quarta-feira, dezembro 31, 2008

2009: residentes do Second Life comemoram entrada de ano

Pouco se falou do Second Life e dos mundos virtuais no ano de 2008, em comparação a outros anos. Não sei como andam os números de acesso dos residentes e as questões financeiras, mas as informações que circulam é que algumas empresas estão fechando e o número de residentes caiu expressivamente.

Hoje, no blog oficial do Second Life, vi que, em alguns países, os residentes já comemoram a entrada do novo ano. O que me chamou atenção é que, no blog e em outros espaços, diferente de anos passados, não divulgaram imagens das comemorações. A foto desta postagem foi a divulgada pelo blog oficial.

Desejamos, não só aos mundos virtuais, um ano melhor que 2008.
Um 2009 próspero.

Alberto Marques e equipe do GJOL

Marcadores: ,

0 comments links to this post

2008 foi o ano do Twitter

O ano de 2008 pode ser considerado o ano do Twitter. De acordo com o informe State of the Twittershpere (pdf), a empresa registrou um crescimento de 600% e tem em média cinco milhões de usuários.
Via Desde mi blog.

Alberto Marques

Marcadores: ,

1 comments links to this post

terça-feira, dezembro 30, 2008

2008 em imagens

Uma sensacional seleção de imagens de 2008 foi publicada no The Big Picture - News Stories in Photographs, blog do Boston.com. As fotos estão divididas em três partes: uma, duas e três. Vale a pena conferir!
Via Jornalismo e Comunicação.

Alberto Marques

Marcadores:

0 comments links to this post

Photoshop: uma interpretação da metáfora

Poderia afirmar, no meu entender, que esta imagem é a “decodificação da metáfora” utilizada no Photoshop. Com as ferramentas expostas, o autor, que não conheço, fez um excelente e criativo trabalho.
Via Capitulo 0.

Alberto Marques

Marcadores:

0 comments links to this post

segunda-feira, dezembro 29, 2008

Redes sociais móveis: uma seleção de aplicativos

Em todos os finais de ano, como citou Marcelo Freire, há uma chuva de retrospectivas, previsões e indicações dos melhores na web. Seja na blogosfera ou na midiaesfera. No blog do pesquisador André Lemos, encontrei uma lista de aplicativos para redes sociais móveis, feita pelo Social Networking Blog. Conheçam!

Alberto Marques

Marcadores: ,

0 comments links to this post

Top 10 - Sites mais populares

Como fim de ano é sinônimo de retrospectivas, previsões e listas, vamos a lista dos sites mais populares organizada pelo blog MoMB a partir dos sites com mais bookmarks registrados pelos usuários do del.icio.us.

1. wordle (18668 overall)
2. cuil (9732 overall)
3. fontstruct (9377 overall)
4. life-photo-archive (8091 overall)
5. muxtape (7133 overall)
6. downforeveryoneorjustme (6355 overall)
7. patterntap (6191 overall)
8. friendfeed (6063 overall)
9. taggalaxy (5582 overall)
10. goosh (5559 overall)

Marcelo Freire

Marcadores:

1 comments links to this post

domingo, dezembro 28, 2008

Padrões da Web Semântica

Em clima de fim de ano, o Blog ReadWriteWeb recopilou uma série de posts sobre a web semântica, seu conceito, tecnologia, aplicativos e aplicações. Destaque para a expicação sobre a organização semântica de base de dados.

Veja o Redux completo em inglês.

Marcelo Freire

Marcadores: ,

0 comments links to this post

quinta-feira, dezembro 25, 2008

A beleza do mundo visto do ar

Mais uma vez a Smashing Magazine reúne uma bela coletânea da imagens para inspirar fotógrafos, designers, e qualquer um com alguma sensibilidade. Desta vez, o tema são imagens aéreas. Veja o post.

Marcelo Freire

Marcadores:

0 comments links to this post

quarta-feira, dezembro 24, 2008

Então...é natal

Um post natalino para encarar a data com um pouco mais de mais de descontração. O blog Smashing Apps separou 21 anúncios inspirados pelo natal. Vale uma olhada no post em inglês para entrar no clima.

Feliz Natal

Marcelo Freire

Marcadores: ,

0 comments links to this post

segunda-feira, dezembro 22, 2008

YouTube bate Yahoo

Em novembro o You Tube bateu, pela primeira vez, o Yahoo em número de buscas em busca feitas por usuários americanos. O Google continua em primeiro lugar com 7,98 milhões de acessos, o YouTube em segundo com 2,79 milhões e o Yahoo teve 2,59 milhões. Segundo a análise do blog Beta Tales, é uma tendência dos jovens em realizar buscar não mais por texto e sim por vídeo. Leia o post em inglês.

Marcelo Freire

Marcadores:

1 comments links to this post

2009, o ano dos jornalistas

Fim de ano é uma época de previsões astrológicas. No campo do das comunicações também, é um período dos analistas oficializarem alguns chutes e brincarem de futorólogos. Desta vez, a previsão do blog do Andy Dickinson é bem positiva e está de olho em uma tendência apontada por vários especialistas e que já circula a blogosfera. Esse é o ano do jornalista porque haverá uma crescimento do valor individual do profissional em relação a marca da empresa de comunicação. Segundo o blog essa inversão de valores se completada até 2010. Veja o post completo.

Marcelo Freire

Marcadores:

0 comments links to this post

domingo, dezembro 21, 2008

Morre Garganta Profunda

O jornal Zero Hora elaborou um audioslide - formato que apresenta uma sequência de fotografias com um comentário ou narração - sobre o ex-subdiretor do FBI Mark Felt. Conhecido como Garganta Profunda, ele foi a fonte anônima que colaborou com a investigação dos jornalistas Bob Woodward e Carl Bernstein, do jornal The Washington Post, no Caso Watergate, no início década de 1970. Felt faleceu, aos 95 anos, na quinta-feira, dia 18 de dezembro.
Leia a cobertura do jornal The Washington Post sobre a morte de Felt.
O filme Todos os Homens do Presidente, vídeo a seguir, conta a história desta investigação jornalística que provocou a renúncia do presidente Richard Nixon.


video

Luciana Mielniczuk

Marcadores: , ,

0 comments links to this post

Há sempre um neo-Ludismo cada vez que há mudança, diz Clay Shirk

A Web está encurtando os nossos lapsos de atenção (attention spans)? Devemos nos preocupar com o "excesso de informação"? Há sempre um neo-Ludismo cada vez que há mudança?
"...information overload started in Alexandria, in the library of Alexandria, right?"
Clay Shirk, professor do Interactive Telecommunications Program da New York University, que recentemente escreveu Here Comes Everybody, um livro sobre como os novos meios de comunicação estão modificando o meio social, deu uma longa entrevista à Columbia Journalism Review.
O livro estará disponível em fevereiro de 2009.
marcos palacios

Marcadores: , ,

0 comments links to this post

Porque hoje é Domingo: as piores previsões da mídia para 2008

Está pensando em fazer previsões (políticas, econômicas, tecnológicas, etc) para o ano vindouro? Cuidado, essa é a mais escorregadia das áreas jornalísticas (a não ser é claro que você disponha de excelente bola de cristal ou de uma linha direta com o Onisciente..).
Assim, antes de começar a profetizar, confira as piores previsões feitas pela mídia norte-americana para o ano de 2008.

marcos palacios

Marcadores: , ,

0 comments links to this post

sábado, dezembro 20, 2008

Lamentamos o erro: o que a imprensa disse e desdisse em 2008

Graig Silverman é um jornalista freelance canadense que mantém o site Regret the Error e produziu um livro com o mesmo título, elencando erros (e correções) na imprensa em todo o mundo, além de apontar casos de plágios jornalísticos. Em uma postagem recente, Silverman traz "os melhores erros (!) da impresa de 2008".

marcos palacios

Marcadores: , ,

0 comments links to this post

Dueto: você e Elvis Presley

Você pode gravar a música "Blue Christmas" em parceria com o cantor neste site e, se gostar do resultado, pode enviar como cartão de Natal para amigos. A versão original da música foi um dueto gravado com Martina McBride. A promoção da Sony BMG permite que o internauta registre a sua voz no lugar da cantora. Via: Infosfera.
Luciana Mielniczuk

Marcadores: , ,

0 comments links to this post

sexta-feira, dezembro 19, 2008

Em busca de um melhor jornalismo para a rede

O segundo dia de trabalhos do I Congresso Internacional de Ciberjornalismo foi aberto com a conferência “Journalism in Second Life”, do "embedded journalist" Hamlet Au (Wagner James Au na vida real), apresentado por Paulo Frías, da Universidade do Porto. Na sequência, breves comunicações tiveram lugar no Painel 4 - "Jornalismo e bloguismo", que ofereceu relatos de experiências jornalísticas e sua adaptação ao formato blog.
O Painel 5 - "Inovação e empreendedorismo" - abordou outros tipos de experiências jornalísticas na Internet, relacionadas com questões técnicas, de inovação tecnológica e profissional.
A conferência de Mario Tascón (Dixired) titulada “Los periódicos de mañana, ¿se llamarán periódicos?” (Parte I - Parte II - Parte III - Parte IV), moderada pelo profesor da Universidade de Santiago de Compostela, Xosé Pereira, tratou da necessidade de mudança no tratamento da informaçao para Internet e do cuidado que temos que tomar com o que ele chama de "híbridos". Para Tascón, os híbridos são, por exemplo, as replicações dos jornais de papel na Internet. Usa-se um meio diferente dos outros para fazer a mesma coisa. O problema é que a Internet possibilita usar além do texto outros formatos como vídeo, áudio, infografia etc... e fazer o mesmo que se faz no papel é subutilizar um meio que permite um enriquecimento maior da informação. Tascón utilizou para falar dos jornais a idéia de "marcas transmediáticas", de Henry Jenkins, que trata dos efeitos da Web 2.0 na televisao. "Matrix", por exemplo, é uma marca transmediática, que inclui uma trilogia de cinema, um vídeo-game, quadrinhos, etc... é uma marca que atravessa suportes. Há semelhanças entre os produtos, mas também é certo que cada um possui um desenvolvimento individual, com narrativas próprias, feitos por profissionais especializados para cada suporte. O leitor, ou o admirador da "franquia", da marca Matrix, segue esta marca em todos os suportes. Os produtos são independentes, o que quer dizer que não importa se o "usuário" somente assiste ao filme ou somente conhece o jogo. Por outro lado, se este "usuário" consome todos os produtos da marca, tem uma experiência enriquecida pelas diferenças que existem entre os produtos da mesma marca. No jornalismo, Tascón considera que deveria ser feito o mesmo: não absorver os outros suportes, mas gerenciar de uma maneira distinta cada qual, tendo em mente que existe uma outra coisa que é superior ao jornal de papel, ou a televisão, uma marca que atravessa esses meios. Isso é o que faz a CNN, como exemplo, uma marca transmediática com uma televisão dominante. Por que então não existem mais marcas transmidiaticas que tenham uma web dominante? Isso é o que faz o Politico.com, que tem o domínio da web sobre o papel. Tascón utilizou os princípios propostos por Lev Manovich para explicar as características dos meios digitais, construídos por peças, e por isso, muito diferentes dos meios analógicos.
A apresentação dos resultados de um estudo sobre sites noticiosos portugueses, pelo Professor da Universidade do Porto e organizador do congresso, Fernando Zamith, e por Catarina Osório, membro do ObCiber, concluiu que em comparação com os anos anteriores ao estudo de 2008, os meios em geral faziam maiores uso e aproveitamento das potencialidades da web, com destaque para os diários econômicos e esportivos.
A videoconferência “Journalism and New Media: Talent not Technology”, proferida por Mark Deuze, abordou a prática do jornalismo na internet, comparou em retrospectiva o papel desempenhado na história pela versão impressa, e como conclusão, tratou de como o exercício da prática online desenvolveu nas redações uma nova cultura que, em muitos casos, não é somente distinta, mas totalmente oposta. Por este último contexto, o pesquisador anima o apoio às pequenas empresas, que segundo sua experiência, são mais inclinadas a inovar e a buscar novas formas de apresentação da informação. Para Deuze, “qualquer jornalista feliz e apaixonado pelo seu trabalho vai produzir notícias melhores e mais relevantes para a comunidade”. Esta videoconferência foi apresentada e moderada pelo Professor Rui Novais, das Universidades do Porto e de Liverpool.
Tendências do Jornalismo para a Emergente Sociedade em Rede” foi o título da conferência de encerramento do congresso, proferida pelo Professor da Universidade do Texas, Rosental Calmon Alves. Apresentado pelo Professor Fernando Zamith, Rosental iniciou sua fala com uma chamada de atenção àqueles jornalistas que ainda resistem às mudanças da chamada "revolução digital". As transformações possuem três aspectos fundamentais: as redes ativas substituem ou convivem com as redes passivas; os meios multimídia convivem com os meios monomídia; há ruptura da periodicidade tradicional das empresas informativas. Esta ruptura com os meios tradicionais é inevitável já que o jornalismo deixa de ser monopólio do jornalista, os produtos fechados deixam de sê-lo ao se abrirem à participação do público e, cada vez mais, se percebe a ascensão dos meios sem fins lucrativos e de novos modelos de negócio. Para Rosental, "esta “revolução digital é uma reconstrução que não respeita fronteiras”.

Marcadores: , , ,

0 comments links to this post

I Congresso Internacional de Ciberjornalismo discutiu passado, presente e futuro da prática




Em dois dias de congresso, especialistas da área discutiram e analisaram o desenvolvimento do ciberjornalismo e apresentaram tendências sob o tema geral "Jornalismo 3G". As apresentações abordaram questões sobre formação dos jornalistas, sobre o mercado, sobre o trabalho em um meio que demanda conhecimentos mais variados de formatos, estruturas narrativas, tecnologia, buscando uma linguagem própria diferenciada dos meios tradicionais, mas nem por isso excludente, e sim, complementar.
A palestra inicial do congresso, “¿Uno para todos y todos para uno? Los medios de comunicación ante la convergencia digital” (Parte I - Parte II - Parte III - Parte IV), proferida pelo Professor Ramón Salaverría, da Universidade de Navarra, Espanha, apresentado pelo Professor Javier Díaz Noci, da Universidade Pompeu Fabra, Barcelona, e País Vasco, ofereceu um panorama do estudo da convergência nos cibermeios, bem como aspectos relacionados ao desenvolvimento de redações convergentes e integradas. Convergência não é sinônimo de integração, é um processo multidimensional que inclui a integração como um de seus eventuais resultados. Dado este contexto, Salaverría afirmou que em um processo de convergência pode ou não haver integração, e que este contempla 4 áreas: Conteúdos , Profissionais , Empresas e Tecnologias .
O primeiro Painel reuniu expositores em torno do tema "Desafios da Convergência". Apresentações curtas deram oportunidade a pesquisadores em diferentes estágios de reflexão de exporem suas investigações e impressões sobre experiências de mercado e sobre o processo de convergência no jornalismo.
A conferência do Professor da Universidade do Porto, Helder Bastos, "Ciberjornalistas em Portugal", fruto de sua tese de doutorado, proporcionou uma visão do perfil do jornalista português, bem como do mercado jornalístico em Portugal, baseada em uma pesquisa com 67 jornalistas dos 95 que desempenham oficialmente a função no país. Os resultados mostram um panorama de estagnação tanto da produção ciberjornalística como da postura dos profissionais em relação às potencialidades do meio digital. Esta conferência foi moderada por Ricardo Jorge Pinto, professor da Universidade Fernando Pessoa.
Beth Saad, Professora da Universidade de São Paulo, apresentada pelo Professor da Universidade do Porto, José Azevedo, proferiu a conferência "Ciberjornalismo 2.0: o impacto das ferramentas de mídia social", levando sua visão sobre a web como uma plataforma social e global, fonte geradora de competências, subaproveitada pelas empresas informativas. Para Beth, também o ensino superior precisa passar por reformas que proporcionem ao profissional da comunicação uma formação que envolva jornalismo, publicidade e produção audiovisual, para que este profissional possa ter uma visão do negócio em todos os níveis - empresa e produto - bem como ter mais clareza sobre quem é o usuário, além da imprescindível necessidade de dominar novas ferramentas (blogs, Twitter etc...).
O Painel 2 - "Ciberjornalismos" - apresentou experiência acadêmica em ciberjornalismo no Brasil, e de mercado, em Portugal e na Espanha. As investigações mostram que em maior ou menor nível, os cibermeios tentam aproximar-se das iniciativas de ponta no mercado e buscam explorar as potencialidades do meio, mesmo que ainda não tenham conseguido totalmente. No que diz respeito à Academia, no Brasil, a formação de profissionais da comunicação já inclui como habilidades necessárias a um jornalista o manejo de ferramentas de edição de áudio e vídeo, de equipamentos, e possuir um controle maior de uma informação com estrutura fragmentada, multilinear. A preocupação com usuários de perfis variados permite uma maior conscientização por parte do profissional a respeito de como escrever, onde e o que disponibilizar.
O último Painel do dia, "Jornalismo Participativo e do Cidadão", reuniu expositores com diferentes visões desta prática. Enquanto alguns ainda consideram a formação esencial para o exercício da profissão (assim como os médicos, advogados ou engenheiros) e pregam que o que fazem os usuários em seus blogs ou participando de cibermeios é outra coisa que não jornalismo, outros defendem o jornalismo cidadão como uma modalidade inevitável de jornalismo em face às transformações do campo com o surgimento da internet.
Na conferencia de encerramento do primeiro dia de trabalhos, João Canavilhas, Professor da Universidade Beira Interior, Portugal, apresentou proposta do que chama "Gramática Multimídia". A conferência "Cinco W's e um H para o jornalismo na web" (Parte I - Parte II - Parte III - Parte IV) defendeu uma linguagem própria do meio, que até agora, em sua maioria, apresenta adaptações de outras linguagens a um novo ambiente comunicacional. Esta conferência teve a moderação do Professor Manuel Pinto, da Universidade do Minho.
Ao final do dia, houve o lançamento do livro de Fernando Zamith, "Ciberjornalismo. As potencialidades da Internet nos sites noticiosos portugueses". Resultado de sua dissertação de mestrado, o livro propõe-se a fazer um diagnóstico do jornalismo português na Internet, através do estudo da sua pouca adaptação às características do novo meio, complementando com as perspectivas de profissionais e acadêmicos.

Beatriz Ribas
Ana Serrano Tellería

Marcadores: , , , ,

0 comments links to this post

quinta-feira, dezembro 18, 2008

Notícias de O Globo no celular

O Globo.com anunciou o seu serviço para plataforma móvel: "envio de alertas dos principais fatos do dia, notas quentes dos colunistas do GLOBO, novidades de blogs de grande audiência, o melhor da programação cultural e dicas de serviço que vão facilitar a sua vida". Custo promocional é de R$0,10 por notícia recebida. O preço para assinar o SMS do Globo varia entre R$6,00 e R$9,00.
Por enquanto, o serviço está acessível através das operadoras Claro, TIM, Oi, BrT, Vivo e CTBC, Amazônia Celular e Sercomtel.

Suzana Barbosa

Marcadores: ,

0 comments links to this post

Prorrogado prazo para envio de resumos ao Sopcom/Lusocom/Ibérico

A organização dos eventos Sopcom/Lusocom/Ibérico prorrogou o prazo para envio de resumos até 15 de janeiro. No site hospedado pela Universidade Lusófona, que sediará os eventos, estão as informações sobre as sessões temáticas para as quais se pode encaminhar a proposta de comunicação. Os eventos que voltarão a acontecer de maneira conjunta (como foi em 2004, na Covilhã/PT), serão realizados em abril de 2009, em Lisboa.

Suzana Barbosa

Marcadores: , , , ,

0 comments links to this post

Fazendo buscas na Web para grupos específicos

Um artigo da BBC discute o aparecimento de sites de buscas direcionados para grupos específicos na Web. Um caso desse tipo é o do Ask, que este ano redefiniu seus algoritmos levando em conta que a maioria de seu público é feminino.
O artigo da BBC coloca o foco mais específico no Rushmore Drive, um site de busca criado para atender à comunidade negra nos Estados Unidos. A idéia é que determinados grupos (étnicos, etários, demográficos, etc) têm interesses e necessidades específicas, que não podem ser adequadamente cobertas por um motor de busca "genérico". Um caso destacado no artigo diz respeito à hepatite, que em seu Tipo 2 afeta majoritariamente as populações negras e caribenhas. Uma busca por hepatite no Rushmore Drive dará prioridade a esse subtipo da enfermidade na hierarquia dos resultados.
Fizemos um teste, colocando a palavra "English" para busca no Rushmore Drive: a terceira e a quarta indicações faziam referência direta a "afro-american English" (veja a tela acima). Funciona.

marcos palacios

Marcadores: , ,

0 comments links to this post

Mais revistas disponíveis na íntegra no Google Books

Além da Popular Science, que já descrevemos aqui no Blog, o Google Books inclui agora também as edições na íntegra das revistas Ebony, The New York Magazine e Bulletin of Atomic Scientists. E segundo o Google Blog isso é apenas o começo.

marcos palacios

Marcadores: , , , ,

0 comments links to this post

Humor e bom webdesign para boomers

50 to Death é um site de humor direcionado para usuários na faixa dos 50 a 60 anos (baby boomers). O que mais chama atenção, no entanto, é o design criativo e a forma de navegação pelo material disponível. Vale uma visita.
marcos palacios

Marcadores: , ,

1 comments links to this post

Jovens, mídias digitais, Internet e aprendizado

Via Tíscar.com ficamos sabendo que foram publicados os resultados finais do projeto Digital Youth Research (Kid's Informal Learming with Digital Media), que forma parte da Digital Media and Learning Initiative da Fundação MacArthur. O projeto aborda uma investigação de grande escala, baseada em estudos etnográficos de 22 estudos de casos nos Estados Unidos, dos usos que os jovens fazem dos meios digitais e o papel que joga a Internet em seu aprendizado, tanto nas instituições educativas, quanto no "mundo exterior". A íntegra dos resultados pode pode ser acessada em pdf.
Uma resenha do estudo está disponível em Nomada.
Além disso, para uma leitura mais aprofundada do assunto, a Fundación MacArthur e o MIT, colocaram disponíveis para livre acesso uma série de livros sobre a temática, cujos capítulos podem ser recuperados seletivamente via download:
marcos palacios

Marcadores: , , ,

0 comments links to this post

quarta-feira, dezembro 17, 2008

UFSM/Cesnors lança curso de RP com ênfase em multimídia

A Universidade Federal de Santa Maria vai abrir turmas do curso de Relações Públicas com ênfase em multimídia no segundo semestre de 2009 no campus de Frederico Westphalen, localizado oeste do Rio Grande do Sul. O curso, primeiro do país com essa orientação na produção multimídia, terá um foco na utilização de novas tecnologias e ferramentas web no contexto das Relações Públicas. A coordenação do projeto é da pesquisadora do Póscom/FACOM-UFBA e participante do GJOL Debora Cristina Lopez.

Marcelo Freire

Marcadores: , ,

0 comments links to this post

10 novas ocupações para Jornalistas

Do Blog Ponto Media de António Granado saiu uma indicação para o BetaTales, onde estão listadas 10 novas ocupações para jornalistas.
Estamos preparando os jovens profissionais para essa realidade?

marcos palacios

Marcadores:

0 comments links to this post

Aquecimento Global


Sem Comentários.
Via La Brujula Verde

marcos palacios

Marcadores: ,

0 comments links to this post

terça-feira, dezembro 16, 2008

Internet e Imprensa Escrita na França: algumas conclusões

Les Etats Generaux de la Presse Ecrite, um levantamento da situação da imprensa na França, incluindo diversos de seus aspectos (Qualificações do Jornalista, Processos Industrais, Imprensa e Internet, Sociedade e Imprensa) está em andamento, envolvendo o governo francês (Cabinet du Président de la Républic) e especialistas de diversas áreas da Comunicação.
As Conclusões Gerais do Grupo de Trabalho 3 (Presse et Internet) acaba de ser divulgado.
Via AFP Media Watch

marcos palacios

Marcadores: , ,

0 comments links to this post

A dinâmica da privacidade nas redes sociais: analisando o Facebook

Através do Twitter do Prof. Howard Rheingold fiquei sabendo de um artigo de James Grimmelmann, Professor Associado de Direito da New York Law School, no qual analisa A Dinamica Social da Privacidade no Facebook (Facebook and the Social Dynamics of Privacy).Segundo seu autor, o artigo fornece a primeira análise aprofundada da legislação e das políticas de privacidade em redes de relacionamento, tendo o Facebook como seu principal estudo de caso. O trabalho explica como os usuários socializam no Facebook, porque eles subsestimam os riscos envolvidos e como sua privacidade sofre como resultado.

marcos palacios

Marcadores: , ,

0 comments links to this post

Somos menos promíscuos do que pensamos....

Um artigo publicado na The Economist reproduz um raking de promiscuidade entre as diversas nacionalidade. E, supresa: os brasileiros são muito menos promíscuos do que se imaginam e do que carregam como fama internacional. Um estudo da Universidade de Bradley, que ouviu 14 mil pessoas em 48 países, buscou medir atitudes sexuais. Com base em questões como "quantos parceiros sexuais você teve no ano que passou?"; "quantos encontros casuais de uma noite?"; "sexo sem amor é aceitável?", os pesquisadores construíram um "ranking de prmiscuidade".
O Brasil classifiou-se numa pudica décima nona posição, superado de longe pela Finlândia, Nova Zelândia, Israel, Argentina, Alemanha, Grã-Bretanha e deixado para trás até mesmo pelo islâmico Marrocos.

marcos palacios

Marcadores: , , , ,

2 comments links to this post

Jornalismo e Identidade Cultural

Está disponível para acesso o e-book da tese de doutorado da Profa. Ângela Cristini Trevisan Felippi , intitulada Jornalismo e Identidade Cultural: construção da identidade gaúcha em Zero Hora (Edunisc, 2008).
O trabalho está com livre acesso no site da Edunisc e faz parte da série Conhecimento daquela editora.
marcos palacios

Marcadores: , ,

0 comments links to this post

segunda-feira, dezembro 15, 2008

Vencedores do Prêmio INTERCOM 2008


A Intercom (Sociedade Brasileira de Estudos Interdisciplinares da Comunicação) divulgou nesta segunda-feira, dia 15 de dezembro, o resultado do Prêmio INTERCOM 2008 nas categorias Iniciação Científica (Prêmio Vera Giagrande), Especialização (Prêmio Lígia Alverburk), Mestrado (Prêmio Francisco Morel) e Doutorado (Prêmio Freitas Nobre). De 1.041 trabalhos científicos do INTERCOM Nacional, foram selecionados 59 finalistas de instituições de ensino de várias partes do país avaliados por um júri composto por cinco professores e sócios da Intercom de instituições de Estados diferentes.
Veja a lista completa dos vencedores acima e o nome dos primeiros lugares em cada categoria abaixo:
  • Iniciação Científica (Frederico Jorge Tavares de Oliveira, Rosa Maria Luiza de Melo Rocha, da ESPM-SP, com o trabalho "Comunicação no metrô de SP: as construções narrativas da publi(cidade)")

  • Especialização (André Farias Zielonka, Mônica Kaseker, da PUC-PR, com o trabalho "A busca de um novo sentido para o ver e o ouvir na construção audiofotográfica")

  • Mestrado (Alessandra Oliveira Araújo, da UFC, com o trabalho "Rádio-Escola como uma experiência de Comunicação Educativa")

  • Doutorado (Fernando Firmino da Silva, da UFBA/UEPB, com o trabalho "Jornalismo reconfigurado: tecnologias móveis e conexões sem fio na reportagem de campo")


Adriana Alves Rodrigues

Marcadores: ,

1 comments links to this post

Nas ruas: a beleza do fotojornalismo e fotografia urbana

Smashing Magazine traz uma seleção de 60 trabalhos, de fotógrafos contemporâneos, ilustrando a beleza da fotografia urbana e fotojornalismo. Todas as fotos com os respectivos links para sites dos autores ou autoras.
Imperdível.

marcos palacios

Marcadores: ,

0 comments links to this post

domingo, dezembro 14, 2008

Cursos de Graduação em Animação em universidade inglesa



A Universidade de Hertfordshire criou um Programa de Animação Digital,e está oferecendo quatro bacharelados: 3D Digital Animation, 2D Digital Animation, Visual Effects e Games Art. O Eduardo Collado descobriu alguns vídeos produzidos pelo Programa e disponbilizados no Vimeo. Vale a pena ver os outros, além deste que reproduzo acima.

marcos palacios

Marcadores: ,

0 comments links to this post

Porque hoje é Domingo II: Bolhas de Plástico

Achei no islas cies blog uma Diversão de Domingo. Quem não gosta?
Clic na imagem e saia estourando.
marcos palacios

Marcadores: , ,

0 comments links to this post

Old School

O Blog Boing Boing reuniu os 101 anúncios de computador mais clássicos, como o deste poderoso laptop.
Veja a lista completa.

Marcelo Freire

Marcadores: ,

0 comments links to this post

Richard Curtis aposenta-se do jornalismo

Considerado um dos gurus do design gráfico, Richard Curtis, do jornal americano USA Today, a partir do dia 23 de dezembro, não será mais o responsável pelo Departamento de Design: ele acaba de anunciar sua aposentadoria, publicada na página do SND. Há 30 anos dedicado ao jornalismo, Curtis foi o responsável, na década de 1980, pelo pioneirismo em valorizar do jornalismo visual e das narrativas visuais - sobretudo os infográficos- como algo institucionalizado, fato que colocou em prática todo o conceito de grafismo, seguido por outros jornais do mundo inteiro.
Trata-se, porém, de uma revolução no design, época em que a chegada dos Macintoshs, da Apple, causava profundas mudanças na concepção do fazer jornalismo. Curtis também ajudou na fundação da Sociedade do Design das Notícias, uma das instituições mais influentes no campo do jornalismo visual. Os fundadores dos USA Today o classificam como o número 1 quando a Revista Design elencou os melhores profissionais na área de design.
O Legado do USA Today sob o comando de Curtis, sem dúvida, foi institucionalizar o jornalismo visual, o papel do uso das cores vivas e o mapa metereólogico. Curtis imprimiu sua marca e fez história num dos maiores jornais americanos e no design.
Eis um trecho do anúncio:

“Portanto, é com alguma relutância, mas também muita antecipação daquilo que o futuro reserva anunciar que eu estou deixando USAT no final de dezembro. Aposentadoria é algo que eu já contemplada por mais de um ano, e enquanto ela tem de vir em algum momento, muitos fatores que tornam este o momento certo.”
Adriana Rodrigues

Marcadores: , ,

0 comments links to this post

Cobertura do I Congresso Internacional de Ciberjornalismo

Estão registrados num blog os acontecimentos do I Congresso Internacional de Ciberjornalismo, realizado na Universidade do Porto (em Portugal) nos dias 11 e 12 de dezembro e cujo tema foi Jornalismo 3G.
Luciana Mielniczuk

Marcadores: , ,

0 comments links to this post

Leis de copyright: Obama coloca batata quente em discussão

Uma batata quente foi colocada nas mãos de Barack Obama pela Motion Pictures Association of America (MPAA) que enviou uma carta pedindo que seu futuro governo adote medidas duras contra a piratuaria de filmes, inclusive com filtragem ativa de conteúdos pelos provedores de acesso à Internet.
Até aí nada de novo, pois a MPAA é notória por sua resistência a pensar novos modelos de negócios, mais compatíveis com as tecnologias digitais, e tem sido uma das pontas de lança na luta pela manutenção de direitos retrógrados de propriedade e pela aprovação de legislação repressora. A novidade fica por conta do fato de que processos de pressão que ocorriam nos bastidores estão agora sendo levados a público: a carta foi publicada no site da transição de Obama - Change.gov - e está sendo objeto de debate.
Via El Blog de Enrique Dans

marcos palacios

Marcadores: , , ,

1 comments links to this post

Porque hoje é Domingo: blip, blip, blip...

Que bicho dá cruzando Last.fm com Twitter?
Deu a Blip.fm.
É uma rede para a circulação faixas de músicas, com uso de um microblog no estilo Twitter para se fazer comentários. Se o usuário quiser, pode distribuir seus blips (como são chamadas as postagens) para sua rede de contatos no Twitter, mas isso é um opcional, pois a Blip.fm possibilita a criação de uma rede própria. Os blips de cada participante vão ficando arquivados em sua página pessoal na Blip.fm
Ao se inscrever, você pode importar seus contatos de e-mail, verificar quais de seus amigos já tem contas na Blip e incluí-los automaticamente em sua lista de contatos Blip, exatamente como no Twitter. Estou experimentando desde ontem e descobrindo muita coisa boa para ouvir.
Artistas são incentivados a indicar os URLs de suas músicas no arquivo da Blip; os demais participantes da rede podem também incluir endereços (URLs) de faixas de músicas já disponíveis online (em formato MP3), mas não há a possibilidade de uploads de músicas para alojamento na Blip. A idéia é fazer as coisas na legalidade, permitindo a circulação de faixas já disponíveis na Web e evitando assim problemas com copyright. Ainda assim, o arquivo de URLs da Blip.fm, disponível para buscas por Autor e por Título de músicas, já possibilita acesso e blipagem de uma razoável quantidade de material musical. E certamente o acervo de links tende a crescer, à medida que os usuários façam mais indicações e artistas interessados na circulação de seu material façam suas inserções. Muita repetição de "clássicos" nas blipagens, é claro, mas também uma enorme tendência de acumular e colocar em circulação o que vai se juntando na parte de baixo da Long Tail, que se alonga, se alonga... Pode ser uma divertida aventura de descobertas.
E há um blog em atividade, com as novidades da Blip.
marcos palacios

Marcadores: , , ,

0 comments links to this post

Arcervo completo da Revista Veja já está disponível online

O Meio Bit anunciou que a partir de segunda-feira (15/12) o arquivo completo da Revista Veja, desde seu número 1 (11/09/1968) até as edições atuais, estaria disponivel na Web para livre acesso. Fomos conferir e tivemos a ótima surpresa de constatar que o arquivo já está disponível desde hoje.
Uma iniciativa de imenso valor para a recuperação da História da Imprensa no Brasil e um indicativo de para onde vai se desenvolvendo o modelo de negócios da revista.
Deliciem-se com as edições disponibilizadas, na íntegra e em sua paginação original.
marcos palacios

Marcadores: , , , ,

0 comments links to this post

sábado, dezembro 13, 2008

Modelos de negócios no jornalismo: anunciar prostituição

Postagem no Periodista Digital revela que El País, El Mundo e La Vanguardia são os diários espanhóis que mais rendas recebem de sua "publicidade de contatos", ou seja de seus anúncios de prostituição, para dar nome aos bois.
O El País, com uma média de 850 anúncios, encabeça o ranking, seguido por El Mundo (500) e La Vanguardia (440). El País recebe em um dia normal cerca de 16.600 euros por sua seção de contatos. Pouco mais de seis milhões ao ano, o que equivale a 2,8% de seu volume total de negócios. Nada mal para uma sub-seção dos Classificados!
Leia postagem completa.

marcos palacios

Marcadores: , ,

0 comments links to this post

sexta-feira, dezembro 12, 2008

Internet é meio mais consumido na Espanha

De acordo com uma matéria do 20minutos.es, o consumo por horas de internet passou o de televisão. O site utilizou como base uma pesquisa realizada pela Associação Européia de Publicidade interativa que fez nove mil entrevistas em 10 países europeus, mil delas na Espanha.
A pesquisa indica que os espanhóis ficam semanalmente 12,1 horas na internet e 11,7 horas na frente da TV. Já o consumo de radio diminuiu 22% desde 2004, hoje é de 10,9 horas semanais. Os jornais ocupam 4,4 horas dos espanhóis e as revistas apenas 3,6 horas.
O estudo identifica também o consumo simultâneo de mídias, 23% dos entrevistados assistem TV enquanto navegam na internet e 21% escuta radio enquanto utiliza a internet.

Veja a matéria (em espanhol) na íntegra.


Marcelo Freire

Marcadores: , ,

0 comments links to this post

Em que fontes confiam os consumidores online?

De acordo com um relatório recente da Forrester Research, os blogs corporativos são as fontes de informação menos confiáveis de todas. Somente 16% de consumidores online que consultam blogs corporativos afirmam que confiam neles. "E-mail de pessoas que você conhece" são as fontes consideradas mais confiáveis, para 77% dos consumidores online entrevistados.
Pode-se obter uma cópia do relatório preenchendo um formulário na Forrester.
Via ReadWriteWeb

marcos palacios

Marcadores: , , ,

0 comments links to this post

Navegando as notícias através de coordenadas espaço-temporais


No Giornalismo d´altri, Mario Tedeschine Lalli argumenta que "o universo digital é o reino do conteúdo fragmentado, onde "o continente" perde progressivamente importância, sendo fato que o mesmo conteúdo pode ser fruído em novos "continentes" que não predeterminam a direção da leitura".
Ilustrando,Tedeschine Lalli reproduz um mashup das notícias, serviços, fotos e vídeos do Washington Post, navegáveis segundo coordenadas espaço-temporais.

marcos palacios

Marcadores: , ,

0 comments links to this post

Google Chrome saiu do beta. Atualize a sua versão

Se você baixou a versão beta do navegador Google Chrome, saiba que uma versão 1.0 já está disponível. Para atualizar sua versão beta basta clicar em Sobre Google Chrome nas configurações do browser e uma opção de Atualizar será oferecida.
Se você ainda não baixou o Chrome e quiser experimentar deve ir diretamente ao site do navegador para o download.

marcos palacios

Marcadores: , , ,

0 comments links to this post

Como produzir jornalismo para uma sociedade da superabundância de informação?

Nossa sociedade claramente moveu-se da situação de escassez para a situação de super-abundância de informação (information overload), mas o jornalismo continua funcionando pela lógica da escassez. Este é um ponto de partida para uma aula completa, onde a pergunta básica colocada é: "Para onde o jornalismo deve caminhar para ajustar-se à nova realidade de fluxos de informação?"
A proposição-chave é no sentido de produção de histórias mais longas (contexto, contexto, contexto...), ao invés de simplesmente mais e mais histórias.
A discussão da situação e uma série de propostas estão em uma aula (cerca de 60 minutos) de Matt Thompson, que sintetiza pontos fundamentais de uma pesquisa que está realizando no Reynolds Journalism Institute da University of Missouri.
Além do vídeo da aula,onde diversos exemplos são apresentados, estão disponíveis os slides utilizados por Thompson.
Tudo isso no Newless.org

marcos palacios

Marcadores: ,

0 comments links to this post

Declaração Universal dos Direitos Humanos



Criado por Seth Brau, produzido por Amy Poncher com música de Rumspringa.
Via Guardian Viral Video Chart

marcos palacios

Marcadores: ,

0 comments links to this post

quinta-feira, dezembro 11, 2008

Criando mosaicos com fotos

Pixisnap permite que você faça o upload de uma foto e construa um mosaico ou Polaroid pics, como na ilustração acima.O resultado pode ser usado como wallpaper da área de trabalho do computador ou do MySpace. O fundo é personalizável.

marcos palacios

Marcadores:

0 comments links to this post

Jornalismo em Flash

Depois da indicação dos melhores da produção multimídia feita por Ramon Salaverría e postada há alguns dias, encontrei um outro post com indicações de produtos multimídia em flash, desta vez feita pelo blog 10,000 words. Mesmo chovendo no molhado e apontando New York Times e o El Pais.com, algumas dicas são bem interessantes.

Interactive Narratives
Site congrega produções de flsh de diversas empresas jornalísticas.

Como não trata necessariamente com produtos jornalísticos, esse site agrega aplicações de diversas áreas.

Swarn Interactive
Esse é, na verdade, o portfólio da empresa que faz as reportagens em flash.

Site dos vencedores da categoria multimídia da Associação Americana dos Repórteres Fotográficos.


Marcelo Freire

Marcadores:

1 comments links to this post

quarta-feira, dezembro 10, 2008

Coleção completa da Popular Science disponível no Google Books

Todos os números da revista Popular Science, publicada entre 1870 e dezembro de 2006, estão disponíveis em versão integral e livre acesso no Google Books. Um verdadeiro tesouro para a história da divulgação científica, mas não só: a coleção é também uma mina para publicidades antigas, por exemplo. Que tal esta victrola, último grito da tecnologia sonora, anunciada na edição de setembro de 1920?

marcos palacios

Marcadores: , , , ,

0 comments links to this post

A Tarde é o primeiro jornal brasileiro com QR Code em sua versão impressa

O Grupo A Tarde é a primeira empresa de comunicação do Brasil a utilizar um QR Code acompanhando matérias de uma publicação impressa. A novidade faz parte do projeto de convergência de mídias do grupo.
"O QR Code vai ajudar a suprir as necessidades de informação, proporcionar uma maior integração entre as mídias e a ampliação da interatividade com o público", diz Sylvio Simões, diretor executivo do Grupo A Tarde. O QR Code (sigla do código 2D que significa Quick Response) é o primeiro passo para o acesso móvel. "O celular pode dar acesso à notícia em diversos formatos, em qualquer tempo e lugar", diz Ranulfo Bocayuva, diretor executivo do grupo.
Para a editora-coordenadora de Jornalismo Integrado, Mariana Carneiro, A Tarde sai na frente ao oferecer o QR Code aos seus leitores. "No campo do jornalismo, não conhecemos nenhuma experiência semelhante no Brasil. Somos pioneiros nisso", comemora.
O acesso ao QR Code é simples. O usuário precisa baixar um software da internet para o celular ou computador – no último caso, depois terá que fazer a transferência para o seu aparelho móvel. Existem alguns sites que já oferecem o aplicativo sem cobrar nada. E mais: que informam quais aparelhos funcionam com o programinha. Para acessar o QR Code, é preciso abrir o programa e enquadrar o código com a câmera do celular. O próprio programa orienta o enquadramento e faz a leitura, exibindo o conteúdo.
Segundo os dirigentes do jornal, o QR Code é o pontapé inicial para a oferta de novos serviços de informação móvel. Os códigos que aparecem nesta edição impressa já oferecem a possibilidade de navegar pelo mais recente mecanismo de comunicação e informação.
As informações são do jornalista Rodrigo Vilas Boas, de A Tarde.

marcos palacios

Marcadores: ,

0 comments links to this post

terça-feira, dezembro 09, 2008

Pulitzer expande premiações

O Pulitzer Prizer, a principal premiação jornalística dos Estados Unidos, anunciou que vai expandir a sua premiação, incluindo a partir de agora, textos publicados na internet. As submissões, no entanto, devem ser oriunda dos Estados Unidos, e que sejam baseadas em princípios jornalísticos, e serão incluídas nas 14 categorias que a organização já premia.
Este iniciativa do Pulitzer é um reconhecimento da consolidação do jornalismo digital.

Leia abaixo um trecho do anúncio:

"The Pulitzer Prizes in journalism, which honor the work of American newspapers appearing in print, have been expanded to include many text-based newspapers and news organizations that publish only on the Internet, the Pulitzer Prize Board announced today"

O Pulitzer continuará a permitir uma ampla gama de conteúdo online, tais como gráficos interactivos e vídeo, em quase todas as categorias. Duas categorias fotografia vai continuar a restringir entradas para imagens fixas, diz o anúncio.
Adriana Rodrigues

Marcadores: , ,

1 comments links to this post

La empresa en la Web 2.0: versão para telefones móveis está disponível

La empresa en la Web 2.0” é o primeiro livro, na Espanha, publicado em versões impressa e para telefones móveis. Os interessados podem baixar, de forma gratuita, em seus telefones. No blog Comunicação Cultural, existe uma explicação de como descarregar o arquivo.

Alberto Marques

Marcadores: ,

0 comments links to this post

Wikipedia: Alemanha doa 100 mil fotografias históricas

O Arquivo Nacional da Alemanha anunciou uma concessão à Wikipedia de 100.000 fotografias digitalizadas que correspondem a diferentes momentos históricos, desde 1860. A doação faz parte de um projeto que colocará à disposição dos cidadãos 11 milhões de fotografias para uso público.

Segundo o El País, entre as imagens doadas pelo governo alemão estão documentações sobre o holocausto, manifestações e acontecimentos da história contemporânea do País.

Alberto Marques

Marcadores: , ,

0 comments links to this post

Editora do Chicago Tribune e Los Angeles Times pede falência

O segundo maior grupo de periódicos dos Estados Unidos, a Tribune Company, apresentou na segunda-feira um pedido de falência. O grupo apresenta, atualmente, uma dívida de 12.100 milhões de dólares. As informações foram colhidas numa reportagem no periódico espanhol El Mundo. Quem tiver interesse no assunto, existem diversos dados na matéria, inclusive de outras publicações que estão em dificuldade.

Alberto Marques

Marcadores: ,

0 comments links to this post