo - SBPJor, que ocorrerá de 19 a 21 de novembro, na Universidade Metodista de São Paulo, em São Bernardo do Campo - SP, o livro Edição de imagens em jornalismo (Edunisc, 2008). Organizado por Ângela Felippi, Fabiana Piccinin e Demétrio de Azeredo Soster, o livro traz uma série de artigos que enquadra a temática da edição de imagem para televisão, design de impressos (jornais e revistas), fotografia, infografia, telewebjornalismo, jornalismo móvel e assessoria de imprensa.

 O tratamento para o tema de edição de imagem é voltado para o contexto de redação, de sala de aula e pesquisa. A capa do livro é de Rudinei Kopp, o prefácio de Sebastão Squirra e a apresentação de Fabiana Piccinin. Abaixo segue trecho do prefácio de Squirra, além do sumário: 

  • PREFÁCIO: Sebastião Squirra; 
  • APRESENTAÇÃOo editor, o suporte e as imagens,  Fabiana Piccinin; 
  • Edição na tv: olhares híbridos no tratamento da  notícia, Fabiana Piccinin
  • Reflexões sobre a fotografia no jornalismo impresso, Élson Sempé Pedroso; 
  • O olhar cotidiano: estratégias sobre a imagem, Adair Peruzzolo; 
  • Produção de imagens pela assessoria de imprensa, Ângela Felippi;
  •  Telewebjornalismo: entre a autonomia e o outsourcing, Demétrio de Azeredo Soster;
  •  Edição de imagens em jornalismo móvel, Fernando Firmino da Silva; 
  • Que beleza! o infográfico e o jornalismo informativo, Tattiana Teixeira;
  •  O diálogo de ilustradores e editores, Gilmar Hermes; 
  • Design para capas de revistas: padronização e flexibilização, Rudinei Kopp; 
  • A forma na notícia, Ary Moraes.


"No contexto da comunicação, a edição jornalística de imagens é um tema extremamente importante. Neste sentido, a construção de conteúdos com imagens - e sons - vem recebendo a atenção dos teóricos e pesquisadores que a definem como um dos mais significativos recursos de informação disponibilizados na cena moderna. Muitos olham a imagem em sua forma unitária, outros focam alvos nas suas correlações nos processos narrativos cinéticos, justamente quando estas estão agrupadas no processo de significância dos meios eletrônicos. Depois de muita convivência com as mesmas aprendi que, de fato, as imagens em movimento têm força monumental fazendo com que a edição audiovisual configure-se com a “alma do processo” da comunicação em movimento, especialmente no (tele) jornalismo [...]". (prefácio de Sebastião Squirra).


Fernando Firmino

Marcadores: ,

0 Comments:

Postar um comentário

Links to this post:

Criar um link

<< Home