sábado, abril 25, 2009

Os Blogs estão com seus dias contados?

Eu já havia levantado a discussão na Lista do GJOL - há alguns dias atrás e a título de provocação - perguntando se não haveria chegado o momento de fecharmos este blog e passarmos - em bloco - para o Twitter, fazendo daquela ferramenta o modo privilegiado de comunicação e visibilidade do Grupo.
Agora apareceu um artigo do Andrew Keen, no The Independent, colocando lenha na fogueira. Keen faz uma contraposição entre pontos de vista mais radicais como os de Hermione Way, a fundadora do londrino Newspepper.com e apresentadora do Techfluff.tv, que diz que o "Blogging as we know it is dead" e posições mais qualificadoras da situação, como a de Matt Mullenweg, co-fundador do WordPress, que anunciou a ressureição dos blogs com novas funções: "Blogs will become aggregation points".
O ponto em questão é o seguinte: "terão os blogs esgotado sua vitalidade e estarão a caminho de serem substituídos por mídias mais leves e mais adaptáveis à portabilidade, como o Twitter, por exemplo?".
Como em todas as questões envolvendo transições de mídias, as respostas não são simples ou dicotômicas e formas novas e antigas tendem a se entrelaçar, conviver e formar novas formas simbióticas.
No caso do Wordpress, estamos observando uma transição do conceito de um blog simples e estático para um site pessoal dinâmico, muito mais multifacetado que o blog tradicional.
Duas novidades recentes no Wordpress foram o Buddy Press e o P2.O Buddy Press permite a criação de uma rede social em torno do Blog, oferecendo uma espécie de mini-Orkut ou mini-Facebook, enquanto o P2 emula formas de comunicação mais rápidas e leves, podendo ser classificado, nas palavras do próprio Mullenweg, como um "Twitter in a Box".Isso - ao que tudo indica - significa sobrevida para os blogs ancorados no Wordpress e pode sinalizar a abertura do estabelecimento de formas híbridas e mais dinâmicas em outras plataformas de blogging.
Assim, Andrew Keen conclui seu artigo afirmando que se o velho blog estático está morrendo, o blog dinâmico está aí para novos desenvolvimentos.
"The blog is dead, long live the blog!"

marcos palacios

Marcadores: , ,

6 Comments:

Blogger sheri amor said...

nice set of pictures, just dropping by to say hi ^_^

8:16 AM  
Blogger Suzana Gutierrez said...

Oi Marcos
No meu entender blogs e twitter são incomparáveis. São diferentes, com propósitos diferentes, com possibilidades históricas diferentes.

efemeridade x permanência, em alguns pontos.

Neste assunto, eu gostei muito desta entrada do Ronaldo Ferraz - http://logbr.reflectivesurface.com/2009/04/22/a-pobreza-das-conexoes/

abraço!

12:35 PM  
Blogger Luciana Moherdaui said...

Oi, Palacios, não penso que os blogs estejam com os dias contados. Para mim, cada plataforma tem uma função: no blog dá para postar textos mais longos, Twitter destaca (ou vende) conteúdos de blogs, facebook, jornais e etc., e o Facebook é uma plataforma agredadora de texto, links, áudio video e fotos, integrada à base de dados de You Tube, Delicious, Blogger e outros sistemas. Isso significa que o Facebook reúne e organiza informações de diversos pontos da web. O Twitter e Facebook não matam o Blog, mas operam como plus.

ps. estava com saudades das suas postagens críticas e sempre esclarecedoras.

Bjs,

Luciana Moherdaui

3:00 PM  
Blogger Volney Faustini said...

Veja o Weinberger (um de meus heróis) detonar o Keen (um anti-herói - cuidado com sua agenda):

http://online.wsj.com/article/SB118460229729267677.html

10:22 AM  
Blogger webjorsuperacao said...

Penso que o Twitter é leve, mas remete sempre a algo mais denso, por vezes blogs ou sites especializados.
Mas funciona em um ritmo que exigiria atuação online, o que não ocorre em muitas empresas jornalísticas e nem mesmo em muitas universidades.
Por outro lado, surgem complementos ao Twitter que valem a pena apostar, pois valoriza a informação sintética e especifica nichos, com o Twiter para executivos e recentemente o Twibes, que permite criar três comunidades.
E se o Twitter é a febre, porque o Flutter ainda não pegou, com seus 26 caracteres!?
Penso que experimentar ferramentas novas pode alterar as velhas, gerando nova sinergia. Os blogs são jovens para morrer, mas terão sentido os que estiverem conectados com as novas vertentes.
///////
@_@
~~~

11:39 AM  
Blogger Leo Lagden said...

Sempre que surge uma nova mídia, o papo é o mesmo. Quando surgiu a TV, o rádio estava fadado ao desaparecimento. O mesmo aconteceu com a TV x internet e Impressos x Internet.
Agora a disputa da vez é o Blog x Twitter.
Acredito que ambos possuem finalidades distintas e podem conviver pacificamente, sem extinção de nenhum deles.

3:04 PM  

Postar um comentário

Links to this post:

Criar um link

<< Home