sábado, outubro 03, 2009

Lendo o Ulysses de James Joyce em quadrinhos

Ulysses, de James Joyce, é considerado por alguns como uma das "mais difíceis" obras da língua inglesa.
A história, de umas 450 páginas (cerca de 265 mil palavras), acontece em um só dia, em Dublin. James Joyce, como todos sabem, era irlandês.
A novela relata as aventuras de Leopold Bloom, em um dia quente de 16 de junho de 1904, para o qual Joyce transpõe muitos dos elementos da Odisséia de Homero. Nada disso fica claro inicialmente na novela e há milhares de especialistas, em todo o mundo, discutindo incessantemente sobre detalhes do livro. Um crítico editou um livro de 650 páginas só com anotações sobre cada capítulo da obra, que é repleta de duplos-sentidos, referências, paródias e alusões. Existe uma James Joyce Society, fundada em 1947 por T.S. Eliot, totalmente dedicada ao estudo e divulgação das obras de Joyce. O dia 16 de junho é feriado na Irlanda: o Bloomsday, em homenagem ao livro de Joyce. É o único feriado em todo o mundo dedicado a um livro, excetuando-se a Bíblia.
Existe uma versão em áudio do livro completo, para download gratuito.Ulysses está traduzido em inúmeras línguas, inclusive português.
Parece loucura querer transpor uma obra como essa para quadrinhos, mas é isso mesmo que a Throwaway Horse LLC está fazendo. A Throwaway Horse LLC é uma companhia que se define como " dedicada a ampliar o conhecimento de obras literárias de domínio público, juntando a ajuda da novela gráfica com a capacidade explicativa da Internet". Ulysses é o projeto inicial da empresa.
A cada segunda-feira 4 novas páginas da história são liberadas. A novela original de Joyce também foi publicada em fascículos, em um jornal literário norte-americano, The Little Review, entre março de 1918 e dezembro de 1920.
Um blog acompanha o desenvolvimento da transposição para os quadrinhos. Michael Perridge, um especialista no gênero, relata - entre outras coisas - sua experiência de ler Ulysses pela primeira vez.
Cada página dos quadrinhos, em sendo clicada, leva a uma explicação relacionada com a passagem na novela, produzida por Mike Barsanti, um especialista em literatura.
Os quadrinhos são desenhados por Robert Berry. Os originais estão à venda.
Despertei sua curiosidade?
marcos palacios

Marcadores:

0 Comments:

Postar um comentário

Links to this post:

Criar um link

<< Home