quinta-feira, janeiro 31, 2008

XI Encontro Nacional de Professores de Jornalismo: inscrições prorrogadas

O Fórum Nacional de Professores de Jornalismo circulou a seguinte mensagem:

1-De acordo com as manifestações enviadas por e-mail estamos prorrogando para o dia
20 de fevereiro o período de inscrição de trabalhos para o 11º Encontro Nacional de Professores de Jornalismo;
2- O prazo para os coordenadores darem o aceite será até dia
27 de fevereiro;
3- A data de inscrição e pagamento da mesma para quem tiver o trabalho aceito continua dia
2 de março de 2008.
4- Ressalvamos a importância e atenção dos colegas professores para o
envio do resumo e texto completo do trabalho em PDF. É muito importante ler com atenção as normas publicadas na Chamada de Trabalhos.
5- Lembramos ainda aos colegas professores a possibilidade de inscrever os trabalhos de INICIAÇÃO CIENTÍFICA dos alunos, por meio da modalidade
POSTER. Incentivem seus alunos a participar do Encontro.

Informações no sítio web do evento:
http://www.fnpj.org.br/11enpj.

marcos palacios

Marcadores:

0 comments links to this post

Audiovisual em revista

Já está disponibilizado na Web o primeiro número da revista eletrônica do Núcleo de Pesquisa em Comunicação Audiovisual da Intercom.
Confira o sumário do primeiro número.
O conteúdo está disponível, em formato pdf, para download.
Via Ponto de Análises

marcos palacios

Marcadores: ,

0 comments links to this post

Circulação de jornais no Brasil cresceu 11,8% em 2007

"O Instituto Verificador de Circulação (IVC) registrou aumento de 11,8% na circulação dos jornais filiados à entidade no ano passado, em comparação com a média registrada em 2006.
Foi o quarto ano consecutivo em que o meio jornal apresentou alta. Em 2007, o aumento da renda média e do consumo no Brasil foi importante para os bons resultados do setor.
Também contribuiu para o bom desempenho, diz comunicado do IVC, “a competitividade no mercado, que gerou reformulações gráficas e de conteúdo, segmentação com novos cadernos e lançamentos de promoções”.
A consolidação de jornais com preços mais acessíveis à população também foi fator determinante para o aumento de circulação. Circulam diariamente no Brasil 4.144.130 exemplares, em média.
O IVC audita cerca de 50% da circulação de jornais no Brasil, incluindo publicações de circulação paga e títulos de distribuição gratuita."

Via Política Livre

marcos palacios

Marcadores: , ,

0 comments links to this post

Direitos Humanos: a situação em todo o mundo no World Report 2008

A ONG Human Rights Watch divulgou hoje seu World Report 2008, em versão integral na Web, com caracterização da situação de Direitos Humanos em todo o mundo.
O Brasil aparece com inúmeros problemas: impunidade, violência policial, condições carcerárias, trabalhos forçados.
O Relatório é multimídia, com áudio e fotografias.
marcos palacios
divulgou

Marcadores:

0 comments links to this post

Uma Televisão 2.0 da Apple? Deu no Terra...

O Blog McMagazine flagrou e guardou este mico do Terra, que o Gerson Martins mandou para mim (clic na imagem para ler).
Naturalmente agora já foi retirado...
Não achei nada sobre o assunto nas Correções do Terra.
Fica como registro histórico.
marcos palacios

Marcadores: , ,

0 comments links to this post

Como comer de graça no McDonalds



Está bombando no YouTube. Rápido, antes que a brecha seja fechada!!

marcos palacios

Marcadores: ,

0 comments links to this post

Business Week premia participação de leitores com camisetas e jantares com editores

A BusinessWeek está apelando para uma novidade para incentivar a participação de leitores em seu website: os mais participativos ganham camisetas e convites para jantares chics com os editores da revista.
O esquema, batizado Get in Your Face, vai premiar, no final do ano, os 100 leitores mais participativos e com comentários de melhor qualidade.
Foi criado também um índice de engajamento que será usado para medir o grau de participação dos leitores. Trata-se de uma proporção entre o material publicado e o número de comentários. Por exemplo, em dezembro a revista publicou cerca de 600 matérias e disponibilizou perto de 15.500 comentários, o que dá um indice de engajamento de 23-1.
marcos palacios

Marcadores: , , ,

0 comments links to this post

Roubo de rim deixou de ser lenda urbana: é fato



Uma lenda urbana (urban legend) que circula na Internet pelo menos desde 1997, conta a história de um homem que estando viajando, vai sozinho a um bar em Nova Orleans, é convidado para um drink por um desconhecido, acaba drogado e desperta no dia seguinte em um hotel, dentro de uma banheira cheia de gelo, com um dos rins retirados de forma profissionalmente impecável.
Pois a lenda urbana deixou de ser lenda: aconteceu não em New Orleans, mas em Nova Delhi (India).
Uma organização montada para fornecer órgãos para clientes ricos e muitas vezes estrangeiros, na falta de voluntários pagos para fazer a "doação", retirou o rim de um homem que foi enganado e dopado.
O médico que fez a operação - "excepcionally well", segundo o veredicto de outro médico que examinou a vítima - está desaparecido.
Um grego e um norte-americano, que estavam na clínica aguardando transplantes foram presos. Segundo a polícia, a quadrilha operava por dez anos e realizou pelo menos 500 transplantes ilegais. A prática de venda de órgãos é comum entre a população pobre de Delhi, apesar de a legislação proibir a prática e restringir doações para parentes e amigos pessoais, com estrito consentimento do doador.
A reportagem é da CNN.

marcos palacios

Marcadores: ,

0 comments links to this post

Uma Tabela Periódica produzida por artistas

AzureGrackle organizou a montagem de uma Tabela Periódica produzida por artistas. São 118 trabalhos, produzidos por 96 artistas, usando uma variedade de meios: litografia, silkscreen, madeira entalhada etc.
A idéia, segundo o organizador do trabalho, é "promover tanto a ciência quanto as artes".
No Boing Boing há link para uma entrevista com Azure Grackle.

marcos palacios

Marcadores:

0 comments links to this post

quarta-feira, janeiro 30, 2008

Conheça o YouBama


YouBama é um canal criado por estudantes Universidade de Standford para apoiar o candidato democrata Barack Obama. É não oficial e não tem vínculos com o candidato. Os autores do YouoBama sugerem que a audiência pense o canal como um espaço no qual as pessoas possam dizer o que quiserem da maneira que bem entenderem.
É possível apoiar ou discordar dos conteúdos, produzindo outros vídeos.
Via Mirá!

marcos palacios

Marcadores: , ,

0 comments links to this post

De grande semanário a pasquim: A história recente de Veja, contada por Luis Nassif

"O maior fenômeno de anti-jornalismo dos últimos anos foi o que ocorreu com a revista Veja. Gradativamente, o maior semanário brasileiro foi se transformando em um pasquim sem compromisso com o jornalismo, recorrendo a ataques desqualificadores contra quem atravessasse seu caminho, envolvendo-se em guerras comerciais e aceitando que suas páginas e sites abrigassem matérias e colunas do mais puro esgoto jornalístico.
Para entender o que se passou com a revista nesse período, é necessário juntar um conjunto de peças".

Quem diz isso é o jornalista Luis Nassif , que está publicando, em capítulos, uma grande reportagem sobre a história recente do semanário no Google Pages
Via NovasM,NMídias

marcos palacios

Marcadores: , , ,

1 comments links to this post

Qtrax melou?

No domingo, divulgamos uma notícia que - avisamos - mais parecia uma pegadinha de Primeiro de Abril: um site p2p com 25 milhões de músicas para serem baixadas legal e gratuitamente, com o aval de quatro das maiores gravadoras do mundo.
No dia seguinte já circulavam as primeiras más notícias: as gravadoras informaram que de fato "negociações estavam em andamento", mas nenhum acordo formal estava firmado.
Resultado: o site da Qtrax, que deveria ter começado a funcionar à zero hora de segunda feira, "adiou" a liberação das músicas.
O problema adicional é que a Qtrax tem ações em bolsas de valores e todo esse vai-e-vem pode ter graves efeitos sobre o valor da empresa, inclusive com possíveis desdobramentos legais.
Melou a coisa?
Não me parece.
O gato saiu do saco! Já está mais do que claro que o modelo de copyright - tal como nós o conhecemos - está moribundo e vem recebendo seguidas extrema-unções. Essa é mais uma. A liberação das músicas com apoio de publicidade para cobrir custos e direitos de autores (ou algo muito similar) é certamente um modelo de negócio que virá a ter sua vigência - logo, logo - e com apoio de todas as gravadoras que pretenderem permanecer no ramo.
As negociações vão prosseguir, pouco a pouco as músicas começarão a ser introduzidas e o modelo testado.
Como eu disse no domingo, vamos acompanhar os desenvolvimentos.
No site da Qtrax já é possível fazer o download do player que será usado para ouvir as músicas a serem baixadas. Por agora, ele pode ser utilizado para ouvir músicas que os usuários já possuam no computador. Sugiro que baixem e se acostumem com ele. Em breve vão usuá-lo para ouvir música fornecida via Qtrax.
Sou capaz de apostar.

marcos palacios

Marcadores: , , , ,

0 comments links to this post

Graffiti virtual


A arte nas ruas é sempre uma atividade complicada: vista como coisa de marginal, apagada pelas Prefeituras, perseguida pela polícia.
Por causa disso tudo, o artista alemão Daim, está testando uma nova modalidade de graffiti, combinando o estilo artístico original, com alta tecnologia e realidade virtual.
Assistam!
Via designerblog

marcos palacios

Marcadores: ,

0 comments links to this post

Tesouro reencontrado: as fotos perdidas de Robert Capa

Três valises de papelão contendo milhares de negativos foram encontradas no México. Trata-se de um um tesouro cultural do mais alto interesse: as fotos perdidas de Robert Capa da Guerra Civil Espanhola.
O Estadão reportou que:
"Para o pequeno grupo de especialistas em fotografia ciente de sua existência, ela era simplesmente ''a mala mexicana''''. E, no panteão dos tesouros culturais modernos perdidos, o objeto possuía a mesma aura mítica dos primeiros manuscritos de Hemingway, que sumiram de uma estação de trem em 1922. A mala - na verdade, um conjunto de três frágeis valises de papelão - continha milhares de negativos de fotos que Robert Capa, um dos pioneiros da fotografia da guerra moderna, fez durante a Guerra Civil Espanhola antes de fugir para os Estados Unidos em 1939, deixando para trás o conteúdo de sua câmara escura em Paris.
Capa supôs que o trabalho fora perdido na invasão nazista - e continuou pensando assim até 1954, quando morreu no Vietnã. Em 1995, no entanto, começou a circular a notícia de que os negativos haviam de algum modo sobrevivido, depois de fazer uma viagem digna de um romance de John le Carré: de Paris a Marselha e então para a Cidade do México, nas mãos de um general e diplomata mexicano que servira sob Pancho Villa."

Mais detalhes e um vídeo sobre a recuperação do acervo estão no Blog do Dodô.

marcos palacios

Marcadores: , , ,

0 comments links to this post

El País incentiva criação de jornais de estudantes em seu site

El País de los Estudiantes é um projeto do El País (Espanha) que possibilita que escolas criem jornais na plataforma do diário, oferecendo assessoria para a montagem dos sites e prêmios para as melhores produções.
Uma inteligente maneira de buscar leitores mais jovens, que entra em sua VII edição.
Os premios são na forma de material informático para a escola e viagens para professores e estudantes.
Via Tíscar.com

marcos palacios

Marcadores: , ,

1 comments links to this post

Velha guarda jornalística embarca no Facebook

Um artigo de Kelly Wilson , no mais recente número da American Journalism Review, comenta a recente "invasão" das redes de relacionamentos, especialmente o Facebook, por jornalistas norte-americanos da geração mais velha.
Segundo vários entrevistados da faixa dos 47 a 60 anos, estar no Facebook "faz todo o sentido" para o exercício do jornalismo.
Jonathan Landman (55), um dos editores do New York Times, diz que saber o que está acontecendo online é crucial para seu trabalho e uma enorme parte disso tem lugar no Facebook. Ele explica que criou seu perfil "não tanto para mim mesmo, mas para manter-me a par do que está acontecendo na rede".

marcos palacios

Marcadores: , ,

0 comments links to this post

terça-feira, janeiro 29, 2008

Webnotícia: Propuesta de Modelo Periodístico Para La WWW

Já está disponível on-line e para download gratuito, o livro Webnotícia: Propuesta de Modelo Periodístico Para La WWW, do investigador e professor da Universidade da Beira Interior (UBI, Portugal), João Canavilhas. O livro é parte da tese de doutoramento, defendida em dezembro do ano passado, na Universidade de Salamanca (Espanha) conforme comentamos aqui no blog.
Segundo registra o autor na apresentação, o trabalho "pretende ser um pequeno contributo para a identificação de uma linguagem convergente para o webjornalismo".
A publicação é da LABCOM Books e a versão impressa custa 25€.
Leitura mais que recomendada.

Suzana Barbosa

Marcadores: , ,

0 comments links to this post

Afinal! Uma Lei para regulamentar a sucata tecnológica

"Tramita na Câmara o Projeto de Lei 2061/07, do deputado Carlos Bezerra (PMDB-MT), que estabelece critérios para a coleta, a reciclagem e o descarte de aparelhos eletrodomésticos e eletroeletrônicos e componentes que não possam ser utilizados.
Bezerra propõe que os fabricantes ou importadores sejam os responsáveis pela coleta, reciclagem e destino final de seus equipamentos.
Os comerciantes deverão instalar postos de coleta nas lojas os clientes depositarem seus materiais, e os distribuidores recolherão a sucata periodicamente. O sistema implantado pelas empresas deverá ser aprovado pelas autoridades ambientais competentes. No caso da indústria nacional, a aprovação será necessária para obtenção e renovação de licenças ambientais para a fabricação de aparelhos eletroeletrônicos e eletrodomésticos.
No caso de fabricantes estrangeiros, o órgão ambiental deverá autorizar a entrada dos produtos, componentes e peças de reposição.
O Projeto tramita junto ao Projeto de Lei 203/91, que está pronto para votação do Plenário, com substitutivo da Comissão de Política Nacional dos Resíduos."

Uma iniciativa mais do que oportuna e necessária.
Valeria a pena uma campanha pressionando os deputados a votarem a favor. Aliás, antes disso, uma campanha para que entre em pauta! Uma dos grande problemas de nosso Legislativo é que alguns ótimos projetos amarelam para sempre nas gavetas, sem nunca chegarem à votação.

Via IDG Now

Marcadores: , ,

0 comments links to this post

Estudo identifica 935 falsas declarações na construção da invasão do Iraque

Pelo menos 935 falsas declarações quanto ao perigo representado por Saddam Hussein foram feitas pelo presidente Bush e sua administração, nos dois anos que precederam a invasão do Iraque por tropas norte-americanas.
Está é a conclusão principal de um estudo patrocinado pelo Center for Public Integrity, conduzido por Charles Lewis e Mark Reading-Smith.
O estudo está disponível online.

marcos palacios

Marcadores: ,

0 comments links to this post

segunda-feira, janeiro 28, 2008

Todas as colunas de Carlos Castello Branco


Graças a uma dica de Elio Gaspari, tomei conhecimento do site Carlos Castello Branco. Extremamente bem montado, o site é referência fundamental para a História do Jornalismo Brasileiro e para a História Política do país, recuperando a trajetória e o pensamento de um dos mais importantes jornalistas políticos do século passado.
Além de informações biográficas, bibliográficas e icônicas, estão disponibilizadas na íntegra as 7.446 "Colunas do Castello", publicadas diariamente no Jornal do Brasil, entre janeiro de 1963 e abril de 1993.
O site foi lançado no final do ano passado.
Realmente uma preciosidade.

marcos palacios

Marcadores: , , ,

0 comments links to this post

Clutter



Clutter, segundo o Webster´s Dictionary, significa: barulheira, algazarra, tumulto, desordem, confusão, barafunda...
Via Marketing Usabile

marcos palacios

Marcadores: ,

0 comments links to this post

Um novo mapa da Blogosfera Hispânica

Um novo mapa da Blogosfera Hispânica que mostra o grau de popularidade dos bloggers, baseado em dados da rede social Bitacoras.com está no Blogcosa.

marcos palacios

Marcadores: , ,

0 comments links to this post

Livros que podem fazer você ficar estúpido


Você já terminou de ler um livro e teve a sensação de que "Putz, estou mais estúpido agora do que antes de ler esse livro..."?
Bem, Virgil Griffith resolveu explorar "cientificamente" a correlação entre livros lidos e capacidade intelectual e construiu um gráfico e um ranking dos "Livros que fazem você estúpido" (Booksthatmakeyoudumb).
Como funciona?
Simples. Ele produziu uma correlação entre livros mais lidos em uma série Colleges norte-americanos e o nível de SAT de cada um daqueles Colleges. O SAT ( Scholastic Aptitude Test ou Scholastic Assessment Test) é uma espécie de vestibular unificado dos Estados Unidos, para classificar estudantes para os diversos Colleges.
Griffith conseguiu montar uma listagem dos livros favoritos nos Colleges (usando dados do Facebook) e criou a correlação com o SAT de cada um dos Colleges. Livros associados com SATs mais baixos, supostamente, são aqueles que "fazem você estúpido".
Além de revelar o que os recém ingressados nos Colleges norte-americanos andam lendo, lista é, no mínimo, curiosa.
No extremo dos "estupidificantes" (SAT 800) ficaram os best-sellers de Zane (uma autora nova-iorquina que produz em série coisas como Addicted, The Sex Chronicles: Shattering the Myth, Skyscraper, Nervous, Gettin’ Buck Wild: The Sex Chronicles 2, The Sisters of APF, et, etc) . Com alto poder de "estupidificação" ficaram A Cor Púrpura, de Alice Walker (SAT 850), Fahrenheit 451, de Ray Bradbury (SAT 880), a Bíblia e True to the Game, de Teri Woods (SAT 900). O Livro de Mórmon se saiu melhor (SAT 1100), empatando com O Código Da Vinci, de Dan Bown. O Alquimista , de Paulo Coelho, alcança SAT 1200, e supera - com sobras - o Hamlet, de Shakespeare (SAT 1050).
No extremo (SAT 1300 a 1350) dos "não estupidificantes", estão Lolita, de Vladimir Nabokov, e Cem anos de Solidão, de Gabriel Garcia Marques.
A lista completa dos "estupidificantes" e "não estupidificantes", o gráfico e as explicações metodológicas de sua construção estão aqui.
Griffith declara estar consciente de que Correlação não é o mesmo que Causação.
marcos palacios

Marcadores: , ,

0 comments links to this post

A vida secreta de uma postagem em um blog

Você tem uma idéia faz uma postagem em seu blog. O que acontece então.
Muitíssima coisa.
É isso que Matthew Hurst e Frank Rose tentam demonstrar em um artigo publicado na Wired, que vai com esse infográfico aí acima.
Para acompanhar a vida secreta de uma postagem clic na imagem para abrir o infográfico.
Para navegar por ele, mantenha apertado o botão esquerdo do mouse.

marcos palacios

Marcadores: , ,

0 comments links to this post

Infográfico gigante mostra similaridades e diversidades entre as religiões

Um infográfico gigante, projetado por Philipp Steinweber and Andreas Koller, explicita divergências e similaridades entre as principais religiões do mundo. Montado no Hangar-7, in Salzburg, Similar Diversitiy tem por base "uma análise objetiva dos textos sagrados das diversas religiões, sem interpretações", segundo afirmam seus autores.
No site da exposição há mais fotografias.

marcos palacios

Marcadores: , ,

0 comments links to this post

domingo, janeiro 27, 2008

Qtrax: 25 milhões de músicas para baixar gratuitamente (e legalmente!)

Parece até coisa de Primeiro de Abril, mas deve começar a funcionar nas próximas horas o Qtrax, um site para download gratuito e LEGAL, de mais de 25 milhões de músicas, sem limites para download. Um sistema p2p, uma espécie de e-Mule legal. O próprio Qtrax já teve um período de funcionamento para-legal em 2002, mas acabou fechando após alguns meses para evitar problemas legais.
Agora a iniciativa de reabertura do site tem o apoio de quatro grandes gravadoras: EMI, SonyBMG, Universal Music Group e Warner Music Group.
Através de venda de publicidade os artistas serão pagos cada vez que alguém baixa sua música.
As limitações ainda são muitas. Por enquanto só vai funcionar em Windows (Vista ou XP), com versão Mac prometida para março. As músicas não vão poder ser reproduzidas em i-Pod e só podem ser ouvidas no player que faz parte do sistema, onde as publicidades serão exibidas. Nem tudo está ainda liberado. Os Beatles, por exemplo, ainda não estão lá.
Por outro lado, o site terá facilidades de buscas e além das músicas vai disponibilizar, também gratuitamente, vídeos de concertos, capas e material interno dos álbuns, letras de músicas, resenhas, notícias sobre os artistas. Os usuários poderão também fazer upload de material.
O site vai comercializar ingressos para concertos, camisetas de bandas e outras parafernálias da cena musical.
Ainda não está claro se os downloads poderão ocorrer a partir de solicitações de usuários em qualquer parte do mundo ou se há restrições, como no caso da Pandora Box.
Apesar das limitações, naturais em um formato empresarial que recém se inicia, pode ser que estejamos testemunhando, finalmente, o nascimento de um novo modelo de negócios que pode decretar a morte dos CDs. É a velha história do "se você não pode combatê-los, junte-se a eles". Já está mais do que claro, a não ser para os que não querem ver, que o modelo de copyright, com seus 200 aninhos de idade já não se adequa às realidades do mundo digitalizado e dos fluxos de informação.
Vamos esperar mais algumas horas e ver como funciona. Vamos esperar alguns meses e ver como se desenvolve.
Via The Guardian and Wired News

marcos palacios

Marcadores: , , ,

1 comments links to this post

Eleições norte-americanas: escolha ciberneticamente seu candidato

Ainda não tem candidato? Está indeciso?
O Glassbooth faz a escolha para você.
O método consiste de dois passos: num primeiro momento você usa 20 pontos de que dispõe para distribuir entre diferentes ítens da política e adminsitraçao (impostos, educação, meio ambiente, sáude, etc); num segundo passo, você se posiciona sobre algumas questões que estão na agenda eleitoral, através de um questionário rápido e simples.
Pronto!
O Glassboth mostra quais são os três candidatos que mais se aproximam de seu perfil político/pontos de vista.
É possível também saber o grau de proximidade (ou distanciamento) de todos os outros candidatos.
Divertido.
Via CyberNet Technology News


marcos palacios

Marcadores: , , ,

0 comments links to this post

Last Dream: uma história interativa de Micro Ficção e um pretexto para falar de gênero


Last Dream. Um dos últimos sonhos de um velho cego, através da narrativa de seu neto. Use o mouse para circular peloespaço da narrativa e clic com o botão esquerdo e segure para pegar coisas. Com a chave se entra na casa.
Há várias outras experiências desse tipo no site de Andy Campbell, Dreaming Methods.

Flash Fiction ou Micro Fiction está sendo experimentado como um possível novo (?) gênero literário por alguns autores. Flash aqui significa "rápido e breve" e não necessariamente algo produzido com o software Flash. Ainda que algumas peças sejam produzidas justamente com Flash. E já existem até dicas práticas de como escrever Flash Fiction, com ou sem Flash...
Quer uma história do (sub?) gênero no Brasil, desde antes da Web? Tem aqui.
E claro que não faltam blogs sobre Flash Fiction. E está disponibilizada uma revista, a 3:AM , com alguma Flash Fiction brasileira.

A relativa lentidão no estabelecimento de gêneros (ou sub gêneros?) no que diz respeito à literatura na Web é algo que me intriga. Por um lado, evidentemente, a literatura se transpõe perfeitamente para a Web, que passa a servir-lhe de suporte e repositário. Testemunhas disso são o agora já avoengo Gutenberg Project e, para ficarmos no plano da língua portuguesa e do contemporâneo, o Jornal da Poesia, de Soares Feitosa. Dois maravilhosos projetos. Mas são espaços transpositivos, nos quais o que foi criado para o papel encontra nova guarida e multiplicada difusão.

Mas é quanto à utilização do suporte Internet para a ficção, com utilização de todas as características e recursos do suporte?
Enquanto o jornalismo vai se adaptando e econtrando formas sempre renovadas, à medida em que as conexões rápidas vão possibilitando novas aventuras multimiáticas e interativas, a literatura parece ainda não haver encontrado caminhos não transpositivos. Já me alonguei sobre essa comparação entre Jornalismo e Hipertexto de Ficção em um ensaio acadêmico, fazendo um paralelismo dos rumos dos dois formatos discursivos em sua migração para a Web. Jornalismo e Hiperficção entram simultaneamente na Internet, mas seguem percursos muito diferenciados, que busco identificar e explicar no ensaio.

Talvez a Micro Ficção, a Flash Ficção - com ou sem Flash - possam levar a novas experimentações que mais amplamente explorem as potencialidades (hipertextualidade, interatividade, multimidialidade, memória, personalização) do suporte.

Mas, por agora, desfrutem dos Dreaming Methods...

marcos palacios

Marcadores: , ,

0 comments links to this post

Jornalismo, media digitais e cidadania online: temas da Estudos em Comunicação

Está disponível com acesso integral e gratuito o mais recente número da versao online da revistaCommunication Studies/Estudos em Comunicação, publicação do Laboratório de Comunicaçao e Conteudos Online da Universidade da Beira Interior (Portugal), desta feita maioritariamente dedicada a três eixos principais: jornalismo, media digitais e cidadania online.
A revista traz textos em português, espanhol, francês e inglês.

marcos palacios

Marcadores:

0 comments links to this post

sábado, janeiro 26, 2008

Encantos e perigos da memória digital

Lembra disso aí? É, é um floppy disc de 5 1/4. Antecessor dos disquetes, que praticamente também já não existem, dos CDs e dos pen drives que, no momento, são a mídia mais confiável (?) e utilizada. Muitos de vocês talvez nem tenham chegado a usar um 5 1/4. Eram floppy, ou seja, literalmente molengos e por qualquer coisinha amassavam e já era...
Eu ainda tenho alguns guardados. Um deles até com dados interessantes, de um programinha que criei em Basic. E daí? Como recuperar essa informção?
André Lemos, no Carnet de Notes, chama atenção para um artigo no Le Monde que fala dos perigos da memória digital.
marcos palacios

Marcadores: ,

0 comments links to this post

Wikimedia selecionou sua foto do ano 2007

Acabam de ser anunciados os resultados do Wikimedia Commons Picture of the Year. A foto vencedora foi escolhida entre 28 finalistas.
Wikimedia Commons é um repositório para mídia criado e mantido por voluntários. Os conteúdos (fotos, vídeos, diagramas, gráficos, etc) são distribuídos em diferentes idiomas e tudo ali pode ser usado e remixado, inclusive comercialmente, sob licenças Creative Commons.
marcos palacios

Marcadores: ,

0 comments links to this post

Gozub: o Twitter brasileiro


De acordo com a revista EXAME desta quinzena (30/01/2008), ninguém sabe ao certo para que servem serviços como este, mas eles já são a “nova febre da internet”. Os chamados microblogs – que exploram características das redes sociais como o Orkut e a liberdade de expressão dos blogs – estão na mira de grandes empresas para veiculação de promoções e até mesmo para monitorar sua própria imagem (e a dos concorrentes!) no mercado. Como os blogs também já serviam para isso, a diferença agora é a rapidez da atualização contínua. Parece que o fenômeno do “último segundo” invadiu a Web 2.0.
Leila Nogueira

Marcadores: , , ,

0 comments links to this post

Jornalismo em forma de Quadrinhos

E por falar em quadrinhos, vale o registro da interesante iniciativa da editora Comic Books. Com vistas às próximas eleições gerais de março de 2008 publica dois livros de quadrinhos dedicados, um ao lider popular e outro ao Presidente espanhol: A Espanha de Rajoy (Mariano Rajoy), atual presidente do Partido Popular e a Espanha de ZP (José Luis Zapatero), do Partido Socialista Obreiro Espanhol e atual presidente do país. Um escrito pelo jornalista e professor Enric Sopena, La España de Rajoy, com ilustrações de David Ramírez, em que realiza um repasso crítico e demolidor do lider popular e seus colaboradores. E o outro responsabilidade do jornalista César Vidal: A Espanha de ZP, com ilustrações de Franfer, com críticas às atuações políticas de José Luis Zapatero, codinome ZP, e de seus mais destacados colaboradores.


Elias Machado.

Marcadores: , , ,

0 comments links to this post

Uma história em quadrinhos do século XV

Parecem páginas de uma revista em quadrinhos, mas são reproduções de um livro alemão dos finais do século XV, intitulado Biblia Pauperum (Bíblia dos Pobres) que explica com cerca de 100 imagens o Apocalípse de São João.
O texto, em caracteres góticos, está em latim, mas traduções para o alemão, escritas à mão, foram inseridas entre as páginas do livro. A raridade está guardada na Universidade de Heidelberg.
As imagens saíram do excelente blog Bibliodissey, onde há mais...

marcos palacios

Marcadores: , ,

0 comments links to this post

sexta-feira, janeiro 25, 2008

Nieman Reports discute Jornalismo Local


O Nieman Reports, Harvard University, dedicou seu número Winter, 2007 à questão: As notícias locais são a resposta?
Aqui está a lista do material disponibilizado, muito rico para quem está trabalhando sobre o assunto:

IntroductionBy Melissa Ludtke

Blending Voice and Reporting By John Doherty and Tim Logan
Showing China—With a Local Thread Words and Photographs by Alan Hawes
Stories About Me By Bill Ostendorf

Via PJNet

marcos palacios

Marcadores: , ,

0 comments links to this post

Anonymous: grupo hacker se propõe a combater Cientologia e ganha destaque na mídia



O manifesto de um grupo secreto de hackers, que se auto-denomina Anonymous e se propõe a combater e eliminar a Cientologia (Scientology), alcançou o primeiro posto de indicaçoes no Digg hoje e foi objeto de de uma reportagem na NBC. O fato detonador da campanha do grupo foi o vídeo-propaganda de Tom Cruise, um seguidor da Cientologia, que está tendo larga circulação na Internet, depois de ter sido retirado do YouTube por solicitação dos responsáveis pela organização, que alegaram quebra de direitos de copyright .
Como represália, o grupo de hackers diz que vai "eliminar a Cientologia" da Internet e destruir a seita "em sua forma atual".
A cientologia é conhecida como ''a seita das estrelas''. Nos Estados Unidos, já congrega uma constelação formada, entre outros, pelos atores Tom Cruise e John Travolta e pelo pianista Chick Corea. A igreja carrega ainda outra fama - a de alvo de centenas de denúncias e condenações judiciais por delitos que vão de fraude fiscal a chantagem.
A cientologia chegou ao Brasil em 1994. Foi trazida por Lucia Winther, atualmente a principal líder e porta-voz do culto no país.
Leia o Manifesto dos Anonymous.
Assista o vídeo da NBC.
Assista o vídeo de Tom Cruise defendendo a Cientologia.
Viste o site oficial da Cientologia.

Atualização em 26/01:

Uma resposta oficial da Church of Scientology foi divulgada. A resposta não fala das ameaças e se restringe a comentar o porque da retirada do vídeo de Tom Cruise do YouTube. Eis a resposta:

"As the Church previously announced, the pirated and edited excerpts of Mr. Cruise were contained in an official Church event in 2004, an event attended by 5,000 Scientologists and their guests and further available for viewing in any Church of Scientology world over. Having presented these selective and out-of-context excerpts with the intent of creating both controversy and ridicule, nevertheless resulted in people searching for and visiting Church of Scientology Web sites as evidenced by "most searched for" lists of various search engines. Those wishing to find out the Church of Scientology's views and to gain context of the video have the right to search official Church Web sites if they so desire."

marcos palacios

Marcadores: , , ,

0 comments links to this post

Holovaty estréia o EveryBlock e o conceito de "geocoding news"

Como parte do EveryBlock Project,vencedor do Knight News Challenge (U$1,1 milhão), Adrian Holovaty lançou esta semana os sites do EveryBlock para três cidades dos EUA: Chicago, New York, San Francisco. Focados na informação hiperlocal, os sites permitem aos usuários pesquisarem notícias pelo endereço, código postal ou vizinhança. Mais do que competir com o maintream da mídia, Holovaty acredita que o EveryBlock funcionará mais de modo complementar porque é focado nos acontecimentos e informações de serviço muito específicas. Ou seja: naquilo que está e ocorre bem próximo das pessoas, no seu bairro, na sua rua.
Com a estréia das primeiras versões do EveryBlock, Holovaty inaugura o conceito que denomina como "geocoding news", o qual considera mais adequado à sua proposta do que o termo hiperlocal.

- "We're interested in spreading the concept of "geocoding" news -- that is, classifying news articles by location. Currently, we do that by crawling news sites and applying algorithms and human editing efforts, but it'd be best for everybody if news organizations did this on their own. We're interested in developing some sort of specification/standard for designating granular locations in news stories -- look for more about that from us soon."

A oferta informativa dos EveryBlock está organizada em torno dos itens: Civic information, News articles and blog entries e Fun from across the web. Utiliza muita informação contida em bases de dados locais públicas, fotos postadas no Flickr, resenhas publicadas no Yelp, conexões perdidas do Craigslist, entre outras. Al Tompkins, do Poynter Online, vê o EveryBlock como o "começo de algo grande". É esperar para conferir.
Leia aqui a entrevista que Tompkins fez com Adrian Holovaty. Mais sobre o lançamento do EveryBlock, pode ser lido no Journalism.co.uk.

Suzana Barbosa

Marcadores: , , ,

0 comments links to this post

Marciano: uma ilusão dissecada


Uma postagem muito detalhada, escrita por Emily Lakdawalla no The Planetary Society Weblog, analisa a foto do suposto 'marciano' capturado pelas câmeras do Spirit, o robot sobre rodas que deveria operar em Marte por três - no máximo seis meses - e que quatro anos depois ainda continua 'vivo' e mandando suas fotos.
A imagem do marciano fez sucesso esta semana na imprensa mundial. A detalhada análise de Lakdawalla, explica como a foto foi obtida e coloca tudo em perspectiva.
Na verdade, trata-se da sobreposição de três fotos, produzidas com três filtros diferentes, em um período de cerca de um minuto e 20 segundos, para que a cor pudesse ser produzida. Um tempo bastante grande para o alienígena manter-se imóvel, convenhamos...
E, pasmem, o suposto marciano está a apenas 5 metros das lentes do Spirit e não tem mais que seis centímetros de altura...

marcos palacios

Marcadores: , , , ,

0 comments links to this post

The Wall Street Journal mantém conteúdos pagos, por agora

Depois de um longo período de hesitações, em que chegou a publicamente declarar que seus "instintos" eram pela abertura, Rupert Murdoch, que passou a controlar o The Wall Street em dezembro, anunciou que o jornal vai continuar a cobrar para acesso a seu conteúdo premium, pelo menos por agora. Falando ontem no Fórum Mundial de Davos, Murdoch disse que as páginas que fornecem maior insight continuarão a ser um serviço por assinatura - e mais caras - apesar do aumento do acesso a conteúdos livres.
" We are going to greatly expand and improve the free part of the Wall Street Journal online, but there will still be a strong offering (for subscribers) … The really special things will still be a subscription service, and, sorry to tell you, probably more expensive."
O The Wall Street Journal (WSTJ) é considerado o último bastião da tese do "acesso pago a conteúdos online" como modelo de negócio para jornais na Internet.
A News Corporation, ao qual o jornal está ligado, confirmou que a política está confirmada em termos gerais, mas "a definição do que é de acesso livre e de acesso pago pode mudar significativamente e o assunto provavelmente será revisto, before long".
Atualmente o site do WSTJ coloca a maioria dos artigos do jornal como de acesso exclusivo para assinantes, ao passo que dá acesso livre a uma larga gama de outros materiais, como as colunas de opinião e vídeos.
Os defensores da política de assinatura alegam que o sistema não apenas traz recursos (U$ 70 milhões) para o jornal, mas mas cria uma elite de usuários premium e que os anunciantes estariam dispostos a pagar mais para ter acesso a eles. Murdoch, por outro lado, vinha defendendo a idéia de que a abertura traria mais leitores para a versão online e, consequentemente, mais anunciantes, compensando pela perda das assinaturas.
O assunto parece longe de estar encerrado, apesar das declarações de ontem...

Leia a notícia no próprio The Wall Street Journal

marcos palacios

Marcadores: , , , ,

1 comments links to this post

quinta-feira, janeiro 24, 2008

Sobrevida para os jornais online de conteúdo pago?

Há quem diga que os jornais online de conteúdo pago tendem a acabar, principalmente, pela concorrências com as corporações que derrubaram suas barreiras. Entretanto, outro aspecto pouco abordado é a indexação de conteúdo pelos sistemas de busca. Como é possível acessar o conteúdo de um jornal de conteúdo pago via cache, os usuários burlam este obstáculo. Bom, para os entendidos em tecnologia não é preciso ressaltar que é possível impedir o acesso de buscadores a seu conteúdo, mas esta ação diminuiria o fluxo de internautas ocasionais no seu site. A solução para este impasse - de continuar cobrando x indexação - foi o sistema ACAP que "brindará a la industria de contenidos en todo el mundo el incentivo para innovar, crear y difundir", dijo Gavin O'Reilly, Presidente de la WAN (Associação Mundial de Jornais).

De acordo com Gavin, "los periódicos, revistas, libros, diarios, editores de directorios: cualquiera que esté vinculado a la edición digital puede desde ya adoptar un estándar que protegerá sus intereses y los hará dueños de sus propios contenidos". Segundo o informativo disponível aqui, é possível, por exemplo "especificar datos para informar a los robots de búsqueda sobre cómo podían los nuevos agregadores usar sus contenidos, que estos no podían ser archivados, que sólo los robots de búsqueda pertenecientes a sitios suscritos podían acceder a contenidos a través de una barrera paga e incluso sugirió que el contenido fuese reducido a breves resúmenes que podían aparecer en un sitio agregador de información". E ainda, o "ACAP también sirvió para conceder la autorización de
uso de contenidos a los robots de búsqueda conocidos pero no a aquellos que el editor desconocía."

Acho que esta é uma nova tentativa de retomar o controle sobre os conteúdo que antes (mesmo pagos) eram acessados de forma indiscriminada. A pergunta agora é: Será que vai dar certo?

Pablo Barbosa

Marcadores: , ,

1 comments links to this post

The Atlantic : Revista de cultura e política passa a ter acesso livre na Web

A importante revista política e cultural, The Atlantic, anunciou que a partir de agora tem seu acesso liberado na Web para todos os seus textos na íntegra, inclusive arquivos de 1995 ao presente.
Somente os artigos anteriores a 1994 (regredindo até 1857) são considerados conteúdo premium, exigindo pagamento para acesso.
A edição impressa tem cerca de 425 mil leitores.
Via Read/Write Web

marcos palacios

Marcadores: , , ,

0 comments links to this post

Concurso leva jornalista para trabalhar no Washington Post

The Washington Post e o Centro Woodrow Wilson estão convidando os jornalistas do Brasil, México, Colômbia e El Salvador para participar de um concurso. Os concorrentes devem enviar propostas de trabalhos sobre um tema de importância noticiosa que envolva relações entre o país de origem do jornalista e os Estados Unidos.

Os cinco ganhadores trabalharão na redação do Washington Post, na capital dos Estados Unidos, onde terão acesso a editores, repórteres e investigadores. Os candidatos devem ser jornalistas de meios impressos ou de internet (diários, semanários ou revistas).

Quem tiver interesse pode conseguir mais informações no Blog de Octavio Islãs.

Alberto Marques

Marcadores: ,

0 comments links to this post

Antena 3 também abre canal no YouTube

Antena 3 estreou nesta semana uma nova página para eleições e abriu um canal no YouTube: Elecciones 9 M. A decisão segue a mesma proposta da TVE, da Espanha. Num post, aqui no blog, o professor Elias Machado mostra que a idéia é criar "uma plataforma em que os cidadãos possam interagir com os políticos nas eleições deste ano, podendo sugerir perguntas que serão feitas aos candidatos no debate programado pela emissora".
Via eCuaderno.

Alberto Marques

Marcadores: ,

0 comments links to this post

Blogs e colunas: conversas de bar não substituem ensaios


"Blogs são como salas de bate papo em um bar e não podem ser tomados tão seriamente quanto colunas em um jornal". Pelo menos é essa a opinião de Simon Jenkins, ex-editor do The Times.

Prestando declarações a um Comitê de Comunicação da Casa dos Lords da Inglaterra, que investiga padrões de propriedade das empresas noticiosas britânicas, Simon Jenkins disse que a diferença entre os dois formatos era comparável a "escrever um ensaio equilibrado" - por um lado - e "largar sua caneta, ir a um bar e contar ao cara que sentar ao seu lado o que você realmente pensa" - pelo outro lado.
"É a diferença entre o escrito e a conversa de bar e é por isso que eu não posso tomar (o blog) a sério demais. O tipo de pessoa que comenta é o tipo que responde para você numa conversa de bar".
Ele considera que a flexibilidade envolvida em se escrever para um blog é "bastante estimulante", mas ressalta que não quer vê-lo substituindo a "antiquada"(old fashioned) coluna.
Jenkins mantém um blog no Huffington Post.
Por outro lado, Andrew Neil, ex-editor do Sunday Times, prestando depoimento ao mesmo Comitê, argumentou que os jornais estão empregando a blogueiros para garantir que as opiniões não se tornem maçantes.
"O aparecimento dos blogs e das opiniões fora do circuito da média tradicional (mainstream) causou um problema para os jornais porque frequentemente esses blogs são mais interessantes que os editoriais nos jornais", explicou Neil.

marcos palacios

Marcadores: , ,

0 comments links to this post

quarta-feira, janeiro 23, 2008

Twitter: uma tendência a ser seguida

Dan Blank, em seu blog, chama atenção dos jornalistas para uma tendência a ser seguida: Twitter. Ele fez uma coletânea de opiniões interessantes e justifica:

"Because its snowball affect is coming quickly, and you have the chance to be a part of its evolution, instead of playing catch-up with other platforms like social media, video, blogging and podcasts. Twitter is a conversation, and you should be a part of it".

Alberto Marques

Marcadores:

0 comments links to this post

Ciranda de Textos: falando sobre qualificação profissional


Uma contribuição para a Ciranda Textos, que está sendo lançada hoje no Blog do André Deak.




Falar hoje sobre a qualificação profissional do jornalista é assunto dos mais oportunos, com duas postagens sobre o assunto pescadas em dois importantes blogs de nossa área.
A Mindy McAdams deu uma palestra para jornalistas que estão se formando agora e enumerou o que considera as atitudes fundamentais para o profissional que vai agora enfrentar o mercado. De quebra, ela produziu uma lista de recursos, que podem ser muito úteis para qualquer jornalista, novato ou experiente.

Eric Ulken, um produtor no The Los Angeles Times e instrutor na USC, analisou todas as descrições de perfís buscados em anúncios de empregos para jornalistas, publicados durante um ano no JournalismJobs.com.






Ulken omitiu palavras não-técnicas (como por exemplo, “editor”, “procura” e “iniciante”) e construiu uma nuvem de tags com o resto. O resultado foi essa nuvem aí (clic na imagem para ampliar).
Diz muito ou não diz?

O desafio é enorme e os cursos de Jornalismo em nossas Universidades e Faculdades estão longe de oferecer uma resposta à altura. Pensamos e agimos didaticamente ainda em base a modelos "feudais", com o jornalismo ainda concebido fundamentalmente em termos de "suportes" (jornalismo impresso, radiofônico, televisivo, empresarial, etc) solenemente ignorando os fenômenos de convergência, que saltam à vista.

É verdade também que o movimento de renovação não é homogêneo e alguns cursos estão mais avançados do que outros em sua reformulação curricular e movimentação no sentido de levar os programas para a era digital, mas no geral a situação é ainda incipiente em termos de fazer face ao desafio.

Uma das maneiras de começar - ou seguir adiante- é tomar pé da situação. Onde estamos? Para onde devemos seguir? Que experiências estão sendo feitas?

São promissoras, nesse sentido, as iniciativas de constituição de grupos de trabalho e grupos temáticos tendo como eixo o ensino do jornalismo, como vem ocorrendo, por exemplo, nos encontros da SBJor e do Fórum Nacional de Professores de Jornalismo, nos quais o ensino tem tido presença constante em mesas temáticas.

A formação de redes de pesquisa, envolvendo múltiplas instituições de ensino e tendo a renovação contínua do ensino como tema, é outra necessidade urgente. Nesse sentido, remeto os interessados para os resultados obtidos pela Red ICOD, que envolvendo universidades da Europa e América Latina, debruçou-se por dois anos sobre a análise da situação, produzindo um diagnóstico preliminar, identificando as qualificações digitais fundamentais nas várias área da Comunicação Social e relatando diversas experiências que podem ser muita utilidade nesta discussão. O Relatório está online, em quatro idiomas, inclusive espanhol e português.

marcos palacios

Marcadores: , ,

0 comments links to this post

Começou hoje a Ciranda de Textos


Vários blogs irão publicar textos sobre jornalismo online nesta quarta-feira na primeira rodada da Ciranda no Blog do André Deak, a cada mês, um deles fará uma espécie de guia de leitura: um resumo de cada texto e um link para o endereço onde ele se encontra. É o modelo dos Blogs Carnivals, que recebeu o nome de Ciranda de Textos.
Uma excelente iniciativa e o Jornalismo & Internet terá todo interesse em participar da empreitada.

marcos palacios

Marcadores: , ,

0 comments links to this post

Last.fm libera música e passa a pagar artistas

Last.fm, úm dos mais conhecidos sites de música online, liberou totalmente as músicas para seus usuários que agora podem ouvir inclusive álbuns completos on demand. E anunciou também vai pagar aos artistas pelas músicas que são baixadas em stream. A notícia vem do próprio blog do Last.fm.
Por enquanto o novo modelo se aplica para USA, UK e Alemanha, mas o anúncio indica que em breve a novidade vai se espalhar para o site em outras partes do mundo.
Alguém ainda duvida que novos modelos de negócios são a saída para a crise dos copyrights?

marcos palacios

Marcadores: ,

0 comments links to this post

The Independent está de cara nova

The Independent inaugurou hoje seu novo web site.
O destaque vai para Sound & Vision que incrementa o uso de áudios e vídeos no jornal.
Conheça as mudanças.

marcos palacios

Marcadores: ,

0 comments links to this post

Alberto Cairo fala sobre infografia multimídia

Para quem tem interesse em infografia multimídia, aqui está uma super dica: um vídeo, com 1h30 de duração, de uma palestra de Alberto Cairo, que esteve na Universidade Carlos III, de Madrid. Caso o link não abra, o blog do Nupejoc explica que basta atualizar o Windows Media Player para funcionar.

Alberto Marques

Marcadores:

1 comments links to this post

TVE da Espanha assina acordo com Youtube

A TVE da Espanha acaba de assinar acordo com Youtube para criação de uma plataforma em que os cidadãos possam interagir com os políticos nas eleições deste ano, podendo sugerir perguntas que serão feitas aos candidatos no debate programado pela emissora.
Via El Mundo.

Elias Machado
0 comments links to this post

Que competências técnicas deve ter um jornalista hoje?

Eric Ulken, um produtor no The Los Angeles Times e instrutor na USC, analisou todas as descrições de perfís buscados em anúncios de empregos para jornalistas, publicados durante um ano no JournalismJobs.com.
Ulken omitiu palavras não-técnicas (como por exemplo, “editor”, “procura” e “iniciante”) e construiu uma nuvem de tags com o resto.
O resultado foi essa nuvem aí (clic na imagem para ampliar).
Diz muito ou não diz?
Via Cyberjournalist.net

marcos palacios

Marcadores: , ,

1 comments links to this post

Qual a bandeira mais horrorosa?

Um professor de filosofia neozelandês fez em sua página da internet um ranking um tanto quanto polêmico: elegeu as melhores e as piores bandeiras do mundo, levando em conta apenas o valor estético.
Para ele, a nossa bandeira é a “mais feia entre todas as nações independentes”. Já a bandeira da Argentina é considerada bela, com “boa escolha de cores”.
A das Ilhas Marianas do Norte, que ficou em último lugar, “parece feita de um clip art”, segundo ele.
Veja aqui a nota de cada país .
Via Blog da Redação

marcos palacios

Marcadores: ,

0 comments links to this post

Comparando o mais delgado com o mais leve: MacBook Air x Sony Vaio TZ

O próprio Steve Jobs usou comparações com o Sony Vaio para fazer sua apresentação do MacBook Air, na semana passada.
O Daily Marauder, considerando que Jobs era parte interessada, resolveu refazer a comparação, ponto a ponto.
Confira o resultado.

marcos palacios

Marcadores: , , ,

0 comments links to this post

Sexografando

Aqui-Ali, um usuário do Flickr, postou esta foto de um casal fazendo sexo, obtida com uso de exposição longa. Uma mancha erótica e um quantum de movimentos energéticos.
Via BoingBoing

marcos palacios

Marcadores:

0 comments links to this post