domingo, janeiro 25, 2009

Campus Party: participantes protestam contra projeto de Azeredo

O projeto de lei que tenta enquadrar crimes na internet, aprovado no ano passado pelo Senado, e que tem como relator o senador Eduardo Azeredo (PSDB-MG), recebeu mais uma manifestação negativa. Os participantes da Campus Party ficaram de costas e em silêncio na sexta-feira (23). O ato aconteceu ao fim de um debate sobre o assunto, com participação de um assessor de Azeredo, José Henrique Santos Portugal.

Também participaram da mesa o desembargador Fernando Botelho, o pesquisador Sérgio Amadeu, diretor de conteúdo da Campus Party, e Ronaldo Lemos, professor de direito da Fundação Getulio Vargas no Rio. Portugal e Botelho tiveram muita dificuldade para apresentar seu ponto de vista sobre o projeto, sofrendo intensos protestos. Quem tiver interesse em saber mais, a Folha fez um texto.

Alberto Marques

Marcadores: ,

0 Comments:

Postar um comentário

Links to this post:

Criar um link

<< Home