sexta-feira, novembro 18, 2011

Imprensa e credibilidade: o teste do boato do assassinato da Presidente(a)

George Brock (Lancaster University) conta em seu blog uma história que põe em questão nossa relação a nossas atitudes para com a mídia.
Brock esteve fazendo conferências na India e algumas vezes foi questionado sobre como ele comparava a credibilidade da imprensa indiana e britânica. Considerando-se os recentes escândalos envolvendo os tabloides britânicos, era de se esperar que a brit press estivesse em baixa por lá, como em toda a parte. Por outro lado, Brock estava muito preocupado em não ferir sentimentimentos dos indianos, que facilmente se agastam com os britânicos em função do passado colonial que os envolve. As comparações, portanto, eram geralmente "cheias de dedos"...
Em uma das ocasiões, ele resolver fazer um teste e colocou para seu auditório a seguinte questão: "Se você ouvisse um boato de que o Primeiro-Ministro teria sido assassinado, para que veículo de mídia você recorreria em primeiro lugar". Para a surpresa de Brock, alguém respondeu "Para a BBC" e a maioria das pessoas em volta concordaram.

A questão é: "Se você ouvisse um boato de que a Presidente(a?) teria sido assassinada, para que véiculo de mídia recorreria em primeiro lugar?"

marcos palacios

Marcadores: ,

0 Comments:

Postar um comentário

Links to this post:

Criar um link

<< Home