quinta-feira, novembro 27, 2008

Ovo de Colombo? Plataforma Lattes como Portal Unificado da Produção Científica Brasileira

No VI Encontro Nacional da SBPJor, tive oportunidade de apresentar uma idéia que volto a esquematizar e defender aqui.

Consideremos as seguintes realidades:
a) Um dos grandes problemas que enfrentamos quando nos deparamos com a questão do livre acesso à Produção Científica é justamente sua dispersão por incontáveis Portais, Repositórios Institucionais, Periódicos Científicos e livros disponibilizados online, Bibliotecas Virtuais, etc, etc.
b) Atualmente, a base da Plataforma Lattes conta com cerca de 1.100.000 currículos, sendo que 31% destes currículos são de doutores, mestres e estudantes de pós-graduação e 59% de graduados e estudantes de graduação.
c) Hoje no Brasil ninguém é Cidadão-Cientista sem ter Lattes e portanto em tais currículos, toda a produção científica brasileira das últimas décadas está registrada;
d) Crescentemente a produção científica mundial é veiculada diretamente em plataformas digitais (periódicos online, Anais de Eventos online, livros com livre acesso, etc), ou é subsequentemenete depositada em repositórios institucionais de livre acesso via Internet, Bibliotecas Virtuais, Portais Científicos, etc;
e) O CV Lattes já inclui a auto-indexação da produção disponível online, oferecendo em cada registro de Produção (artigo, capítulo, livro, comunicação, etc) campos apropriados para informação de endereço na Internet (URL), bem como para colocação de palavras-chaves (tags).
O que emerge espontaneamente quando se coloca tudo isso junto? Um formidável indexador, um Portal Unificado de toda a produção científica brasileira disponível online, bastando para isto que o CNPq agregue um Motor de Buscas à Plataforma Lattes que, além de localizar os CVs dos pesquisadores, busque e recupere a PRODUÇÃO constante nos currículos, possibilitando sua mineração seja por Autor, Assunto, Palavras-Chave do Título, Palavras-Chaves da Auto-Indexação, etc, com os devidos filtros por Área, sub-Área, etc, como em qualquer sistema de Busca Avançada/Booleana.
Um ovo de Colombo?
Talvez.
Vamos pedir ao CNPq este presente de Natal?

marcos palacios

Marcadores: , , , ,

5 Comments:

Blogger June said...

Marcos,

Na minha opinião seria algo incrivelmente bom, pois sei bem o que mapear sites que contenham difusão de ciência na Internet. Todavia, um site assim poderia facilitar e muito um melhor mapeamento do está sendo produzido sobre ciência no Brasil.
Você vai pedir este presente ao CNPq? (riso)...

7:25 PM  
Blogger Jan said...

a idéia não só é excelente como viável. adiciono uma sugestão: a possibilidade para disponibilizar os links para os artigos produzidos pelos pesquisadores caso estejam online...

7:26 PM  
Anonymous Anônimo said...

Jan, é justamente disso que se trata. Os links já estão lá, ao declararmos a produção, pois há um campo http. Com um motor de busca , os hits aparecerão como links....

June, sim, devemos pedir esse presente de Natal. No Encontro da SBPJOr o Prof. Juremir Machado da Silva, nosso representante de Área no CNPq , se comprometeu a levar a proposta adiante.
Esperemos que seja levada a sério e implementada rapidamente.
Saudações,
marcos palacios

8:41 PM  
Blogger Fernando Firmino da Silva said...

Palacios, diria que sua proposta, apresentada após receber o Prêmio Adelmo Genro Filho na SBPjor, foi um retorno para a comunidade acadêmica como um Pesquisador Senior. A seção de periódicos da CAPES já nos oferece uma ampla disponibilização do que há em termos de Estado da Arte da pesquisa mundial. Entretanto, em nível nacional não temos ainda uma articulação como esta em termos de plataforma. Sua idéia de o Curriculo Lattes se transformar nesta opção é realmente a mais viável. Com mais de um milhão de currículos cadastrados se encontra alí toda a produção nacional de pesquisadores em vários níveis (graduação, mestrado, doutorado e outros). Esperamos que seu apelo e sugestão e o esforço de outros pesquisadores mais próximos das decisões do CNPq surta efeito o quanto antes, tendo em vista que a implementação técnica dos recursos de busca na plataforma não deve ser algo tão complexo e você já indicou o que se pode obter. As implicações práticas seriam imediatas como, por exemplo, uma revisão de literatura mais completa para as pesquisas com o mapeamento de toda a produção nacional; outro impacto estaria na própria visibilidade de uma produção fomentada, financiada pelo próprio CNPq e CAPES.
Esta é uma bandeira que deve ser levantada por todos nós como pesquisadores. Apoio total a sua proposta.

fernando firmino

11:29 PM  
Blogger Fernando Firmino da Silva said...

Palacios, diria que sua proposta, apresentada após receber o Prêmio Adelmo Genro Filho na SBPjor, foi um retorno para a comunidade acadêmica como um Pesquisador Senior. A seção de periódicos da CAPES já nos oferece uma ampla disponibilização do que há em termos de Estado da Arte da pesquisa mundial. Entretanto, em nível nacional não temos ainda uma articulação como esta em termos de plataforma. Sua idéia de o Curriculo Lattes se transformar nesta opção é realmente a mais viável. Com mais de um milhão de currículos cadastrados se encontra alí toda a produção nacional de pesquisadores em vários níveis (graduação, mestrado, doutorado e outros). Esperamos que seu apelo e sugestão e o esforço de outros pesquisadores mais próximos das decisões do CNPq surta efeito o quanto antes, tendo em vista que a implementação técnica dos recursos de busca na plataforma não deve ser algo tão complexo e você já indicou o que se pode obter. As implicações práticas seriam imediatas como, por exemplo, uma revisão de literatura mais completa para as pesquisas com o mapeamento de toda a produção nacional; outro impacto estaria na própria visibilidade de uma produção fomentada, financiada pelo próprio CNPq e CAPES.
Esta é uma bandeira que deve ser levantada por todos nós como pesquisadores. Apoio total a sua proposta.

fernando firmino

11:32 PM  

Postar um comentário

Links to this post:

Criar um link

<< Home