quinta-feira, dezembro 04, 2008

Maioria dos jornalistas mantidos presos trabalha em meios online

Refletindo a crescente importância de reportagens e comentários na Internet, atualmente existem mais jornalistas presos ligados a este meio do que a qualquer outro. Em sua análise anual de jornalistas presos por seu trabalho, publicado hoje, o Comité para a Proteção dos Jornalistas (Committee to Protect Journalists - CPJ) constatou que 45% de todos os trabalhadores de meios encarcerados a nível mundial são blogueiros, repórteres que trabalham para a Web ou Editores da Internet. No total 125 jornalistas presos foram identificados no dia 01 de dezembro, dois a menos que na lista de 2007.
Detalhes no Bloc de Periodista de Darío Gallo.

marcos palacios

Marcadores: , ,

0 Comments:

Postar um comentário

Links to this post:

Criar um link

<< Home