quarta-feira, dezembro 03, 2008

Publicidade considerada homofóbica é proibida na Grã-Bretanha

The Advertising Standards Authority (ASA), órgão regulador da publicidade na Grã Bretanha, baniu um anúncio publicado no diário News Letter, da cidade de Belfast (Irlanda do Norte) por considerá-lo homofóbico.
O anúncio tinha a chamada: "A palavra de Deus contra a sodomia" e deveria sair várias vezes antes da Parada Gay da cidade. O anunciante era a Igreja Presbiteriana de Sundown e o texto explicava que "O ato de sodomia é uma ofensa grave para todos os crentes na Bíblia que, aceitando a pura mensagem da preciosa palavra de Deus, expressam a opinião de Deus ao declará-la uma abominação" ("The act of sodomy is a grave offence to every Bible believer who, in accepting the pure message of God's precious word, express the mind of God by declaring it to be an abomination.")
Após ser publicado pela primeira vez, o anúncio foi objeto de sete reclamações, por parte de pessoas que declararam considerá-lo homofóbico e ofensivo. A Igreja Presbiteriana respondeu que não pode ser responsável por aqueles que se ofendem com uma mensagem da Bíblia. A ASA decidiu pela suspensão da publicação do anúncio.
Via Press Gazette

marcos palacios

Marcadores: , ,

0 Comments:

Postar um comentário

Links to this post:

Criar um link

<< Home