domingo, fevereiro 21, 2010

O estranho caso dos laptops espiões

A história está contada no Washington Post. No afluente subúrbio de Lower Merion, Philadelphia, todos os 2300 estudantes das escolas secundárias receberam laptops Apple para seu uso pessoal. O que eles não sabiam é que as máquinas podem funcionar como verdadeiros espiões, ativados à distância, para enviar imagens e sons de seus usuários. As autoridades dizem que os mecanismos seriam utilizados apenas para encontrar laptops desaparecidos. Mas parece que esse não foi bem o caso...
marcos palacios

Marcadores: ,

0 Comments:

Postar um comentário

Links to this post:

Criar um link

<< Home