terça-feira, fevereiro 23, 2010

Existem Paraísos Fiscais. A Islândia quer se tornar um Paraíso Editorial


Após viver uma situação de quase absoluta falência geral, como consequência da crise financeira internacional, na qual instituições islandesas (e muitos de seus cidadãos!) estavam envolvidas até o pescoço, a Islândia volta ao noticiário internacional, com a proposta de uma nova legislação que pode torná-la um “paraíso para jornalistas e editores” de todo o mundo.
A idéia é criar um conjunto de leis que forneçam alta proteção às atividades jornalísticas e editoriais e atrair para o pequeno e gelado país (cerca de 300 mil habitantes) empresas editoriais de todo o mundo.
“Nós seríamos o inverso de um paraíso fiscal”, explica Birgitta Jonsdottir, deputada islandesa e uma das patrocinadoras da iniciativa. “Eles estão tentando tornar tudo opaco. Nós estamos tentando tornar tudo transparente”.
Ao transformar a Islândia em líder mundial da proteção jornalística, os apoiadores da idéia acreditam que atrairiam para lá negócios editoriais e figuras importantes do jornalismo que se beneficiariam da proteção legal a ser criada.
Leia reportagem sobre o assunto no New York Times.

marcos palacios

Marcadores: , , ,

0 Comments:

Postar um comentário

Links to this post:

Criar um link

<< Home