sexta-feira, julho 17, 2009

OMS abandona contagem de casos da Gripe Suína: pandemia se alastra

A Organização Mundial da Saúde (World Heath Organization) desistiu oficialmente ontem do acompanhamento caso a caso da Gripe Suína (H1N1). A última atualização do mapa mundial da gripe tem data de 06 de julho, registrando 94512 mil casos e 429 mortes no mundo. Discretamente e sem alarde (para não causar pânico?) a OMS informou que, de agora em diante, só registrará a ocorrência de casos iniciais em países ainda não afetados.
Por outro lado, artigo publicado no British Medical Journal (BMJ) sugere que o número de mortes pode estar sendo subestimado, pois o vírus pode facilitar outras causas de óbito, como doenças cardíacas. Ainda assim, o artigo conclui que a única coisa que se pode afirmar por agora é que "o vírus não está se tornando mais virulento".
De acordo com o The New York Times, milhões de pessoas em todo o mundo podem já ter sido acometidas pelo vírus, em uma forma mais branda, com sintomas confundidos com o da gripe comum e portanto sem qualquer tipo de notificação.
A nivel de letalidade do vírus, calculado em 0.5% , resulta de estatísticas provenientes dos três países mais afetados (Estados Unidos, México e Canadá), mas segundo o artigo da BMJ não atende protocolos rígidos de coleta de informação, que resultariam em estimativas mais acuradas.

marcos palacios

Marcadores: , , ,

0 Comments:

Postar um comentário

Links to this post:

Criar um link

<< Home