segunda-feira, junho 30, 2008

Infografia 2.0 de Alberto Cairo

Alberto Cairo já disponibilizou no seu blog, o sumário do seu livro "Infografia 2.0: visualización interactiva de información en prensa", que será lançado em setembro deste ano. Primeiramente, o livro será comercializado na Espanha, país natal de Cairo, mas ele garante que as primeiras páginas estarão disponibilizadas para download em formato pdf. Leia uma síntese da contracapa do livro:

  • "Vivimos un tiempo de transición para la infografía periodística, el uso de diagramas con fines informativos. La irrupción de Internet y de nuevas herramientas y técnicas ha desencadenado una etapa llena de incertidumbres tanto en el mundo profesional como en el académico. Éste es el primer libro en identificar las características del nuevo entorno y en ofrecer respuestas al mismo tiempo a los interrogantes tradicionales, que han condicionado el desarrollo de la disciplina, y a los que han surgido en los últimos años: de dónde procede la infografía, cuáles son sus bases teóricas y objetivos, hacia dónde está evolucionando y cuáles son los medios en la vanguardia de la renovación del género".


Adriana A. Rodrigues

Marcadores: , , ,

0 comments links to this post

Ciberjornalismo foi tema de Seminário na UFMS

O Grupo de Pesquisa em Ciberjornalismo da UFMS (CIBERJOR) realizou no último dia 20 de junho Seminário para inaugurar as atividades do Grupo. O Seminário teve a participação de pesquisadores, professores, profissionais e estudantes de jornalismo de Mato Grosso do Sul.

A palestra do Seminário foi realizada pelo coordenador do Grupo de Pesquisa em Jornalismo Online da Universidade Federal da Bahia (GJOL/UFBA), professor Dr. Marcos Palacios, que falou sobre o "alargamento do jornalismo" a partir do advento internet. Palacios destacou que o ciberjornalismo não possui as limitações dos outros suportes midiáticos, como por exemplo televisão que tem o limite do tempo ou jornal impresso que tem o limite do espaço. Salientou ainda que o texto curto e rápido no ciberjornalismo é um mito implantado pelas empresas jornalísticas que não corresponde a realidade do meio.

O Grupo de Pesquisa em Ciberjornalismo da UFMS (CIBERJOR/UFMS) possui 12 pesquisadores entre professores e estudantes de jornalismo, sendo da UFMS Davi Trigueiro, Gerson Luiz Martins, Éser Cáceres, Márcio Licerre e Taís Tessaroli; da UCDB, Inara Silva; da Uniderp, Thaísa Bueno; da Estácio de Sá, Lucas Reino; e os estudantes da UFMS, Fernanda Lopes, Laryssa Caetano, Kleomar Carneiro e Catarine Sturza.

A primeira reunião do CIBERJOR/UFMS acontece no próximo dia 3 de junho, às 15h00, na UFMS.

Confira as fotos do Seminário:
Por Gerson Luiz Martins

Marcadores: , , , ,

0 comments links to this post

Wordpress como plataforma de publicação em atividades de ensino de jornalismo

Fruto da disciplina Jornalismo Investigativo, que a Profa. Adriana Santana conduziu neste semestre na UFPE, 28 estudantes, em sua maioria do 3º período, o Descampado é uma extensa reportagem, usando o Wordpress como plataforma de publicação. Pauta, apuração, entrevistas, imagens, redação, edição e checagem ficaram dos estudantes, que cumpriram a tarefa de 'radiografar' o campus da Universidade.
Tenho usado o Wordpress de maneira semelhante, com ótimos resultados, até mesmo com estudantes de primeiro semestre da FACOM/UFBA. Aqui está um exemplo de trabalho feito por uma dupla de calouros, tendo como tema um bairro pouco conhecido da cidade.
O Wordpress enquanto plataforma, pode não ser uma Brastemp, mas sempre é melhor que amaldiçoar a escuridão...

marcos palacios

Marcadores: ,

0 comments links to this post

And now, for something different: Yandex um motor de buscas russo


E se de repente você resolvesse fazer uma busca não no Google ou Yahoo, mas em um buscador russo?
Eu experimentei.
Trata-se do Yandex, um motor de buscas russo, que descobri através de uma reportagem do Spiegel Online, que bombou no Digg.
O Yandex tem 44% do mercado russo (10 pontos à frente do Google) e é considerado o segundo buscador europeu, na classificação do comScore.
Os resultados foram bastante curiosos.
A interface é em russo, claro, mas não se apertem com isso. É evidente onde a expressão de busca deve colocada e óbvio onde está o botão Buscar.
Fiz várias tentativas em inglês, espanhol e português, com resultados variáveis em termos de utilidade, mas sempre bastante diferentes do que eu obteria normalmente googlando.
Ao testar "Blog do GJOL", aparecemos na primeira posição da primeira página de resultados, porém não através do endereço do Blog, mas sim através de nossa lista lista pública de feeds do agregador Bloglines .
O que talvez já diga alguma coisa sobre o funcionamento do algoritmo em uso pelo Yandex.
Divirtam-se

marcos palacios

Marcadores: , , ,

0 comments links to this post

domingo, junho 29, 2008

Linha do tempo de Bill Gates

Do excelente Gizmodo, veja a trajetória de Bill Gates, contada de forma visual através de uma linha do tempo desde o nascimento dos seus pais até sua aposentadoria da Microsoft na última sexta-feira.

Adriana A. Rodrigues

Marcadores: , , ,

0 comments links to this post

Toda água e todo o ar do planeta

Uma imagem produzida por Adam Nieman da Science Photo Library, mostra as quantidades totais de água (esquerda) e ar (direita) existentes no planeta, quando agregados em um só ponto da Terra e retratados na mesma escala. As imagens geraram muita discussão sobre sua fidelidade e validade científica.
No Blog de Dan Phiffer há uma discussão e cálculos matemáticos que tentam provar a validade da representação. N
Não me atrevo a opinar.
Sou péssimo em matemática.

marcos palacios

Marcadores: , ,

0 comments links to this post

Querendo reinventar o jornal e escorregando no modelo de negócio

Numa semana marcada pela perda de pelo menos 1000 postos de trabalhos nos jornais norte-americanos, J.D. Lasica, no Social Media, chama a atenção para o comentário de Leonard Pitts Jr., um colunista do Miami Herald, que fala da necessidade de reinventar o jornal.

Lasica assinala que Pitts Jr. começa bem ao afirmar que:
"Nós, que estamos no negócio de venda de notícias, ainda temos que nos adaptar. Sim, todo jornal agora tem um site. Alguns, como Herald, têm também Tv e rádio. Eu estou falando de algo mais: uma radical mudança de foco.
"Nós ainda tendemos a ver nossos websites como subsidiários à nossa missão primária de produzir jornais. Mas eu sugiro que nossa missão primária é reportar e comentar sobre notícias e que é o jornal que se tornou subsidiário.
Assim, talvez tenhamos que encarar a Internet não como uma coisa extra que nós fazemos, mas como o centro das coisas que fazemos. Talvez tenhamos que maximizar o fato de que nós conhecemos nossas cidades melhor do que ninguém. Talvez tenhamos que encarar nossos websites não apenas como recreações online de nossos jornais, mas como entidades em si mesmos, portais de destino para aqueles que buscam notícias e pontos de vista a partir e sobre uma determinada cidade, mas também para aqueles que querem encontrar um bom médico na cidade ou contatar os líderes locais, ou pesquisar a história daquela cidade. Talvez nosso objetivo seja nos tornamos o guia indispensável de nossas cidades."

Até aí tudo bem, comenta J.D. Lasica.
Mas vem então o escorregão:
"E então, talvez possamos contratar as pessoas brilhantes que descobriram como fazer o Google e o Yahoo lucrativos e perguntar a eles como fazer nossos sites lucrativos também."

E vem então a pérola:
"Talvez - e aí vai uma idéia herética - seja tão simples quanto fazer com que os leitores online paguem por nosso produto, como pagam os leitores no impresso".

E J.D. Lasica ironiza:
"Ha, ha!
Isso vai realmente funcionar! Por que ninguém pensou nisso antes? "

marcos palacios

Marcadores: ,

2 comments links to this post

Mapeando o clima com Twitter

Walter Rafelsberger teve uma idéia: usar informações do Twitter para mapear o clima. Criou um algoritmo que analisa conversações sobre tempo (que ele obtém no Twitter) e as transforma em ícones sobre um mapa.
Rafelsberger é um pesquisador no Departmento de New Media Technology da MODUL University em Viena.
E ainda tem gente perguntando se o Twitter está morrendo...
Via Data Mining

marcos palacios

Marcadores: , ,

0 comments links to this post

Português é segunda língua para teses e dissertações na NDLTD

No Blog do Kuramoto ficamos sabendo que o português é a segunda língua em termos de Teses e Dissertações disponíveis na Networked Digital Library of Theses and Dissertation (NDLTD). Kuramoto explica que na NDLTD "aparecem 67.924 teses e dissertações do Brasil, todas extraídas da Biblioteca Digital Brasileira de Teses e Dissertações (BDTD), sistema desenvolvido, implantado e coordenado pelo Instituto Brasileiro de Informação em Ciência e Tecnologia (IBICT).
"É interessante notar que praticamente a BDTD é uma das poucas bases alí coletadas. Pelo menos, é a que maior quantidade de registros contribuiu para aquela aplicação. E isso só pode ser explicado pelo fato de a BDTD seguir padrões internacionalmente adotados. Graças a esses padrões a BDTD tem sido coletada por diversas initiativas internacionais como a NDLTD, a Universidade do Chile, e outras instituições".

marcos palacios

Marcadores: , ,

0 comments links to this post

sábado, junho 28, 2008

A nova cara colorida do The Times

The Times, de Londres, está com um novo design em sua versão impressa.
As alterações foram motivadas, principalmente, pelo novo padrão de impressão de cores adotado pela jornal.
Jon Hill, associate designer do The Times, explicou para o Visual Editors quais foram as principais mudanças, suas razões e seus efeitos.

marcos palacios

Marcadores: , ,

0 comments links to this post

O Twitter está morrendo?

Dave Winer, no Scripting News, pergunta se o Twitter está morrendo. A questão decorre das contínuas falhas que o sistema vem apresentando, com largos períodos de silêncio e queda de comunicação. Junho foi um mês bastante complicado, nesse sentido. E esta semana foi particularmente brava. Jay Rosen parece compartilhar as preocupações de Winer, sobre uma possível morte prematura da rede.
Cá entre nós, a estas alturas, com tantos assinantes (Twitter não informa quantos), alguém pode seriamente acreditar que o sistema morrerá sem que apareça um Google ou assemelhado comprando a coisa?
Hum.... Agora me conta aquela do papagaio fanho...

marcos palacios

Marcadores: ,

1 comments links to this post

Fazendo música no ar



Para explicações técnicas visite o Create Digital Music de onde o vídeo saiu.

marcos palacios

Marcadores: ,

0 comments links to this post

Curso sobre Infografia

Acontece no México, em Querétaro, entre 11 e 13 de julho, um curso sobre Infografia. A organização é da infografista, design e ilustradora mexicana Lizzeth Huerta Priego, que também ministrará o curso, e do Recurso Criativo. Veja mais detalhes sobre o curso.


Adriana A. Rodrigues

Marcadores: , ,

0 comments links to this post

Utilizações alternativas para o seu laptop

Saídas do Obvious esta e muitas outras utilizações alternativas. Excelentes, especialmente quando a máquina dá pau e você perde a esportiva.
Escolha a sua.

marcos palacios

Marcadores: ,

0 comments links to this post

Google Ads: Brasil como campo de testes para invasão de privacidade?

O jornalista Saul Hansell, no New York Times, denuncia o que para ele parece ser uma censurável quebra de confidencialidade: o Google estaria usando palavras-chave das buscas de seus usuários para inserir anúncios relacionados com os tópicos buscados (targeting). Isso, enfatiza Hansell, a despeito de que a companhia tenha declarado, "em ocasiões anteriores", que não usava esse tipo de informação para fazer inferências sobre seus usuários com o propósito de selecionar anúncios para mostrar a eles.
Uau! Que novidade! O Google está quebrando nossa privacidade! Usando dados recolhidos de nossos hábitos de busca para direcionar publicidade! Nos Estados Unidos, o fato foi denunciado por Gene Munster, um analista de seguros, e parcialmente confirmado pelo Google, que não deu detalhes da "operação".
O que surpreende para um brasileiro lendo a notícia é, naturalmente, o fato de que esse "targeting" de anúncios já é coisa muito velha por aqui, como todos estamos carecas de saber. Na ilustração acima, uma busca usando "curso de inglês" como palavra-chave, bvemos a inundação de publicidade direcionada gerada: em amarelo nos primeiros postos dos resultados e em toda a coluna da direita.
Possivelmente o algorítmo esteja sendo testado aqui e em outros países "liberais" que não se importam com frioleiras como "invasão de privacidade", "declarações de que os dados dos usuários estão seguros", "respeito e não utilização comercial de dados recolhidos" e outras coisinhas bobas como essas.
Bem, se usam nossos países como "campo de teste" para novas drogas e "pesquisas médicas", que dirá de inocentes técnicas publicitárias...
Benvindo, Saul Hansell, ao mundo do desrespeito à regras e do vale-tudo...

marcos palacios

Marcadores: , ,

1 comments links to this post

sexta-feira, junho 27, 2008

Agregando notícias legais e oficiais de vários jornais

Public & Legal Notices é mais uma forma de agregar informação. Desta vez em colaboração: os jornais de South Dakota se uniram para criar um site que agrega notícias públicas e legais publicadas em todos eles.
Pode-se buscar em combinações de título, palavras chave, datas, distritos, cidades ou pelo nome do jornal. Os resultados mostram as páginas dos jornais onde as notícias foram originalmente publicadas.

marcos palacios

Marcadores:

0 comments links to this post

Bye bye Bill Gates

Recomendado por Pablo Mancini, um bom artigo de Enrique Dans sobre Bill Gates, que hoje deixou seus escritórios na Microsoft.

marcos palacios

Marcadores: ,

0 comments links to this post

Internautas no Brasil: superada a marca de 40 milhões

Número geral superou pela primeira vez a marca de 40 milhões, com 23,1 milhões de internautas residenciais, diz Ibope//NetRatings.
Dados do primeiro trimestre de 2008 revelam que 41,5 milhões de pessoas com 16 anos ou mais declararam ter acesso à internet em qualquer ambiente - casa, trabalho, escola, cybercafés, bibliotecas, entre outros.
23,1 milhões de pessoas acessaram a web a partir de suas casas.
Mais no IDG Now

marcos palacios
1 comments links to this post

Um bom uso jornalístico de mapa interativo: os estragos de um tornado

O DesMoiesRegister montou um ótimo mapa interativo mostrando os estragos feitos por um tornado que destruiu um terço da cidade de Parkersburg,
Zooms, fotos de "antes e depois", fotos aéreas, vídeos, possibilidades de superposição de imagens, e uma série de filtros para se especificar exatamente que quantidade de informação se quer receber em cada caso.
Via Journalism.co.uk

marcos palacios

Marcadores: , ,

0 comments links to this post

quinta-feira, junho 26, 2008

Dois anos!

Estamos comemorando hoje o segundo aniversário de nosso Blog.
Obrigado a todos que têm colaborado, visitado, comentado.

marcos palacios e equipe GJOL

Marcadores:

11 comments links to this post

quarta-feira, junho 25, 2008

Alan Rusbridger (Guardian) fala sobre problemas do jornalismo contemporâneo

Alan Rusbridger, Editor do Guardian, fala no Frontline Club de Londres, sobre as mudanças na produção de notícias, os problemas envolvidos em um sistema 24/7 e muitos outros assuntos relacionados com o jornalismo contemporâneo.
O Fontline é um conhecido clube inglês, frequentado por jornalistas, localizado em 13 Norfolk Place, perto da Paddington Station em Londres, onde debates sobre a mídia são realizados.
O entrevistador é o jornalista inglês Stephen Sackur. O clima da entrevista é informal e a conversa é muito instrutiva.
É um vídeo (com quase uma hora e meia de duração!), mas as imagens importam pouco e minha sugestão é que vocês acionem o som, minimizem a imagem, ouvindo a conversa no background, enquanto outras tarefas vão sendo executadas. Para mim funcionou muito bem.
Via Sacred Facts
marcos palacios

Marcadores: , ,

0 comments links to this post

Fotojornalismo em amplitude

The Boston Globe lançou um excelente blog. The Big Picture é justamente o que o nome diz: um espaço para fotos com formatos grandes. A idéia é aprofundar, visualmente, as notícias publicadas. Um exemplo são as imagens que retratam o cotidiano em Sadr, no Iraque.
Via Futuratronics.

Alberto Marques

Marcadores: ,

0 comments links to this post

O que Obama ouve no i-Pod

Bob Dylan. Yo-Yo Ma. Sheryl Crow. Jay-Z. Bruce Springsteen. Essses são alguns dos artistas incluídos no i-Pod de Barack Obama, segundo uma entrevista que circulará na revista Rolling Stone de julho. Obama é capa.
Tendo crescido nos anos 70, o candidato a presidente é fã dos Rolling Stones (com destaque para "Gimme Shelter"), Elton John e Earth, Wind & Fire, mas seu grande herói de juventude era Stevie Wonder.
Junto com cerca de 30 músicas de Bob Dylan, Miles Davies, John Coltrane e Charlie Parker também fazem parte da seleção do i-Pod de Obama.
"Tenho gostos ecléticos", declarou o senador em sua entrevista.
Perguntado sobre o rap, Obama disse que a música ajudou a quebrar algumas barreiras, mas confessou que se preocupa com suas filhas Malia (9 anos) e Sasha (7 anos) ouvindo músicas do gênero, devido ao conteúdo materialista e misógino de muitas das letras.
Via The Huffington Post

marcos palacios

Marcadores:

0 comments links to this post

Olhares é vendido ao Grupo Impresa

Com 115 mil fotógrafos registrados e cerca de 1,3 milhões de fotografias online, o excelente site de compartilhamento de imagens, Olhares.com, foi vendido para o Grupo Impresa, detentor do Expresso e da SIC. O acordo para adquirir 51% da 7GRAUS – Sistemas de Informação LDA, proprietária de sites de fotografia online como o Olhares e o Zyeuter – atingiu o valor de 408 mil euros.
Diariamente são inseridas cerca de 2500 novas fotos nesse site. De acordo com os dados de Abril do NetScope da Marktest, o Olhares ocupa o segundo lugar em termos de "page views", o que corresponde a 34,4 milhões de páginas vistas por mês, recebendo a visita de 1,3 milhões de pessoas diferentes todos os meses.
Não sei o que representa a compra em termos de interesses comerciais e qual será o impacto do negócio para os usuários, mas espera-se que não estejam vislumbrando o uso comercial das fotografias compartilhadas. De qualquer forma, para quem gosta de fotografia, uma visita ao Olhares é indispensável.
Via Fotojornalismos.

Alberto Marques

Marcadores: ,

3 comments links to this post

segunda-feira, junho 23, 2008

SEO: manual e guia livres para baixar

Javier de VSEO elaborou um excelente guia e um manual bastante completo sobre práticas de SEO (pdf). Para quem tiver interesse no tema, o conteúdo dos dois arquivos é extremamente aconselhável.
Via Blog-o-Corp.

Alberto Marques

Marcadores:

0 comments links to this post

Blogs y medios está disponível para download

Está disponível para download o livro Blogs y medios. Las claves de una relación de interés mutuo (pdf). A obra, que está em domínio público, é de José Manuel Noguera e é baseada em sua tese doutoral. A edição gratuita é mais ampla que a versão impressa.
Via La Azotea.

Alberto Marques

Marcadores:

0 comments links to this post

domingo, junho 22, 2008

L´Animateur



Porque hoje é Domingo.
E porque todos merecem ver isso.
L´Animateur de Nick Hilligoss é a animação vencedora do Festival de Berlin deste ano.

marcos palacios

Marcadores: ,

1 comments links to this post

As massas são estúpidas? 49% dos norte-americanos querem Internet regulamentada



A pergunta foi colocada pelo History News Network, comentando a notícia que, segundo uma pesquisa realizada pelo Rasmussen Report, 49% dos norte-americanos consideram que o governo federal deveria regulamentar a Internet, nos mesmos moldes em que são controlados a televisão e o rádio. 35% discordam e 16% estão indecisos.
A pesquisa coincide com o julgamento em corte federal de um caso sem precedentes: uma mulher do Missouri está sendo acusada de ter criado uma conta fictícia na rede de relacionamentos MySpace para assediar a filha de 13 anos de um de seus vizinhos.
Lori Drew - a acusada - passou-se por um garoto de 16 anos para seduzir Megan Meier, a menina do vizinho, e depois rejeitá-la de maneira brutal. Ao que parece, a motivação de Lori para essa atitude foi uma briga entre sua própria filha e a menina do vizinho. Tudo isso online, é claro.
O problema é que como resultado da rejeição pelo "namorado virtual", Megan Meier (que tinha um histórico de depressão) cometeu suicídio. Lori Drew está sendo acusada de conspiração e de acessar um computador protegido para obter informações. Ela declara-se inocente.
Ramussen Reports é uma firma eletrônica especializada em pesquisas de opinião pública.
71% dos respondentes tinham algum conhecimento sobre o caso de Lori Drew, o que pode ter influenciado o resultado da pesquisa. Com vídeos (são muitos!) como esse aí acima relatando o caso de Megan, não é de se estranhar...

marcos palacios

Marcadores: , , ,

1 comments links to this post

Mapeando os campos científicos

No mapa acima, círculos laranjas representam campos de conhecimento, com os círculos maiores e mais escuros indicando os de maior tamanho, de acordo com o volume de citações em periódicos especializados. Uma seta do campo A ao campo B indica trâfego de citações de A para B, com as setas mais escuras e mais largas indicando maior volume de citações.
O mapa representa a área das Ciências Socias, de acordo com um método de mapeamento conhecido como eigenfactor.
Outros mapas, para o campo geral das ciências e em alta resolução etão disponíveis no site.

marcos palacios

Marcadores: ,

0 comments links to this post

sábado, junho 21, 2008

CNPq divulga ganhadores do Prêmio José Reis

O CNPq divulgou os ganhadores do Prêmio José Reis na modalidade jornalismo científico. A ganhadora foi Alicia Ivanissevich da revista Ciência Hoje. A jornalista Marluce Moura, da Revista Pesquisa Fapesp ficou com a menção honrosa. O prêmio, concedido pelo Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq/MCT) desde 1978, é destinado àqueles que contribuam significativamente na difusão da ciência e tecnologia para público leigo. Nesta edição, o CNPq recebeu inscrições de 34 candidatos, dos quais 50% da Região Sudeste, 20% do Nordeste, 15% do Sul, 12% do Centro-Oeste e 3% do Norte.
Elias Machado

Marcadores: , ,

2 comments links to this post

sexta-feira, junho 20, 2008

Download Day 2008 do Firefox estabelece novo recorde mundial

Com mais de 8 milhões de downloads, a versão 3.0 do navegador Firefox é (novamente) o software mais baixado em um período de 24hs. Desta vez o recorde foi estabelecido a 17 de junho data marcada para o Download Day 2008, (o número já chegava 13,621,852 às 8:50 do dia 20 de junho).

O anúncio foi feito pela fundação Mozilla e aguarda ainda validação da Guiness.
O recorde foi resultado da campanha Download Day 2008, que pretendeu durante o lançamento, no dia 17 de Junho, promover o programa e registrar o feito para o Livro Guiness. Os americanos fizeram 4 milhões de downloads, os alemães mais de 1 milhão. Brasil com 284 mil download e Argentina com 107 se destacam na América latina. Vale destacar que um país em que o Firefox parece ser especialmente popular é o Irã com mais de 480 mil downloads, marca comparável às dos paises europeus.

Quem participou da campanha pode inclusive imprimir um certificado.

Não acredita?

A nova versão traz uma série de melhoramentos ao navegador gratuito, um dos produtos mais populares do movimento de Software Livre. Produzido neste regime colaborativo de trabalho, o Firefox 3 é resultado de três anos de construção e testes, com a ajuda de milhares de voluntários em todo o mundo. Graças a este esquema já saiu traduzido em quase 50 idiomas.
O site oficial promete que a nova versão é "de duas a três vezes mais rápido que as versões anteriores e oferece mais de 15.000 melhorias, incluindo a revolucionária “Awesome Bar” (Barra de Endereços Inteligente), proteção contra malware e um enorme trabalho no código para aumentar a velocidade e a performance do navegador."

Esta Barra de Endereços Inteligentes que refina o seu funcionamento adaptando-se às preferências do usuário, melhores meios de arquivamento e pesquisa do histórico de navegação e dos favoritos.
O desempenho está melhorado via diminuição do uso da memória do computador e na apresentação mais rápida dos layouts das páginas. Vale notar que estas melhorias não influem na velocidade de acesso às páginas, que era aumentada nas versões anteriores pelo plugin Fasterfox.

O navegador promete ainda se mais seguro contra software "malicioso" em geral e identificar os sites visitados, evitando sites clonados e outras armadilhas da web.

De modo geral a nova versão parece mais leve e rápida, e tem funcionado bem, faz falta apenas a atualização de algumas extensões e dos temas gráficos, que devem ir sendo aos poucos adaptados ao novo sistema.

Marcadores: , ,

0 comments links to this post

O melhor das notícias filtradas pela Web 2.0

O Our Signal é um mashup que junta postagens do Digg, Reddit, Delicious e HackerNews, criando um agregador de notícias filtradas pela Web 2.0

marcos palacios

Marcadores: , ,

0 comments links to this post

quarta-feira, junho 18, 2008

Convergência de jornalistas na redação multimídia da BBC




Relato interessante na coluna "The Editors" da BBC e CyberJournalists.Net sobre a redação multimída da BBC de Londres, que aproximou a redação online das redações da rádio e TV para aproveitar melhor a construção das matérias num ambiente de convergência. Assim as notícias integram mais adequadamente video, áudio, gráficos e textos e distribui mais conscientemente para as plataformas de TV, rádio, web, móvel. Estas mudanças apontadas envolvem a convergência dos jornalistas dentro da redação multimídia para atender com mais agilidade às necessidades do público e usar os equipamentos de uma forma mais racional dentro de uma redação online que funciona 24 horas por dia. Siga as duas matérias: Newsroom changes e BBC News´jornalists converge.

Fernando Firmino da Silva

Marcadores: , ,

0 comments links to this post

Fotos antigas em 3D

Muito curioso!
Acessem para ver.

marcos palacios

Marcadores:

1 comments links to this post

Mais sobre a Economia da Atenção e Jornalismo

Nosso grupo de discussão no GJOL está se debruçando esta semana sobre a temática da Economia da Atenção, a partir do recente livro de Richard Lanham The Economics of Attention, no qual o assunto recebe um tratamento bastante particular e controverso. Para compartilhar um pouco da discussão que foi aberta no Grupo, remeto os interessados para o texto de uma conferência sobre assunto, proferida por Anthony Lilley, News International Visiting Professor for Broadcast Media, da University of Oxford, que encontrei no site do Magic Lantern e que expande o assunto.
O interessante, neste caso, é que Lilley enfoca, especificamente, aspectos do jornalismo na discussão da Economia da Atenção.

marcos palacios

Marcadores: ,

0 comments links to this post

Technorati cria rede para publicidade em Blogs

Indexando diariamente mais de um milhão e meio de postagens em blogs, estava tardando para que o Technorati utilizasse esse potencial para criar uma rede de publicidade em blogs. Agora está disponível. Mas não para quem quer; para quem pode. Preenche-se um formulário e aguarda-se para ver se o blog candidato a integrar a rede atinge os padrões requeridos.
Via La Brujula Verde.
Leia também comentário no Read Write Web.

marcos palacios

Marcadores: , , ,

0 comments links to this post

Vídeo em jornal online e vídeo em TV são coisas diferentes?

As diferenças entre vídeo para um jornal online e vídeo para TV foi o tema da mais recente discussão no @ Future of Journalism , uma série de conferencias internas do Guardian, tratando de uma larga agenda de temas relevantes para o jornalismo na Internet. O painel sobre vídeo nos jornais online foi moderado pelo colunista do Guardian Jonathan Freedland e composto por Suranga Chandratillake do Blinkx, Anthony Lilley da Magic Lantern, pelo Editor de Filmes do Guardian Maggie O'Kane e pelo Editor de Network do Guardian.co., Tom Happold.
Os participantes expressaram idéias ligeiramente conflitantes sobre o assunto, mas houve um ponto claro de convergência entre eles: qualidade é o bem maior a ser buscado.

marcos palacios

Marcadores: , , , , ,

1 comments links to this post

TV

Postagem de Carvall em Ong Pi, uma Ong politicamente incorreta.

marcos palacios

Marcadores:

0 comments links to this post

terça-feira, junho 17, 2008

10 razões para baixar a nova versão do Firefox

A versão 3.0 do Firefox está agora oficialmente disponível para download. Se você ainda não baixou a nova versão, o Lifehacker oferece 10 razões para você fazê-lo já.

marcos palacios

Marcadores: , ,

1 comments links to this post

Seminário de Ciberjornalismo terá conferência de Marcos Palacios

O Seminário de Ciberjornalismo promovido pelo CIBERJOR/UFMS terá a conferência do coordenador do Grupo de Pesquisa em Jornalismo Online da UFBA, professor Dr. Marcos Palacios. O evento acontece na sexta-feira, 20 de junho, às 19h00, no auditório do CCHS no campus da Universidade Federal de Mato Grosso do Sul.

O professor Dr. Marcos Palacios apresentará reflexão com o tema "O alargamento do campo jornalístico: panorama atual e cenários futuros" que faz referência ao desenvolvimento e perspectivas do Ciberjornalismo.

Na palestra, o professor Palacios coloca em questão as idéias correntes de que o "jornalismo está se tornando cada vez mais um processo conversacional", no qual cresce a interatividade e a colaboração entre os produtores e consumidores da informação, a partir das suposições de que, primeiro, "as novas tecnologias de comunicação estão produzindo um alargamento do campo jornalístico e como conseqüência tensionando o lugar e as práticas do jornalista e de outros profissionais da comunicação enquanto agentes sociais produtores de informação/conhecimento na sociedade contemporânea"; segundo, "o campo alargado do jornalismo insere-se no fenômeno mais amplo da proliferação da informação na sociedade contemporânea, e portanto é afetado pelos parâmetros de economia da atenção com conseqüências nos modos de produzir, difundir e consumir o jornalismo" e terceiro, "essas transformações afetam os modelos de negócios vigentes nas empresas de comunicação em todo o mundo".

Serviço:
O que: Seminário sobre Ciberjornalismo
Data: 20 de junho de 2008
Local: Auditório CCHS/UFMS
Hora: 19h00

Gerson Luiz Martins

Marcadores: , , , ,

0 comments links to this post

Pesquisadora discute "Modelos de Negócio On line"


A professora da Faculdade de Comunicação da Universidade de Navarra, Charo Sádaba está no Brasil onde abriu a aula inaugural do curso Master em Jornalismo Digital, que começou ontem em São Paulo, e que mantém uma parceria com a Universidade espanhola. Charo esteve na UFBa ano passado com outros pesquisadores, onde aconteceu o Colóquio Internacional Brasil-Espanha sobre Cibermedios, em que ambas as instituições de ensino matém um convênio. No Master, a pesquisadora abordou "Modelos de Negócios On line", onde faz um breve histórico das redes de comunicação a partir da década de 1970.
Para Charo, " ainda não há um modelo fechado e definitivo para as companhias ganharem dinheiro na operação internet, mas sim experimentos que ao longo do tempo foram se mostrando bem-sucedidos ou não e que também foram indicando os caminhos a serem seguidos. Na fase atual, é louvada a iniciativa de veículos como o The New York Times e o Wall Street Journal, que decidiram abrir e não mais cobrar dos seus usuários pelo acesso e uso de seu conteúdo, tendência que está sendo seguida no mundo inteiro".

Ao lado de Charo, participou também , o infografista Alberto Cairo, atualmente professor da Universidade de Carolina do Norte-Chapell Hill, nos Estados Unidos. Cairo, que lançará um livro este ano sobre infografia multimídia, abordou sobre a história da informação visual digital, explicando através de ilustrações, os bons e os maus exemplos nesta área de trabalho. O curso Master em Jornalismo Digital conta com a participação de profissionais de diversos veículos brasileiros, como o A Tarde On Line, Zero Hora, Correio Braziliense, Diário de Pernambuco, entre outros.


Via Master em Jornalismo Digital
Adriana A. Rodrigues

Marcadores: , , , , ,

0 comments links to this post

segunda-feira, junho 16, 2008

Your Attention, Please! Cartões de visita em tempos de Economia da Atenção


Nestes tempo de Economia da Atenção, quando abunda a Informação e - inversamente- torna-se escassa a Atenção, os cartões visita muitas vezes deixam de ser apenas mais um retângulo de papel cartonado, com o nome, endereço, telefone e e-mail da pessoa ou firma, condenado a ficar esquecido junto com tantos outros de formato e estilo similar, e passam a ser criativos exercícios de design para chamar Atenção, gritando para o mundo quem é aquele que se apresenta...
No [Re]Encoded dot Com estão 42 exemplos de cartões de visita "diferentes".

marcos palacios

Marcadores: ,

1 comments links to this post

Los Blogs "más influyentes" segundo Vanity Fair´s.


Esta noticia fue publicada hoy en ciberjournalist la cual versa sobre el modelo Blogopticon de la revista Vanity Fair´s que ubica mediante un sencillo diseño (blog matrix) cuáles son los weblogs más prominentes e influyentes tanto de noticias-opinión (eje vertical) como los más "groseros" o injuiriosos (eje horizontal). Más allá que ciberjournalist "agradece" de aparecer ubicado en el mismo, y que no es nada extraordinario considero que es un modelo válido de sistematización para conocer una parte de la Blogosfera norteamericana. Quizás hubiese sido interesante saber el método de ponderación que emplea dicha revista para haber colocado esos blogs como los más importantes.
Gonzalo Prudkin

Marcadores: , ,

0 comments links to this post

domingo, junho 15, 2008

Economia do Conhecimento: um sumário de idéias para reflexão

Hoje é domingo, há tempo para refletir.
Cristiano Antonelli ensina economia na Universidade de Turin (Itália) e pesquisa sobre a Economia do Conhecimento. Recentemente participou de um seminário sobre inovação. Luca de Biase em seu blog buscou resumir as principais idéias de Antonelli em sua fala. Busquei uma tradução tão fiel quanto ao meu alcance.
"O valor brota do conhecimento. O conhecimento tornou-se um fenômeno econômico. Sempre foi um pouco assim. Conhecimento é sempre produzido, sobretudo através do saber fazer. Mas hoje o suporte do conhecimento se tornou menos importante. O conhecimento se aliviou de seu suporte. O conhecimento se desincorporou. As consequências são importantes para a economia e para a ciência que a estuda.
1. O conhecimento é imitável. Pode ser imediatamente copiado. Os concorrentes podem se apropriar dele facilmente.
2. O conhecimento é um bem da experiência. O valor conhecimento se aprecia após havê-lo obtido. Difícl compreender como vendê-lo e como fazer que se pague por ele.
3. O conhecimento não se desgasta. Se o cedo a alguém, não o perco.
4. Portanto o mercado não governa o intercâmbio de conhecimento. O conhecimento enquanto bem econômico não está regulado pelo mercado. O mercado e a competição não funcionam para o conhecimento da mesma forma que para bens materiais.
5. Tenta-se resolver esse problema usando-se o direito de propriedade intelectual, como se fosse possível reduzir o conhecimento a um bem tradicional.
6. O conhecimento é indivisível. É estudado através de um conjunto de abordagens como economia, antropologia, matemática, filosofia... E se acumula. Pode-se reutilizar o conhecimento que vem do passado (História). Com os diplomas pago o conhecimento de hoje, mas não o de amanhã (não se pode gerar o conhecimento de amanhã pela somatória do disponível hoje). É portanto mais produtivo financiar-se a pesquisa com subsídios e financiamentos à universidade, para que haja conhecimento livremente utilizável amanhã.
7. Como transformar essas mudanças em vantagem? A vantagem é que o custo do acesso ao conhecimento disponível no ambiente é muito baixo (com relação ao custo de gerá-lo pela primeira vez). Este é uma tema que para o economista está na ordem das externalidades. O conhecimento externo é um recurso.
8. Mas é necessário saber utilizá-lo. Reconhecer-se o valor de aceder ao conhecimento externo. A exploração tem valor: buscar o conhecimento, saber onde estão as pessoas e centros que trabalham nas fronteiras do conhecimento. Deve-se ter no interior da empresa pessoas que saibam compreender, saibam absorver esse conhecimento externo. Essa absorção é um custo. O custo de absorver o conhecimento externo é necessário para recombiná-lo e integrá-lo no processo interno, a fim de gerar-se novos produtos.
9. O sistema se caracteriza pela complexidade. E pela seredipidade (serendipity). Variedade. Interconexão. Capacidade de gerenciar o novo conhecimento.
Agregue-se, sobretudo, isto: da mesma forma que as empresas devem tomar consciência de que o conhecimento externo é um recurso, assim também devem perceber que elas são tanto mais ricas quanto mais o ambiente externo é alimentado. E que vale a pena contribuir, restituindo ao ambiente o conhecimento gerado no interior das empresas. Ou alimentar a geração de conhecimento por parte de sujeitos como as universidade, os centros de pesquisa e os intelectuais"."

marcos palacios

Marcadores: , ,

0 comments links to this post

sábado, junho 14, 2008

Redes de relacionamento: personalize seu avatar

Há quem prefira utilizar avatares em redes sociais (Orkut, Facebook, Twitter, etc, etc) no lugar de fotos. Os sites de relacionamento têm imagens padrão para isso. O site mEgo possibilita que você crie seus próprioos avatares personalizados.
Para todos os gostos...
Via WWWhat' s new

marcos palacios

Marcadores: , ,

0 comments links to this post

Y!Messenger e Gtalk passarão a se comunicar

Depois do acordo de publicidade entre Google e Yahoo, agora chegou a hora de um pacto de interoperabilidade entre os serviços de mensagens instantâneas de ambas empresas. Isto quer dizer que, dentro em breve, os usuarios de Y! Messenger poderão conversar com os de Gtalk e vice-versa.
Como sucede com a interoperabilidade entre Windows Live Messenger e Yahoo, as comunicações entre os usuarios de serviços distintos terão limitações: não poderão ser intercambiados arquivos, nem abrir-se conferências em áudio ou trocados textos enriquecidos. Apenas conversações em texto serão admitidas.
Os contatos listados nos dois serviços poderão ser agregados.
Via Genbeta

marcos palacios

Marcadores: , , ,

0 comments links to this post